AMPLIANDO AS POSSIBILIDADES DA POLÍTICA DE EXTENSÃO NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL POR MEIO DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/rbept.2018.6873

Palavras-chave:

Extensão, Educação Profissional e Tecnológica, Educação a Distância.

Resumo

Este trabalho tem como objetivo a apreciação da extensão como atividade formativa na educação profissional e tecnológica, considerando-se as características peculiares dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, em que estudantes do Ensino Médio integrado participam dos projetos como bolsistas, desde sua elaboração, execução, análise, e avaliação de resultados e publicações. Para tanto serão apresentados dois projetos de extensão realizados no campus Umuarama do Instituto Federal do Paraná, entre os anos de 2012 e 2014. Além da abordagem à Política Nacional de Extensão Universitária e das características dos projetos, seus desenvolvimentos e resultados, aponta-se, a partir da constatação de seus proponentes, as possibilidades das ferramentas da Educação a Distância como forma de reestruturação dos projetos, visando sua continuidade e ampliação. Considera-se a experiência da Educação a Distância, que assegurando possibilidades de vulgarização e produção de conhecimentos, reúne profissionais e estudantes em espaços e tempos distintos.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Silvia Eliane Oliveira Basso, Instituto Federal do Paraná - IFPR, campus Umuarama

Professora do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico, atuando no ensino médio integrado e no superior nas áreas de História e Educação no IFPR, campus Umuarama. Doutoranda do Programa de Educação da Univerisdade Estadual de Maringá

Referências

BELUSSO, D.; SAKAI, O.A. Da formação de um grupo de estudos à realização de oficinas para professores: a astronomia na educação básica em Umuarama-Pr. Revista Latino-Americana de Educação em Astronomia - RELEA, n.16, p. 63-71, 2013.

BRASIL. LEI Nº 5.540, DE NOVEMBRO DE 1968. Fixa normas de organização e funcionamento do Ensino Superior e sua articulação com a Escola Média, e dá outras providências. Revogada pela Lei nº 9.394, de 1996. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l5540.htm. Acesso em: 20 no. 2017.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008. Institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, cria os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, e dá outras providências. Brasília, 2008. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/lei/l11892.htm>. Acesso em: 03 ago. 2014.

CARVALHO, V. S. O papel da educação a distância na extensão universitária. Associação Brasileira de Educação a Distância – ABED, Anais do Congresso, RJ, 2015. Disponível em: < http://www.abed.org.br/congresso2015/anais/pdf/BD_333.pdf. Acesso em: 20 nov. 2017.

FORPROEX. Política Nacional de Extensão Universitária. Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras. Manaus, AM, 2012. Disponível em: < http://proex.ufsc.br/files/2016/04/Pol%C3%ADtica-Nacional-de-Extens%C3%A3o-Universit%C3%A1ria-e-book.pdf>. Acesso em: 15 nov. 2017.

IFPR. IF Sophia. Coordenação de A. R PADILHA. Projeto de Extensão. Pró-Reitoria de Extensão, Pesquisa e Inovação. Instituto Federal do Paraná – IFPR, 2012.

KENSKI, V. M. Tecnologias e Ensino Presencial e a Distância. Campinas, SP: Papirus, 2012.

NISKIER, Arnaldo. Tecnologia Educacional: uma visão política. Petrópolis, RJ: Vozes, 1993.

_____. Educação à Distância: a tecnologia da esperança. São Paulo: Edições Loyola, 1999.

SEVERINO, A. J. Educação e universidade: conhecimento e construção da cidadania. Interface - Comunic, Saúde, Educ, v6, n10, p.117-24, fev 2002.

Downloads

Publicado

20/06/2018

Como Citar

OLIVEIRA BASSO, S. E.; COSTA, M. L. F. AMPLIANDO AS POSSIBILIDADES DA POLÍTICA DE EXTENSÃO NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL POR MEIO DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, [S. l.], v. 1, n. 14, p. e6873, 2018. DOI: 10.15628/rbept.2018.6873. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/6873. Acesso em: 6 fev. 2023.

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.