FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL NOS PROGRAMAS ESPECIAIS DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA

Marilandi Maria Mascarello Vieira, Josimar de Aparecido Vieira, Roberta Pasqualli

Resumo


O trabalho trata da formação de professores por meio do Programa Especial de Formação Pedagógica de Docentes para a Educação Profissional que se diferencia dos tradicionais cursos de formação docente, requerendo reflexão sobre as práticas que estão sendo neles desenvolvidas. Analisa como egressos de um desses Programas de Formação caracterizam seu processo de formação docente, avalia em que medida ele provoca alterações nas concepções dos egressos e identifica desafios que esses se deparam no seu processo de constituição como docente. A abordagem metodológica adotada foi a pesquisa qualitativa com análise de dados empíricos coletados através de entrevista semiestruturada realizada com dezenove egressos do Curso de Formação Pedagógica de Docentes do IFRS - Campus Sertão. Os relatos obtidos foram analisados com a interlocução dos estudos de Garcia (1999), Nóvoa (1997), Pimenta (1999), Bolzan; Isaia (2005), dentre outros. Os resultados indicam que os Programas Especiais de Formação Pedagógica de Docentes contribuem significativamente no processo de constituição da professoralidade dos professores da educação profissional, qualificando-os para a docência.


Palavras-chave


Formação de Professores, Educação Profissional, Programa Especial de Formação Pedagógica.

Texto completo:

PDF

Referências


BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2002.

BRASIL. CNE/CEB. Resolução nº 02/97. Dispõe sobre os programas especiais de formação pedagógica de docentes para as disciplinas do currículo do ensino fundamental, do ensino médio e da educação profissional em nível médio. Disponível em http://portal.mec.gov.br/setec/arquivos/pdf/RCNE_CEB02_97.pdf Acesso em: 25. jul. 2014.

_______. CNE/CEB. Resolução nº 6, de 20 de setembro de 2012. Define Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Profissional Técnica de Nível Médio. Disponível em: Acesso em: 20.jul. 2014.

_______. Resolução CNE/CP nº 2, de 1º de julho de 2015. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura) e para a formação continuada. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/conselho-nacional-de-educacao/atos-normativos--sumulas-pareceres-e-resolucoes?id=21028. Acesso em: 20.ago. 2015.

BOLZAN, D.P.V.; ISAIA, S. Aprendizagem Docente no Ensino Superior: construções a partir de uma rede de interações e mediações. In: UNIrevista. Vol.1, n.1. IV Congresso Internacional de Educação. UNISINOS. São Leopoldo. 2005.

BOLZAN, D.P.V.; POWACZUK, A.C.H. Docência Universitária: a construção da professoralidade. In: Revista Brasileira de Formação de Professores. Vol. 1, n. 3, p.90-104, Dez.2009.

BURNIER, S.; CRUZ, R.M.R.; DURÃES, M.N.; PAZ, M.L.; SILVA, A.N.; SILVA, I.M.M. Histórias de vida de professores: o caso da educação profissional. In: Rev. Bras. Educ. Rio de Janeiro, vol.12 n.35, p. 343-358, maio/ago.2007.

GARCIA, C.M. A identidade docente: constantes e desafios. In: Formação Docente. Belo Horizonte, v. 01, n. 01, p. 109-131, ago./dez. 2009. Disponível em: http://formacaodocente.autenticaeditora.com.br/artigo/exibir/1/3/1. Acesso em: 12. dez. 2014.

GÓMEZ, A.P. O pensamento prático do professor – a formação do professor como profissional reflexivo. In: NÓVOA. A. (Coord.). Os professores e a sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1992.

ISAIA, S.M.A. BOLZAN, D.P.V. Processos Formativos e Docência: Tecendo Redes de Formação na Educação Superior. Belo Horizonte, 2010.

KUENZER, A.Z. Conhecimento e competências no trabalho e na escola. Boletim Técnico do SENAC. Rio de Janeiro, v. 28, n. 2, p. 45-68, maio/ago. 2002.

MACHADO, L.R. S. Diferenciais inovadores na formação de professores para a educação profissional. In: Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, Ministério da Educação, Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica, v. 1, n. 1, jun. 2008. Brasília: MEC/SETEC, 2008.

NÓVOA, A. Vidas de professores. Porto: Porto Editora, 1997.

OLIVEIRA, M.R.N.S. de. A formação de professores para a educação profissional. In: DALBEN, A.L.; DINIZ, J.; LEAL, L.; SANTOS, L. (Org.). Coleção Didática e Prática de Ensino. Belo Horizonte, Autêntica, 2010, p. 455 - 478. Disponível em: http://www.academia.edu/4894113/Colecao_didatica_e_pratica_de_ensino_-_Livro_3_PDF. Acesso em 10. jun.2014.

PETEROSSI, H.G. Formação de professores para o ensino técnico. São Paulo: Loyola, 1994.

PIMENTA, S.G. Professor: formação, identidade e trabalho docente. In: ______ (org). Saberes pedagógicos e atividade docente. São Paulo: Cortez, 1999, p. 15 – 34.

SOARES, A.S. A educação profissional e o professor: fazeres e saberes necessários. In: I Seminário Nacional de Educação Profissional e Tecnológica, 2008, Belo Horizonte. Anais do I SENEPT. Belo Horizonte: CEFET-MG, 2008.




DOI: https://doi.org/10.15628/rbept.2014.3551

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

RBEPTISSN 2447-1801 (Eletrônico)

Indexação: Latindex - DOAJIresie - Indice de Revistas de Educación Superior e Investigación Educativa - BBE – Bibliografia Brasileira de Educação – (Brasil-Cibec/Inep/MEC)  - ERIH PLUS – European Reference Index for the Humanities and the Social Sciences - Sistema eletrônico de editoração de revistas do IBICT - OasisBr - Portal de Periódicos CAPES/MEC - Diadorim - Sumários.org - LivRe - Catálogo de Periódicos de Livre Acesso - CrossRef -  Google Scholar - WorldCat - Airiti Library - MIAR - Information Matrix for the Analysis of Journals - International Institute of Organized Research (I2OR) - LatinREV - Red Latinoamericana de Revistas Académicas en Ciencias Sociales y Humanidades - Publons - Citefactor - Scientific Indexing Services (SIS) 

Siga a RBEPT: