A EXPERIÊNCIA DA PESQUISA NA FORMAÇÃO DOCENTE: unindo teoria à prática

Ilane Cavalcante Ferreira, Ana Lúcia Sarmento Henrique

Resumo


Este texto tem como objetivo discutir a pesquisa como princípio educativo na perspectiva da formação continuada do docente, a partir da experiência vivenciada na disciplina Formação de Professores para Educação Profissional, referenciada nas discussões de Demo (2000) e Echeverría (2002) sobre a pesquisa como processo formativo; de Tardif (2002) e Candau (sd) sobre a formação docente; e de Machado (2008), Araujo (2008),  Moura (2006) e Souza (2013) sobre a formação docente para a Educação Profissional e Tecnológica (EPT). Tentando unir teoria à prática, objetivou-se, na disciplina, a integração do conteúdo a ser ministrado em sala de aula com a experiência mesma do fazer científico na perspectiva de que o trabalho final da disciplina se revestisse de um caráter científico-reflexivo, ao mesmo tempo, inovador e que levasse também à produção de conhecimento na área. A pesquisa se desenvolveu em três campi do IFRN investigando três categorias gerais: identidade docente, prática pedagógica e percepção sobre EP. Para a coleta de dados utilizamos a entrevista semiestruturada gravada, cujas transcrições foram socializadas entre os alunos para que cada grupo pudesse analisar a categoria a qual havia escolhido. Como resultado da pesquisa, tivemos a produção de quatro artigos por parte dos alunos, versando sobre as diferentes categorias analisadas.

Palavras-chave


formação de professores, educação profissional, pesquisa como princípio formativo

Texto completo:

PDF

Referências


ARAÚJO, Ronaldo Marcos de Lima. Formação de docentes para a Educação Profissional e Tecnológica: por uma pedagogia integradora da educação profissional. Trabalho & Educação. Vol. 7. nº 2. mai-/ago, 2008.

BRASIL. Resolução CNE nº 1/2008, de 27 de março de 2008. Define os profissionais do magistério, para efeito da aplicação do art. 22 da Lei nº 11.494/2007, que regulamenta o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – FUNDEB. Disponível em: . Acesso em: 18 maio 2015.

CANDAU, Vera Maria. Formação continuada de professores/as: questões e buscas atuais. Disponível em: . Acesso em: 18 maio 2015.

DEMO, Pedro. Educar pela pesquisa. 4.ed. São Paulo: Autores Associados, 2000.

ECHEVERRÍA, Javier. Ciencia e Valores. Barcelona: Destino. 2002.

GADOTTI, Moacir. Boniteza de um sonho: ensinar-e-aprender com sentido. São Paulo: Ed,L, 2008.

______. Escola vivida, escola projetada. 2 ed. Campinas:Papirus.

MACHADO, Lucília Regina de Souza. Diferenciais inovadores na formação de professores para a educação profissional. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, Ministério da Educação, Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica, v. 1, n. 1, jun. 2008. Brasília: MEC, SETEC, 2008.

____. Formação de Professores para a Educação Profissional Tecnológica: perspectivas históricas e desafios contemporâneos. In: MOURA. Dante Henrique. Produção de conhecimento, políticas públicas e formação docente em educação profissional. Campinas, SP: Mercado das Letras, 2013, p.347-361

MORIN, Edgar. La mente bien ordenada: repensar a reforma. Reformar el pensamiento. 2.ed. Barcelona: Seix Barral. 2001.

MOURA. Dante Henrique. Especificidades das instituições da educação profissional. In ____. Trabalho e Formação Docente na Educação Profissional. (inédito).

____. A formação de docentes para a educação profissional e tecnológica. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, v. 1, p. 23-38, 2008.

SOUZA, Antonio Lisboa Leitão de. Formação inicial e continuada de professores para a educação profissional: a política e a produção do conhecimento para a emancipação. In: MOURA, Dante Henrique. Produção do conhecimento, políticas públicas e formação docente em educação profissional. São Paulo: Mercado das letras, 2013, p. 385-407.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. Trad. Francisco Pereira. 12. ed. Petrópolis: Vozes, 2011.

______; LESSARD, Claude (Orgs.). O ofício de professor: história, perspectivas e desafios internacionais. 3 ed. Tradução de Lucy Magalhães. Petrópolis: Vozes, 2009




DOI: https://doi.org/10.15628/rbept.2017.5730

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

RBEPTISSN 2447-1801 (Eletrônico)

Indexação: Latindex - DOAJIresie - Indice de Revistas de Educación Superior e Investigación Educativa - BBE – Bibliografia Brasileira de Educação – (Brasil-Cibec/Inep/MEC)  - ERIH PLUS – European Reference Index for the Humanities and the Social Sciences - Sistema eletrônico de editoração de revistas do IBICT - OasisBr - Portal de Periódicos CAPES/MEC - Diadorim - Sumários.org - LivRe - Catálogo de Periódicos de Livre Acesso - CrossRef -  Google Scholar - WorldCat - Airiti Library - MIAR - Information Matrix for the Analysis of Journals - International Institute of Organized Research (I2OR) - LatinREV - Red Latinoamericana de Revistas Académicas en Ciencias Sociales y Humanidades - Publons - Citefactor - Scientific Indexing Services (SIS) 

Siga a RBEPT: