Formar para o cuidado: a Formação Humana Integral e o Ensino Integrado em saúde

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/rbept.2021.12839

Palavras-chave:

Cuidado. Enfermagem. Ensino Integrado. Formação Humana Integral. Gênero.

Resumo

A pesquisa objetiva fazer uma discussão a respeito da Formação Humana Integral e Ensino Integral em saúde, destacando sua importância na formação profissional do técnico em enfermagem da Escola de Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, instituição que compõe a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (EPT). Além disso, atentamos para a necessidade de problematizar, no interior da EPT enquanto campo epistêmico e modalidade educativa, os processos que naturalizam o cuidado enquanto prática vinculada às mulheres, colaborando para a manutenção de relações desiguais entre os gêneros. A fim de levantar tais discussões foi empregada metodologia de abordagem qualitativa e exploratória com o intuito de proporcionar uma maior familiaridade com o problema, com vistas a torná-lo mais explícito e descrever as características do grupo a ser estudado. O referencial teórico se concentrará na literatura acerca dos estudos de gênero, em diálogo constante com teóricos da Educação Profissional e como resultado, espera-se problematizar o trabalho do cuidado e considerar a onilateralidade na Educação Profissional em Saúde, levando em conta as relações de gênero.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Larissa Maia de Souza, Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte

Mestranda do Programa de Pós Graduação em Educação Profissional  do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (PPGEP/IFRN) e bolsista Capes

Referências

AGUIAR, Z. N. O Sistema Único de Saúde e as Leis Orgânicas da Saúde. In: AGUIAR, Z. N. (Org.). SUS: Sistema Único de Saúde – antecedentes, percurso, perspectivas e desafios. São Paulo: Martinari, 2011.

ARAÚJO, R. M. L. Práticas pedagógicas e ensino integrado. Curitiba: Instituto Federal do Paraná, 2014.

BOAVENTURA, E. M. Metodologia da pesquisa: monografia, dissertação, tese. 1ª Ed. São Paulo: Atlas, 2007.

BUTLER, J. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. Tradução de Renato Aguiar. Rio de janeiro: Civilização Brasileira, 2020.

DURÃES, M.D. Análise das iniciativas do Ministério da Saúde para a formação profissional técnica de nível médio [dissertação]. Brasília (DF): Universidade de Brasília; 2013.

ESTÁCIO, M. M. S et al. A formação profissional em saúde na rede federal de educação profissional e tecnológica. Revista brasileira da educação profissional tecnológica, v.2, 2018. Disponível em: <http://www2.ifrn.edu.br/ojs/index. php/RBEPT/article/view/7270>. Acesso em: 13 jan. 2020.

FEDERICI, S. Calibã e a bruxa: mulheres, corpo e acumulação primitiva. Trad. Coletivo Sycorax. São Paulo: Elefante, 2017.

FOUCAULT, M. Vigiar e Punir: Nascimento da prisão. Edição 20ª. Petrópolis, RJ. Editora Vozes. 1999.

FOUCAULT, M. História da sexualidade 1: vontade de saber. Rio de Janeiro, Edições Graal, 1988.

FUINI, L. L.; A Educação Profissional e Tecnológica no brasil: um estudo através da perspectiva foucaultiana. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, [S.l.], v. 1, n. 20, p. e9882, mar. 2021.

GELBCKE, F. L. et al. A práxis da enfermeira e a integralidade no cuidado. Enfermagem em Foco. Brasília: 2011; 2(2): p.116-119.

GIL, A. C. Como elaborar Projetos de Pesquisa. 5ª Ed. São Paulo: Atlas S.A., 2010.

GLEYSE, J. A instrumentalização do corpo: uma arqueologia da racionalização instrumental do corpo, da Idade Clássica à Época Hipermoderna. Tradução de Avelino Aldo de Lima Neto, Cláudia Emília Aguiar Moraes e Fábio Luís Santos Teixeira. São Paulo: LiberArs, 2018.

HIRATA, H. et al. (org). Organização, trabalho e gênero. São Paulo: Senac, 2007.

KERGOAT, D. Divisão sexual do trabalho e relações sociais de sexo. In: HIRATA, H. et al. Dicionário crítico do feminismo. São Paulo: UNESP, 2009.

KUENZER, A. Z. A formação de professores para o Ensino Médio: velhos problemas, novos desafios. Educação e Sociedade. Campinas, v. 32, n. 116, set. 2011 . Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101 73302011000300004&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em 17 jan. 2020.

LE BRETON, D. A Sociologia do Corpo. Trad. Sônia M. S. Fuhrmann. Petrópolis: Vozes, 2011.

LOURO, G. L. et. al. Pedagogias da sexualidade. In: O corpo educado: pedagogias da sexualidade. Belo Horizonte: Autentica, 1999.

MANACORDA, M. O homem onilateral. In: Marx e a pedagogia moderna. São Paulo: Cortez, 2000.

MANFREDI, S. M. Educação profissional no Brasil. São Paulo: Cortez, 2002.

MARX, K. Manuscritos econômico-filosóficos. Trad. Jesus Ranieri. São Paulo: Boitempo, 2010.

MINAYO, M. C. S. (org). O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 14. ed. São Paulo: Hucitec, 2014.

______. Análise qualitativa: teoria, passos e fidedignidade. Ciência e Saúde Coletiva, ABRASCO, v. 7, n. 3, p. 621-626, 2012.

MORTARI. L. Filosofia do cuidado. São Paulo: Paulus, 2018.

PEREIRA, I.B., LIMA, J. C. F. Dicionário da educação profissional em saúde 2.ed. rev. ampl. - Rio de Janeiro: EPSJV, 2008.

OGUISSO, T.; FREITAS, G. F. Memória e história na construção da identidade profissional da enfermagem. In: Trajetória histórica da enfermagem. Taka

Oguisso (Org.). Barueri, SP: Manole, 2014.

RAGO, M. Epistemologia Feminista, Gênero e História. In.: PEDRO, Joana; GROSSI, Miriam (orgs.). Masculino, Feminino, Plural. Florianópolis: Ed. Mulheres,1998.

RAMOS, M. Concepções e práticas pedagógicas nas Escolas Técnicas do Sistema Único de Saúde: fundamentos e contradições. Trabalho, Educação e Saúde. Rio de Janeiro, v. 7, suplemento, p. 153-173, 2009.

RAMOS, M. N.; FRIGOTTO, G. “Resistir é preciso, fazer não é preciso”: As contra-reformas do ensino médio no Brasil. Cadernos de pesquisa em educação PPGE-UFES, v. 19, p. 26-47, 2017.

SILVA, V. O.; SANTANA, P.M. M. A. Conteúdos curriculares e o Sistema Único de Saúde (SUS): categorias analíticas, lacunas e desafios. Interface (Botucatu)[online]. 2015, vol.19, n.52, pp. 121-132, 2014. Disponível em: <https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1414-32832014000200313&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt>. Acesso em: 20 mai. 2020.

SOUSA JÚNIOR, J. Omnilateralidade. PEREIRA, I. B.; LIMA, J.C.F. (Org.). In: Dicionário de educação profissional em saúde. Fundação Oswaldo Cruz. Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, 2009.

TONET, I. Interdisciplinaridade, formação humana e emancipação humana. In: Serviço Social e Sociedade, São Paulo, nº 116, p. 725-742, out/dez 2013. Disponível em. Acesso em 03 de Mai. de 2017.

TORREZ, M. N. F. B; BARROS L. R.; GOULART, V. M. P. A Educação Profissional de nível técnico e a estratégia saúde da família: renova-se o desafio. R. Bras. Enferm. , Brasília, v. 53, n. especial, p. 6 1 -69 dez. 2000. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/reben/v53nspe/v53nspea08.pdf>. Acesso em: 07 jan. 2020.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE. Resolução nº 009/2019 - CONSUNI, de 03 de abril de 2019. Aprova o Regimento interno da Escola de Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – ESUFRN – Unidade Acadêmica Especializada em Educação Profissional em Saúde, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN. Natal/RN, 03 abr. 2019. Disponível em: < http://escoladesaude.ufrn.br/media/uploads/2021/02/01/regimento-interno-esufrn_resolucao-09_19_consuni.pdf >. Acesso em: 15 jun. 2021.

Downloads

Publicado

21/12/2021

Como Citar

SOUZA, Larissa Maia de; LIMA NETO, Avelino Aldo de; GLEYSE, Jacques; COSTA, Ana Cristina Santos. Formar para o cuidado: a Formação Humana Integral e o Ensino Integrado em saúde. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, [S. l.], v. 2, n. 21, p. e12839, 2021. DOI: 10.15628/rbept.2021.12839. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/12839. Acesso em: 2 mar. 2024.

Edição

Seção

DOSSIÊ - Mundo do trabalho, Educação Profissional e Identidade de Gênero

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

> >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.