ATUAÇÃO REMOTA DO GRUPO DE PESQUISA QUALIDADE DO CUIDADO E DO ENSINO DE SAÚDE: RELATO DE EXPERIÊNCIA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/rbept.2020.10539

Palavras-chave:

Pesquisa. Extensão. Recursos educacionais digitais. Universidade. Aprendizagem.

Resumo

Trata-se de um relato de experiência sobre a atuação remota do Grupo de Pesquisa em Qualidade do Cuidado e do Ensino de Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, entre março e maio de 2020. Participaram da experiência membros internos e externos ao Grupo. As atividades foram realizadas por meio das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação e desenvolvidas em quatro pilares: 1) Reuniões virtuais de planejamento; 2) Comunicação e Interação por Rede Social; 3) Discussões online semanais relacionadas à pesquisa científica; e 4) Produção de materiais educativos. Conclui-se que a atuação remota do Grupo de Pesquisa envolveu múltiplas estratégias, que foram apreciadas como satisfatórias pelos participantes e realçaram o papel social dos grupos de pesquisas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Pétala Tuani Cândido de Oliveira Salvador, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Enfermeira. Professora da Escola de Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Professora Permanente do Programa de Pós-Graduação em Ensino na Saúde da UFRN.Doutora em Enfermagem pela UFRN, com período sanduíche na Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, Portugal.FAIMER Fellow Brasil 2017.Líder do grupo de pesquisa: Qualidade do Cuidado e do Ensino de Saúde - UFRN

Kisna Yasmin Andrade Alves, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Professora da Escola de Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.
Doutora em Enfermagem pelo PPGENF - UFRN.
Vice-líder do Grupo de Pesquisa em Qualidade do Cuidado e do Ensino de Saúde (KAIZEN)

Rayssa Horácio Lopes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Enfermeira. Mestre em Enfermagem. Doutoranda em Saúde Coletiva. Docente da Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Theo Duarte Costa, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Enfermeiro graduado pela Faculdade de Enfermagem (FAEN) da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) com licenciatura e bacharelado,Especialista em auditoria em serviços de saúde pela FCM/FACISA. . MESTRE EM ENFERMAGEM PELO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFRN. ATUAÇÃO ASSISTENCIAL COM ENFASE EM UNIDADES DE TERAPIA INTENSIVA e AUDITORIA EM SAÚDE. Doutor em enfermagem. Professor da escola de Saude da UFRN.

Cláudia Cristiane Filgueira Martins Rodrigues, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Enfermeira graduada em Licenciatura e Bacharelado pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (FAEN-UERN) - 2010. Mestre em enfermagem pelo Programa de pós-Graduação em Enfermagem da UFRN (2012). Doutora em Enfermagem pelo Programa de pós-Graduação em Enfermagem da UFRN com período de doutorado sanduíche na Escola da Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa (Lisboa, Portugal) (2016). Professora da Escola de Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (ESUFRN). Membro do grupo de pesquisa Qualidade do Cuidado e do Ensino de Saúde da ESUFRN/UFRN. Possui experiência em enfermagem com ênfase em enfermagem médico-cirúrgica e docência. Fomenta pesquisas sobre: Processo de cuidar; Síndrome de Burnout, estresse e Segurança do Paciente.

Lannuzya Veríssimo Oliveira, ESCOLA DE SAÚDE DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE

Bacharel e Licenciada em Enfermagem pela Universidade Estadual da Paraíba(UEPB). Especialista em Saúde da Família pela Faculdade Integrada de Patos(FIP); Especialista em Saúde Mental e Atenção Psicossocial pela UEPB. Mestre em Saúde Pública. Doutora em Saúde Coletiva pela (UFRN).Docente na ESUFRN, atua na área de Saúde Coletiva e Saúde Mental.

Referências

ALMEIDA, L.E.D.F. Contribuição para o estudo da comunidade científica da saúde coletiva: os grupos de pesquisa. 2011.394f. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva). Faculdade de Ciências Médicas. Universidade Estadual de Campinas. Campinas, 2011.

ALVES, V.L.S. Gestão da qualidade: ferramentas utilizadas no contexto contemporâneo da saúde. São Paulo: Martinari, 2012.

AQUINO, E.M.L. et al. Medidas de distanciamento social no controle da pandemia de COVID-19: potenciais impactos e desafios no Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, v. 25, supl. 1, p. 2423-2446, 2020.

BALSANELLI, A.P.; JERICÓ, M.C. Os reflexos da gestão pela qualidade total em instituições hospitalares brasileiras. Acta Paulista Enfermagem, v. 18, n. 4, p. 397-402, 2005.

