A FORMAÇÃO DOCENTE PARA A EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA: BREVE CARACTERIZAÇÃO DO DEBATE

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/rbept.2017.5811

Palavras-chave:

Formação de professores, Educação Profissional e Tecnológica, Docência, Trabalho e Educação

Resumo

Neste texto teceremos algumas considerações sobre a formação de professores na Educação Profissional e Tecnológica – EPT, dando especial destaque à Rede Federal de EPT. Trata-se de parte dos resultados da nossa investigação de doutorado. Percebemos cotidianamente os desafios impostos ao trabalho do professor da rede federal, advindos das mudanças na estrutura e organização do mundo do trabalho e das políticas públicas do governo federal para a EPT. Desafios que requerem do professor uma formação consistente, pois no seu fazer cotidiano lida com as técnicas, as tecnologias, a ciência e precisa transpor isso didaticamente para seus alunos. Precisa ensinar sem ter a formação pedagógica adequada para tal. Diante deste contexto são impostas uma série de demandas para a formação de professores da EPT, tema pouco pesquisado pela academia e poucas vezes objeto das políticas públicas, ao longo da história brasileira. A formação de professores para esta área, no Brasil, sempre foi tratada de forma marginal, aligeirada e imediatista. Esta formação deve ir além da aquisição de técnicas didáticas de transmissão de conteúdos. Deve, por isso, privilegiar uma formação humana mais ampla que vá além daquela que prioriza as relações de mercado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Jair José Maldaner, IFTO Campus Palmas

Professor do IFTO Campus Palmas, Licenciado em filosofia, Mestre e Doutor em Educação UnB

Referências

CARVALHO, Olgamir Francisco de. A Escola como Mercado de Trabalho: Os bastidores da divisão do trabalho no âmbito escolar. São Paulo, Iglu. 1989.

___________. Educação e Formação Profissional: Trabalho e tempo livre. Brasília: Plano Editora, 2003.

___________. Tendências da relação trabalho/educação no contexto da globalização. In Formação de Professores para Educação Profissional e Tecnológica : Brasília, 26, 27 e 28 de setembro de 2006. – Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2008. 304 p. – (Coleção Educação Superior em Debate ; v. 8).

FARTES, Vera; SANTOS, Adriana Paula Q. Oliveira. Saberes, identidades, autonomia na cultura docente da educação profissional e tecnológica. Cad. Pesquisa. São Paulo, v. 41, n. 143, Aug. 2011.

FRANCO, Maria Ciavatta. A formação de professores para a Educação Profissional e Tecnológica: perspectiva histórica e desafios contemporâneos. In Formação de Professores para Educação Profissional e Tecnológica : Brasília, 26, 27 e 28 de setembro de 2006. – Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2008. 304 p. – (Coleção Educação Superior em Debate ; v. 8).

FRIGOTTO, Gaudêncio. A formação e profissionalização do educador: novos desafios. Coletânea da CNTE, 1996, Mimeo.

GARIGLIO, José Ângelo; BURNIER, Suzana. Saberes da docência na educação profissional e tecnológica: um estudo sobre o olhar dos professores. Educ. rev., Belo Horizonte, v. 28, n. 1, Mar. 2012 .

KUENZER, Acacia Z. ____________A formação de educadores no contexto das mudanças no mundo do trabalho: Novos desafios para as faculdades de educação. Educ. Soc. vol. 19 n. 63 Campinas Aug. 1998.

__________.A formação de professores para o Ensino Médio: velhos problemas, novos desafios. Educ. Soc., Campinas, v. 32, n. 116, Sept. 2011.

___________ As políticas de formação: A constituição da identidade do professor sobrante, Educ. Soc. vol.20 n.68 Campinas Dec. 1999.

MACHADO, Lucília Regina de Souza. Diferenciais inovadores na formação de professores para a educação profissional. Revista Brasileira de Educação Profissional e Tecnológica/Ministério da Educação, Secretaria da Educação Profissional e Tecnológica. V.1, nº 1(jun.2008). Brasília: MEC, SETEC, 2008a. Anual.

___________. A formação de professores para a Educação Profissional e Tecnológica: perspectiva histórica e desafios contemporâneos. In Formação de Professores para Educação Profissional e Tecnológica : Brasília, 26, 27 e 28 de setembro de 2006. – Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2008b. 304 p. – (Coleção Educação Superior em Debate ; v. 8).

___________. O desafio da formação dos professores para a EPT e PROEJA. Educ. Soc., Campinas, v. 32, n. 116, Sept. 2011 .

MOURA, Dante Enrique. A formação de docentes para a educação profissional e tecnológica. Revista Brasileira de Educação Profissional e Tecnológica/Ministério da Educação, Secretaria da Educação Profissional e Tecnológica. V.1, nº 1(jun.2008).-Brasília: MEC, SETEC, 2008. Anual.

NÓVOA, Antônio. Os Professores na Virada do Milênio : do excesso dos discursos à pobreza das práticas. Educ. Pesqui. vol.25 no.1 São Paulo Jan./Jun, 1999. Disponível em < http://dx.doi.org/10.1590/S1517-97021999000100002> acesso em 24 nov. 2013.

Downloads

Publicado

2017-12-18

Como Citar

MALDANER, J. J. A FORMAÇÃO DOCENTE PARA A EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA: BREVE CARACTERIZAÇÃO DO DEBATE. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, [S. l.], v. 2, n. 13, p. 182–195, 2017. DOI: 10.15628/rbept.2017.5811. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/5811. Acesso em: 24 jun. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS