Análise curricular dos cursos superiores de tecnologia em radiologia de instituições públicas federais no Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/rbept.2022.11699

Palavras-chave:

Radiologia. Educação. Currículo.

Resumo

O artigo resulta da análise das matrizes curriculares de cursos superiores de tecnologia em radiologia de instituições públicas, a fim de reconhecer a organização e oferta do amplo conteúdo formativo. Realizou-se uma análise documental baseado nos critérios estabelecidos no Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia, à legislação de regulamentação do exercício profissional e normativas relacionadas à graduação tecnológica. Os resultados demonstraram que 42,85% dos cursos são ofertados na região nordeste, 28,5% preveem ensino à distância e extensão acadêmica, e 85,7% apresentaram disciplinas optativas. Todas apresentaram disciplinas dedicadas ao estágio. Conclui-se que existe necessidade de uniformização das matrizes curriculares a fim de atender às atuais necessidades formativas dos profissionais em tecnologia em radiologia no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Mauricio Mitsuo Monção, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia - IFBA, Departamento de Tecnologia em Saúde e Biologia, Campus Salvador.

Tecnólogo em radiologia, especialista em imagenologia édica, mestre em ciências da saúde. Professor efetivo do IFBA, do departamento de tecnologia em saúde e biologia do campus Salvador.

Carolina Neis Machado, IFSC- Florianopolis, Santa Catarina, BR

Bacharel em Fisioterapia pela Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC (2008), Tecnóloga em Radiologia pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina - IFSC (2009), mestre em Ciências do Movimento Humano pela Universidade do Estado de Santa Catarina (2013) e doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina. Atualmente é Professora Assistente do Campus Florianópolis do IFSC.

Charlene da Silva, IFSC- Florianopolis, Santa Catarina, BR

Tecnóloga em Radiologia, especialista em Oncologia, mestre em Proteção Radiológica no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina. Experiência durante três anos como dosimetrista na Clínica Radioterapia São Sebastião - SC, atuando na área de radioterapia com simulação/planejamento e em tomografia computadorizada. Ocupou o cargo de professora substituta do Programa de Graduação em Radiologia no Instituto Federal de Santa Catarina, no período de 2018 a 2019. Atualmente é professora efetiva do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina

Daiane Cristini Barbosa de Souza, IFSC- Florianopolis, Santa Catarina, BR

Tecnóloga em Radiologia (2008) e especialista em Docência (2014) pela Universidade Nove de Julho. Mestre (2013) e doutora (2018) em Tecnologia Nuclear - Aplicações pelo Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares da Universidade de São Paulo (IPEN/USP). Realizou fellowship no Department of Materials Science and Engineering da University of Sheffield - Inglaterra, por meio de colaboração técnica IPEN/IAEA (2017). Atualmente é professora efetiva do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina (IFSC)

Marcus Vinícius Linhares de Oliveira, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia

Doutor em Processos Interativos dos Orgãos e Sistemas da Universidade Federal da Bahia- UFBA (2016), com período sanduíche no Instituto Politécnico de Coimbra -IPC, Portugal, Mestre em Processos Interativos dos Órgãos e Sistemas da Universidade Federal da Bahia- UFBA(2013), Especialista em proteção radiológica (2009),Possui graduação no Curso Superior de Tecnologia em Radiologia (2007). Professor do Instituto Federal da Bahia-IFBA do curso de tecnologia em radiologia.

Juliana dos Santos Muller, Instituto Federal de Educação, Ciência de Tecnologia de Santa Catarina

Possui graduação em Tecnologia em Radiologia pelo Instituto Federal de Santa Catarina (2008), graduação em Fisioterapia pela Universidade do Estado de Santa Catarina (2012), especialização em Docência do Ensino Superior pelo Centro Universitário de Maringá (2013), Mestrado em Saúde, Ambiente e Trabalho pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal da Bahia (2014) e está regularmente matriculada no Doutorado em Processos Interativos de Órgãos e Sistemas no Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Federal da Bahia (2018). Atualmente é professora associada do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina

Referências

Almeida Junior, E. P.; Pilatti, L.A. Empregabilidade do profissional formado nos cursos superiores de tecnologia do CEFET-PR: estudo de caso em médias e grandes empresas da região norte do Paraná. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, 15(56), 429-446. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40362007000300008&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 01 out. 2020.

