Atuação do Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional (PPGEP-IFRN) para a Formação do Docente

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/rbept.2023.16112

Palavras-chave:

Formação Docente; Educação Profissional e Tecnológica; PPGEP.

Resumo

O Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional (PPGEP) oferecido pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) é uma possibilidade para a formação de docentes da Educação Profissional e Tecnológica (EPT). Este artigo pretende evidenciar como o Programa buscou atender às demandas por formação profissional para os docentes da EPT. Para tanto, foi realizada uma pesquisa qualitativa, documental e de campo, através de entrevista semiestruturada com dois professores fundadores do PPGEP. Utilizou-se da Análise Textual Discursiva (ATD) para análise dos dados. Como resultado, destaca-se o contexto de ampliação da EPT como importante para o surgimento do PPGEP e que o programa tem atingido sua proposta inicial, segundo os docentes entrevistados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Johnattan Eduardo Lima da Silva , Instituto Federal de Educação

Graduado em Licenciatura em Matemática pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Também graduado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Potiguar (UnP). Atualmente é mestrando pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional (PPGEP) oferecido pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN).

Tatiana Losano de Abreu, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte - IFRN

Graduada e Mestre em Economia pelo Programa de Pós Graduação em Economia da Universidade Federal da Paraíba (PPGE-UFPB). Também possui mestrado em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT) na área de ensino. Atualmente é doutoranda pelo Programa de Pós Graduação em Educação Profissional - PPGEP, oferecido pelo Instituto Federal do Rio Grande do Norte. Atua como professora efetiva do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba, no campus de Guarabira-PB. É membro e fundadora do Núcleo Catalisador de Empreendimentos Solidários (NUCAES), núcleo atuante no brejo paraibano desde 2015. Tem desenvolvido projetos de pesquisa e extensão com vistas ao fortalecimento dos Empreendimentos de Economia Solidária. Também tem interesse em desenvolver pesquisa e extensão nas áreas de Educação, seja educação em espaços formais e não formais de ensino e formação docente.

José Mateus do Nascimento , Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte - IFRN

Pedagogo, possui Doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2006); Tem experiência na área de Educação, com ênfase em História da Educação, História Social da Infância e passa a atuar em pesquisas relacionadas à Educação de Jovens e Adultos integrada à Educação Profissional no NUPED (Núcleo de Pesquisa em Educação) do IFRN - Campus Natal Central; Integra o corpo docente permanente do PPGEP - Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional do IFRN, vinculado a Linha de Pesquisa Formação Docente e Práticas Pedagógicas na Educação Profissional; Coopera com o Grupo de Estudos Fundamentos da Educação e Práticas Culturais (CE -UFRN); colabora com o GEPeeeS - Grupo de Estudos e Pesquisas Educação, Etnias e Economia Solidária (UFPB - CCAE - Campus IV) e com o NUPEI - Núcleo de Pesquisa em Educação Inclusiva (IFRN-CNAT).

Andrezza Maria Batista do Nascimento Tavares, Instituto Federal de Educação

  1. Pós-Doutorado pela Universidade do Minho em Portugal e Pós-Doutorado pela Universidade Federal do Piauí. Doutorado e Mestrado em Ciências da Educação pela UFRN. Pedagoga, Psicopedagoga, Psicanalista e Jornalista pela UFRN. Professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), onde realiza atividades de ensino, pesquisa, extensão, internacionalização e inovação. No IFRN, atua como Professora do Programa de Pós-Graduação Acadêmica (PPGEP/IFRN), do Mestrado Profissional em Ensino de Física (MNPEF/IFRN) e dos Cursos Superiores de Graduação. Coordenadora Institucional do Programa Pibid/IFRN financiado pela agência de fomento CAPES, no período de 2013 até 2018. Coordenadora Institucional do Programa de Residência Pedagógica/IFRN financiado pela agência CAPES, de 2018 até o ano corrente. Coordenadora do Projeto de Extensão "Diálogos sobre Capital Cultural e Práxis do IFRN", desde 2017. Membro dos Grupos de Pesquisa credenciados ao CNPQ: "Escola Contemporânea e Olhar Sociológico (ECOS), da UFRN?, "Observatório de políticas públicas de educação profissional (OPPEP)" e ?Observatório da Diversidade (ObDiversidade) do IFRN?. Integra a Associação Científica Internacional de Psicopedagogia (ACIP) e a Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (Anped). No Jornalismo, integra a equipe de redação e de reportagem do veículo de comunicação ?Potiguar Notícias? (portal eletrônico, rádio, TV digital e redes sociais). As atividades profissionais realçam proximidade com os campos epistêmicos: Formação de professores, Educação Profissional e Tecnológica, Educação Básica, Ensino Superior, Processos Cognitivos, Teorias da Aprendizagem, Teorias da Comunicação e Espaços Educativos não Escolares.

Ana Lúcia Sarmento Henrique , Instituto Federal de Educação

Sou lotada no IFRN, como professora do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. Possuo graduação em Letras - Licenciatura Plena com Inglês, pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1983), mestrado em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1996) e doutorado em Educação pela Universidade Complutense de Madrid. Fui Coordenadora da UAB no IFRN até 2010 e Coordenadora-adjunta da Universidade Aberta do Brasil no IFRN até 2012. Atuei na elaboração de material didático da disciplina de Língua Portuguesa para a modalidade de Educação a Distância no Programa PROITEC e para o curso Técnico de Nível Médio Integrado na modalidade Educação de Jovens e Adultos (presencial). Atuei como professora na especialização do PROEJA (2008, 2009 e 2010), na Especialização em Português e Matemática numa perspectiva Transdisciplinar na Modalidade EAD , no curso de Aperfeiçoamento de Professores do Município (2009, 2010 e 2011), no Curso de Aperfeiçoamento em Gestão em EaD (2013, 2014) e no Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional. Sou lotada no Campus Natal Zona Leste - EAD, do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte. Atualmente Coordenadora do GT 18 da ANPED (educação de Jovens e adultos) e Coordeandora do Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional (PPGEP/IFRN). Temas de Interesse: Educação, educação profissional, formação de professores para a educação profissional, Educação de Jovens e adultos.

Referências

ABREU, T. L.; CAVALCANTE, I. F.; HENRIQUE, A. L. S.; A prática do tripé ensino, pesquisa e extensão para a formação dos docentes dos Institutos Federais. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, [S.l.], v. 2, n. 22, p.1-18e12817, Nov. 2022. ISSN 2447-1801. DOI: https://doi.org/10.15628/rbept.2022.12817

BERNARDES, J. Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica: foco na avaliação, na regulação e na supervisão. In: Simpósio de Política e Administração da Educação – ANPAE, 29. 2019, Curitiba. Anais […]. Curitiba: UFPR, 2019. P. 1-4.

CARNEIRO, I. M. S. P.; CAVALCANTE, M. M. D. A produção acadêmica da formação de professores na educação profissional. Holos, v. 03, p. 201-227, 2018. Disponível em: < http://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/HOLOS/article/view/5993. > Acesso em: 30 mar. 2023. DOI: https://doi.org/10.15628/holos.2018.5993

CIAVATTA, M; RAMOS, M. Ensino Médio e Educação Profissional no Brasil: dualidade e fragmentação. Revista Retratos da Escola. Brasília, v. 5, n. 8, p. 27-41, 2005. Disponível em: http://retratosdaescola.emnuvens.com.br/rde/article/viewFile/45/42. Acesso em: 30 mar. 2023.

CURADO SILVA, K. A. C. P. C. Epistemologia da práxis na formação de professores: perspectiva crítica emancipadora. Revista do Centro de Ciências da Educação. Florianópolis, v. 36, n. 1, p. 330 – 350, jan./mar. 2018. DOI: https://doi.org/10.5007/2175-795X.2018v36n1p330

IFRN. Projeto de Ampliação Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional (PPGEP) por meio da criação do curso de doutorado. 2018. Disponível em: https://portal.ifrn.edu.br/ensino/ppgep/documentos/projeto-de-criacao-do-doutorado Acesso em: 07 fev. 2022.

MACHADO, L. R. de S. Políticas de formação de professores: notório saber e possibilidades emancipatórias. Retratos Da Escola, 15(31), 95–109, 2021. https://doi.org/10.22420/rde.v15i31.1262 Disponível em: https://retratosdaescola.emnuvens.com.br/rde/article/view/1262/pdf Acesso em: 07 fev. 2023. DOI: https://doi.org/10.22420/rde.v15i31.1262

MACHADO, L. R. S. Diferenciais Inovadores na Formação De Professores para a Educação Profissional. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, [S. l.], v. 1, n. 1, p. 8–22, 2015. DOI: 10.15628/rbept.2008.2862. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/2862. Acesso em: 30 jan. 2023. DOI: https://doi.org/10.15628/rbept.2008.2862

MACHADO, L. R. S. Formação de professores para a educação profissional e tecnológica: perspectivas históricas e desafios contemporâneos. In: MOURA, D. H. (Org.). Produção do conhecimento, políticas públicas e formação docente em educação profissional. Campinas: Mercado das Letras, 2013, p. 347-362.

MINAYO, Maria Cecília de Souza (org.). Pesquisa Social. Teoria, método e criatividade. 28 Ed. Petrópolis: Vozes, 2009.

MORAES, R.; G, M. C. Análise textual discursiva. Ijuí: Editora Unijuí, 2007.

MOURA, D. H. A formação de docentes para a Educação Profissional e Tecnológica. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, Brasília, v. 1, n. 1, p.23-38, jun., 2008. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/2863. Acesso em: 07 fev. 2023. DOI: https://doi.org/10.15628/rbept.2008.2863

MOURA, D. H. Trabalho e formação docente na Educação Profissional. 1. Ed. Curitiba: IFPR – EAD, 2014.

MOURA, D. H. (Org.). Produção de conhecimento, políticas públicas e formação docente em Educação Profissional. 1. Ed. Campinas/SP: Mercado de Letras, p. 385-407, 2013.

RAMOS, M. Possibilidades e desafios na organização do currículo integrado. In: FRIGOTTO, G.; CIAVATTA, M.; RAMOS, M. (org.). Ensino Médio Integrado: concepções e contradições. São Paulo: Cortez, 2005. P.106-127.

RATTIS TEIXEIRA, P. M.; DAIA FIRMIANO, F. A Situação da Classe Trabalhadora no Brasil e a Pandemia da Covid-19. Revista da ABET, [S. l.], v. 20, n. 2, 2022. DOI: 10.22478/ufpb.1676-4439.2021v20n2.53846. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/abet/article/view/53846. Acesso em: 30 mar. 2023. DOI: https://doi.org/10.61999/abet.1676-4439.2021v20n2.53846

SILVA, F. L. G. R. Plano Nacional de Educação e seus desdobramentos sobre as novas diretrizes para a formação de professores da educação profissional: identidades profissionais em construção. Holos, v. 06, p. 156-177, 2016. Disponível em: http://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/HOLOS/article/view/4986 Acesso em: 30 mar. 2023. DOI: https://doi.org/10.15628/holos.2016.4986

SOUZA, A. L. L. de. Formação inicial e continuada de professores para a Educação Profissional: a política e a produção do conhecimento para a Emancipação.

Downloads

Publicado

19/01/2024

Como Citar

EDUARDO LIMA DA SILVA , Johnattan; LOSANO DE ABREU, Tatiana; DO NASCIMENTO , José Mateus; DO NASCIMENTO TAVARES, Andrezza Maria Batista; SARMENTO HENRIQUE , Ana Lúcia. Atuação do Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional (PPGEP-IFRN) para a Formação do Docente. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, [S. l.], v. 2, n. 23, p. e16112, 2024. DOI: 10.15628/rbept.2023.16112. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/16112. Acesso em: 20 jun. 2024.

Edição

Seção

Dossiê - A Produção do Conhecimento e a Constituição do Campo Científico da Educação Profissional

Artigos Semelhantes

> >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.