A EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA: HISTÓRIA, BASES LEGAIS E CURSOS NESSA MODALIDADE DE ENSINO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/rbept.2017.5716

Palavras-chave:

Educação Profissional e Tecnológica, Educação a Distância

Resumo

Este artigo, de cunho bibliográfico, é resultado parcial da dissertação de mestrado na linha de pesquisa de História e Historiografia da Educação do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Maringá (UEM), que teve como objeto de estudo a Educação Profissional e Tecnológica na modalidade a distância. Esta proposta de estudo   objetiva discorrer sobre os aspectos históricos e legais da educação profissional e tecnológica a distância, além de apresentar o desenvolvimento dos cursos dessa modalidade de ensino em algumas instituições, como o Instituto Monitor, o Instituto Universal Brasileiro, o Telecurso e a Rede e-TEC, demonstrando a importância dessas práticas de ensino e aprendizagem. Destacamos que a modalidade de educação a distância tem conquistado, nas últimas décadas, um enfoque de destaque no centro das atenções pedagógicas, uma vez que torna possível o acesso de indivíduos que sem ela não teriam condições de frequentar salas de aula presenciais para buscar formação. Assim, a Educação Profissional e Tecnológica na modalidade a distância configura-se como uma estratégia de expansão do ensino que possibilita a formação dos sujeitos ao longo da vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALVES, Lucineia. Educação à distância: conceitos e história no Brasil e no mundo. Associação Brasileira de Educação à Distância. São Paulo. 2011.

BELLONI, Maria Luiza. Educação a Distância. Campinas: SP, Ed. Autores Associados, 2006.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei nº 9.394, de 20/12/1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, DF: MEC, 1996. Disponível em: <http://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1996/lei-9394-20-dezembro-1996-362578-publicacaooriginal-1-pl.html>. Acesso em: 4 maio 2014.

______ . Ministério da Educação. Decreto nº 5.622/05 de 19 de dezembro de 2005. Regulamenta o artigo 80 da Lei nº 9.394/96 que estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, DF: MEC, 2005. Disponível em: <http://portal.mec.gov. br/seed/arquivos/pdf/dec_5622.pdf>. Acesso em: 4 maio 2014.

CARVALHO, Celso do Prado Ferraz de. A educação cidadã na visão empresarial: o Telecurso 2000. Campinas: Ed. Autores Associados, 1999.

DOURADO, Luiz Fernandes. Fracasso escolar no Brasil: Políticas, programas e estratégias de combate ao fracasso escolar. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - Secretaria de Educação Infantil e Fundamental - Departamento de Políticas Educacionais. Brasília, 2005.

FARIA, Adriano Antonio. O Instituto Universal Brasileiro e a Gênese da Educação a Distância no Brasil. Dissertação (Mestrado). Universidade Tuiuti do Paraná. Programa de Pós Graduação em Educação. 1-155. Curitiba, 2010.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2010.

Downloads

Publicado

15/06/2017

Como Citar

SILVA, Hellen Camila; COSTA, Maria Luisa Furlan. A EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA: HISTÓRIA, BASES LEGAIS E CURSOS NESSA MODALIDADE DE ENSINO. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, [S. l.], v. 1, n. 12, p. 36–50, 2017. DOI: 10.15628/rbept.2017.5716. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/5716. Acesso em: 20 abr. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos Semelhantes

> >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.