BARRETO, M.L. et al. O que é urgente e necessário para subsidiar as políticas de enfrentamento da pandemia de COVID-19 no Brasil? Revista Brasileira de Epidemiologia, v. 23, e200032, 2020.

BRASIL. Portaria nº 343, de 17 de março de 2020. Dispõe sobre a substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais enquanto durar a situação de pandemia do Novo Coronavírus - COVID-19. Disponível em: <http://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-343-de-17-de-marco-de-2020-248564376>. Acesso em: 08 jun 2020.

COSTA, R. Educação remota emergencial x EaD: desafios e oportunidades. 2020. Disponível em: <https://www.linkedin.com/pulse/educa%25C3%25A7%25C3%25A3o-remota-emergencial-x-ead-desafios-e-renata-costa>. Acesso em: 08 jun. 2020.

DALTRO, M.R.; FARIA, A.A. Relato de experiência: Uma narrativa científica na pós-modernidade. Estudos e Pesquisas em Psicologia, v. 19, n. 1, 223-237, 2019.

GIMENEZ, A.M.N.; SOUSA, G.; FELTRI, R.B. Universidades Brasileiras e Covid-19: fortalecendo os laços com a sociedade. Boletim Unicamp. 2020. Disponível em: <https://www.unicamp.br/unicamp/coronavirus/universidades-brasileiras-e-covid-19-fortalecendo-os-lacos-com-sociedade>. Acesso em: 08 jun. 2020.

HENRIQUE, T. Covid-19 e a internet (ou estou em isolamento social físico). Interfaces Científicas, v.8, n,3, p.5-8, 2020.

HULLEY S.B. et al. Designing clinical research. Philadelphia: Lippincott Willian & Wilking, 2007.

MARTINS, R.X. A Covid e o fim da educação a distância: um ensaio. EmRede, v. 7, n.1, p. 242-256, 2020.

ODELIUS, C.C.; SENA, A.C. Atuação em Grupos de Pesquisa: competências e processos de aprendizagem. Revista de Administração FACES Journal Belo Horizonte, v. 8, n. 4, p. 13-31, 2009.

PAIVA, F.J.O. A prática retórica de escrita de fichamentos como ferramenta de incentivo à pesquisa e ao planejamento textual de outros gêneros acadêmicos. Revista Multidebates, v.3, n.1, 2019.

PRADO, C. et al. Espaço virtual de um grupo de pesquisa: o olhar dos tutores. Revista da Escola de Enfermagem da USP, v. 46, n. 1, p. 246-251, 2012.

RAMOS, R.C.G; RAMOS, S.T.M; ASEGA, F.K. Google drive: potencialidades para o design de material educacional digital (med) para ensino de línguas. The especialist: Descrição, Ensino e Aprendizagem, v. 38, n. 1, 2017.

SANTOS JÚNIOR, V.B; MONTEIRO, J.C.S. Educação e COVID-19: As tecnologias digitais mediando a aprendizagem em tempos de pandemia. Revista Encantar, v. 2, n. 1, 2020.

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE PÚBLICA DO RIO GRANDE DO NORTE. Profissionais de saúde hospedados no Hotel Barreira Roxa recebem homenagem. 2020. Disponível em: <http://www.saude.rn.gov.br/Conteudo.asp?TRAN=ITEM&TARG=231882&ACT=&PAGE=&PARM=&LBL=Materia>. Acesso em: 7 Jun. 2020.

SILVA, A.A.; BESSA, J.C.R. Produção de textos na universidade: Uma proposta de trabalho com sequências didáticas com o gênero fichamento. Revista Gatilho – Revista discente do Programa de Pós-Graduação em Linguística da UFJF. v. 13, 2011.

VENTURA, D.F.L. et al. Desafios da pandemia de COVID-19: por uma agenda brasileira de pesquisa em saúde global e sustentabilidade. Cadernos de Saúde Pública, v. 36, n. 4, e00040620, 2020.

Downloads

Publicado

28/07/2020

Como Citar

SALVADOR, P. T. C. de O.; ALVES, K. Y. A.; LOPES, R. H.; COSTA, T. D.; RODRIGUES, C. C. F. M.; OLIVEIRA, L. V. ATUAÇÃO REMOTA DO GRUPO DE PESQUISA QUALIDADE DO CUIDADO E DO ENSINO DE SAÚDE: RELATO DE EXPERIÊNCIA. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, [S. l.], v. 2, n. 19, p. e10539, 2020. DOI: 10.15628/rbept.2020.10539. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/10539. Acesso em: 4 dez. 2022.

Edição

Seção

RELATO DE EXPERIÊNCIA

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.