O PROFEPT COMO ESPAÇO DE REFLEXÃO E FORMAÇÃO DOCENTE SUPERIOR NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/rbept.2020.11151

Palavras-chave:

Labour and Education, Graduate Proframme.Teacher qualification at PTE, PROFEPT.

Resumo

A Educação Profissional e Tecnológica (EPT), tem como princípio a formação humana integral e para o mundo do trabalho. Para atuar no ensino na EPT é imprescindível uma formação docente sólida que permita aos professores compreender a relação intrínseca entre educação e trabalho. Neste artigo analisaremos o Programa de Pós-graduação em Educação Profissional e Tecnológica/PROFEPT, afirmando a sua importância como um espaço acadêmico para a reflexão e formação de docentes que atuam nesta modalidade de ensino. Para a compreensão do objeto de estudo e suas categorias, define-se como método de abordagem o materialismo histórico dialético. No que diz respeito aos procedimentos metodológicos trata-se de revisão de literatura e pesquisa documental. Espera-se com este artigo contribuir para o debate sobre a importância de adotar uma política de formação docente condizente com os desafios enfrentados, na atual conjuntura econômica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Elen de Fátima Lago Barros Costa, IFMA

DOUTORA EM EDUCAÇÃO/UFSCAR

PROFESSORA MAGISTÉRIO SUPERIOR DO IFMA

PROFESSORA DO PROFEPT/IFMA

Maria Cristina Santos, Universidade Federal de São Carlos/UFSCAR

Professora Associada no Departamento de Educação da Universidade Federal de São Carlos DED/UFSCar.

Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas.

Pós-doutora em Educação pelo Instituto de Educação da Universidade de Lisboa (2017) Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação/UFSCar.

Referências

ALTHUSSER. L. Aparelhos ideológicos do Estado. Notas sobre os aparelhos ideológicos do Estado (AIE). 2. ed. Rio de Janeiro. Edições Graal, 1985.

ANTUNES, Ricardo. Os sentidos do trabalho: ensaio sobre a afirmação e a negação do trabalho. São Paulo: Boitempo, 2000.

BRASIL. Lei nº 11.892/2008. Brasília: Presidência da República, 2008. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2008/Lei/L11892.htm. Acesso em: 18/06/2020.

BRASIL. Resolução do Conselho Superior nº 161/2016. Espírito Santo: IFES, 2016. Disponível em: https://profept.ifes.edu.br/images/stories/ProfEPT/Turma2017/Documentos/Res_CS_161_2016_-Cria_o_Programa_de_P%C3%B3s-gradua%C3%A7%C3%A3o_em_Educa%C3%A7%C3%A3o_Profissional_e_Tecnol%C3%B3gica_e_aprova_seu_Regulamento_interno.pdf.pdf. Acesso em: 20/05/2020.

BRASIL. Lei nº 9.394/1996. Brasília: Senado Federal, Coordenação de Edições Técnicas, 2017. Disponível em: https://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/529732/lei_de_diretrizes_e_bases_1ed.pdf. Acesso em: 20/05/2020.

BRASIL. Regulamento do PROFEPT. Espirito Santo: IFES, 2018. Disponível em: https://profept.ifes.edu.br/images/stories/ProfEPT/Turma_2018/Regulamento/Res_CS_22_2018_-_Regulamento.pdf. Acesso em: 20/05/2020.

BRASIL. Plataforma Nilo Peçanha. Brasília: SETEC/MEC, 2019. Disponível em: http://plataformanilopecanha.mec.gov.br/. Acesso em: 20/05/2020.

BRASIL. Programa de Pós-graduação em Educação Profissional e Tecnológica/PROFEPT. Espírito Santo: IFES, 2020. Disponível em: https://profept.ifes.edu.br/doc. Acesso em: 20/05/2020.

CARVALHO, Olgamir Francisco de; SOUZA, Francisco Heitor de Magalhães. Formação do docente da educação profissional e tecnológica no Brasil: um diálogo com as faculdades de educação e o curso de Pedagogia. Revista Educação e Sociedade. Campinas, v. 35, n. 128, 2014. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-73302014000300883&lng=en&nrm=iso. Acesso em 16/06/2020.

COSTA, Elen de Fátima Lago Barros. Trabalho e carreira docente nos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia. 2016. (Tese de Doutorado no Programa de Pós-graduação em Educação/UFSCar). São Carlos/SP: UFSCar, 2016. 265 p. Disponível em: Acesso em:

FRIGOTTO, Gaudêncio. Fundamentos científicos e técnicos da relação trabalho e educação no Brasil de hoje. In: LIMA, Júlio César França; NEVES, Lúcia Maria Wanderley (Orgs.). Fundamentos da educação escolar do Brasil contemporâneo. Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ, 2006, pp. 241-288.

FRIGOTTO, Gaudêncio. A Relação da Educação Profissional e Tecnológica com a Universalização da Educação Básica. Revista Educação & Sociedade, Campinas, vol. 28, n. 100 - Especial, 2007. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/es/v28n100/a2328100.pdf. Acesso em: 06/10/2015.

GRAMSCI, A. Cadernos do cárcere. Os intelectuais. O princípio educativo. Jornalismo. Volume 2, Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001.

GRAMSCI, A. Os intelectuais e a organização da cultura. Tradução de Carlos Nelson Coutinho. 8ª edição. Rio de Janeiro-RJ: Civilização Brasileira, 1991.

KUENZER, Acácia Z. As políticas de formação: a constituição da identidade do professor sobrante. Revista Educação & Sociedade. Campinas/SP: CEDES, n. 68, 1999. Disponível em: < http://www.plataformademocratica.org/Publicacoes/17019_Cached.pdf>. Acesso em: 06/10/2015.

LIBANEO, José Carlos; PIMENTA, Selma Garrido. Formação de profissionais da educação: visão crítica e perspectiva de mudança. Revista Educação&Sociedade. Campinas, v. 20, n. 68, 1999. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-73301999000300013&lng=en&nrm=iso. Acesso em 20/05/2000.

MACHADO, Lucília R.S. Diferenciais inovadores na formação de professores para a educação profissional. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, Rio Grande do Norte, v. 1, nº 1, 2008. Disponível em: http://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/2862. Acesso em 20/05/2000.

MACHADO, Lucília R. S. A politecnia nos debates pedagógicos soviéticos das décadas de 20 e 30. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, Rio Grande do Norte, v. 1, nº 18, 2020. Disponível em: http://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/9575. Acesso em 20/05/2000.

MOURA, Dante Henrique. Trabalho e formação docente na educação profissional. Curitiba: Instituto Federal do Paraná, 2014. Coleção formação pedagógica; v. 3. Disponível em: < https://curitiba.ifpr.edu.br/wp-content/uploads/2016/05/Trabalho-e-Forma%C3%A7%C3%A3o-Docente.pdf>. Acesso em: 26/08/2017.

NASCIMENTO, Maria Isabel M. et al. A escola unitária: educação e trabalho em Gramsci. Revista HISTEBR online, Campinas, n.30, p.275-291, jun.2008. Disponível em: https://www.fe.unicamp.br/pf-fe/publicacao/5157/art17_30.pdf. Acesso em 20/05/2000.

SAVIANI, D. Trabalho e educação: fundamentos ontológicos e históricos. Revista Brasileira de Educação v. 12 n. 34 jan./abr. 2007. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbedu/v12n34/a12v1234.pdf. Acesso em: 26/08/2017.

SAVIANI, D. Pedagogia Histórico-crítica: primeiras aproximações. 7. ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2000.

Downloads

Publicado

18/12/2020

Como Citar

COSTA, E. de F. L. B.; SANTOS, M. C. O PROFEPT COMO ESPAÇO DE REFLEXÃO E FORMAÇÃO DOCENTE SUPERIOR NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, [S. l.], v. 2, n. 19, p. e11151, 2020. DOI: 10.15628/rbept.2020.11151. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/11151. Acesso em: 4 dez. 2022.

Edição

Seção

DOSSIÊ - Trabalho-Educação: possibilidades investigativas na pós-graduação stricto sensu