ANDRADE, S.A.F. As áreas de atuação do profissional tecnólogo em radiologia. UNILUS Ensino e Pesquisa, v. 16, n. 42, 2019. Disponível em: <http://revista.unilus.edu.br/index.php/ruep/article/view/1115/u2019v16n42e1115>. Acesso em: 09 out. 2020.

BRASIL. Catálogo nacional de cursos superiores de tecnologia. Brasília: MEC; 2016.

BRASIL. Parecer Técnico CNE/CES nº 804/2018. Consulta sobre a aplicabilidade de alterações de grades curriculares de cursos de graduação por Instituições de Ensino Superior. Diário Oficial da União de 09 de julho de 2020. Edição 130, Seção 1, p. 129.

BRASIL. Resolução CNE/CP 3, de 18 de dezembro de 2002. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para a organização e o funcionamento dos cursos superiores de tecnologia. Diário Oficial da União de 23 de dezembro de 2002, Seção 1, p. 162.

CHISINI, L., et al. Análise descritiva dos trabalhos de conclusão de curso da Faculdade de Odontologia, UFPel. Rev. ABENO. 2017, vol.17, n.1, pp. 08-15.

CRESWELL, J. W.; PLANO-CLARK, V. L. Pesquisa de métodos mistos. 2. ed. Porto Alegre: Penso, 2013.

DHANDE, R. Introduction of radiology in undergraduate evaluation system. Journal of Education Technology in Health Sciences. v.3, n.2, p.54-6, 2016.

ENGLAND, A., et al. Clinical radiography education across Europe. Radiography (Lond.), 23 Suppl. 1, p.7-15, 2017.

GHOLAMI, M. Evaluating the Curriculum for B.S. of Radiologic Technology in Iran: An International Comparative Study. Entomol Appl Sci Lett, v.5, n.3, p.48-59, 2018.

HANAN A, BASEMA S, KHULUD AK. Impact of picture archiving and communication system (PACS) on radiology staff. Informatics in Medicine Unlocked. 2018; 10: 1–16.

MCNULTY, J.P. A picture of radiography education across Europe. Radiography (Lond.), v. 22, n.1, p.5-11, 2016. Disponível em: http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1078817415001194. Acesso em 20 de out. de 2020.

OLIVEIRA, A. F.; LEDERMAN, H. M.; BATISTA, N. A. O aprendizado sobre a tecnologia no diagnóstico por imagem. Radiol. Bras., São Paulo , v. 47, n. 1, p. 18-22, 2014. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-39842014000100018&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 03 nov. 2020.

PEREIRA, G.A.M; SANTOS, A.M.P.V; LOPES, P.T.C. O Ensino da Radiologia: uma Análise dos Currículos da Área da Saúde de Instituições de Ensino Superior na Região Sul do Brasil. Rev Bras de Edu Med. 2017; 41: 251-259. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022017000200251&lng=en&nrm=iso>. Acesso em 03 nov. 2020.

PINTO, J.M.R. O acesso à educação superior no Brasil. Educ. Soc., Campinas, v. 25, n. 88, p. 727-756, out. 2004.

REIS, C. S. et al. Curricula, attributes and clinical experiences of radiography programs in four European educational institutions. Radiography. v.24, n.3, p.61-68, 2018. Disponível em: http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1078817418300178. Acesso em 21 de out. de 2020.

Downloads

Publicado

06/01/2022

Como Citar

MONÇÃO, M. M.; MACHADO, C. N.; SILVA, C. da; SOUZA, D. C. B. de; OLIVEIRA, M. V. L. de; MULLER, J. dos S. Análise curricular dos cursos superiores de tecnologia em radiologia de instituições públicas federais no Brasil. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, [S. l.], v. 1, n. 22, p. e11699, 2022. DOI: 10.15628/rbept.2022.11699. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/11699. Acesso em: 14 ago. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)