A Revista Brasileira de Educação Profissional e Tecnológica e o Estado do Conhecimento sobre o uso da Educação Comparada como metodologia de pesquisa

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/rbept.2022.13218

Palavras-chave:

Estado do Conhecimento, Revista Brasileira de Educação Profissional e Tecnológica, Educação Profissional e Tecnológica.

Resumo

Este artigo é um estudo de revisão bibliográfica, descritiva e analítica que utiliza o estado do conhecimento como procedimento de pesquisa e tem como objetivo identificar, caracterizar e analisar a produção publicada na Revista Brasileira de Educação Profissional e Tecnologia (RBEPT), os métodos de pesquisa mais comuns, os temas abordados e quantos (e quais) artigos utilizaram a metodologia de Educação Comparada. Em relação aos métodos de pesquisa, a revisão da literatura e a análise documental são a escolha metodológica mais comum. As pesquisas sobre práticas pedagógicas configuram-se como o tema mais abordado e referindo-se à escolha do método comparativo como opção metodológica, foram encontrados apenas dois trabalhos que afirmaram utilizar a Educação Comparada como principal metodologia da pesquisa realizada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Thalita Alves dos Santos, Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de São Paulo - Campus Presidente Epitácio

Doutoranda em Educação e Mestre (2016) em Educação pela Unoeste, Especialista em Educação Especial e Inclusiva (2020) e em Educação à Distância: Gestão e Tutoria (2018) pela mesma instituição. Possui Licenciatura em Pedagogia pela Universidade Nove de Julho (2009) e Licenciatura em História pela FESB - Fundação Municipal de Ensino Superior de Bragança Paulista (2006). Especialista em Educação Empreendedora (2012) pela UFSJ e Especialista em História, Sociedade e Cultura (2009) pela PUC/SP. Membro dos Grupos de pesquisa: Inclusão Escolar na Rede de Educação Profissional Tecnológica (IFSP), Ambientes Potencializadores para a Inclusão (UNESP) e Fundamentos da Educação Profissional e Tecnológica (CEETEPS). Atua na área de Educação Profissional e Educação Inclusiva, com ênfase em Gestão de Dados Acadêmicos, Inclusão escolar e Coordenação Pedagógica. Atua como Coordenadora de Registros Escolares (desde 2013), Técnica em Assuntos Educacionais e membro do Núcleo de Atendimento a Pessoas com Necessidades Especiais (desde 2011) no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo - Campus - Presidente Epitácio. Atua no Conselho de Ensino da instituição desde 2018. ORCID ID: https://orcid.org/0000-0003-4863-3790 Google Academic: https://scholar.google.com.br/citations?user=ni67l_AAAAAJ&hl=pt-PT 

Referências

ANDRÉ, M.; GATTI, B. A. Métodos Qualitativos de Pesquisa em Educação no Brasil: origens e evolução. Simpósio Brasileiro- Alemão de Pesquisa Qualitativa e Interpretação de Dados, Brasília, 2008. Disponível em: <https://www.google.com/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=&cad=rja&uact=8&ved=2ahUKEwjk1rvuuNLyAhXCGbkGHQfKASEQFnoECAIQAQ&url=https%3A%2F%2Fwww.uffs.edu.br%2Fpastas-ocultas%2Fbd%2Fpro-reitoria-de-pesquisa-e-pos-graducao%2Frepositorio-de-arquivos%2Farquivos-do-programa-de-formacao%2Fmodulo-vii-pesquisa-qualitativa-parte-ii%2F%40%40download%2Ffile&usg=AOvVaw1No685Nu_9icHC8FPaNgzI> Acesso em 27 de ago. 2021.

BONITATIBUS, S. G. Educação comparada: conceito, evolução, métodos. São Paulo: EPU, 1989.

BRITO, A. X.; LEONARDOS, A. C. A identidade das pesquisas qualitativas: construção de um quadro analítico. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 113 p. 7-38, jul. 2001. Disponível em: < https://www.scielo.br/j/cp/a/hR49zmS83L6KXLyqVfpLvjt/?lang=pt&format=pdf > Acesso em 27 de ago. 2021.

CIAVATTA, M. F. Quando nós somos o outro: questões teóricos-metodológicas sobre os estudos comparados. Educação & Sociedade, São Paulo, ano XXI, n. 72, 197-209, ago. 2000. Disponível em: < https://www.scielo.br/j/es/a/xGMSnNdj7LYCdPrgFNp7C5Q/?lang=pt&format=pdf > Acesso em 10 de set. 2021.

FERREIRA, N. S. A. As pesquisas denominadas “estado daarte”. Educação & Sociedade, São Paulo, ano 23, n. 79, p.257-272, ago. 2002. Disponível em: < https://www.scielo.br/j/es/a/vPsyhSBW4xJT48FfrdCtqfp/?lang=pt&format=pdf> Acesso em 30 de jun. 2021.

FERREIRA, A. G. O sentido da Educação Comparada: Uma compreensão sobre a construção de uma identidade. Educação, v. 31, n. 2, 14 mar. 2008. Disponível em: <https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/2764> Acesso em 05 de set. 2021.

GOERGEN, P. L. Educación comparada: uma disciplina actual u obsoleta? Revista Brasileira de Educação Comparada, Campinas, v. 1, n.1, jun. 2018. Disponível em: <https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/rbec/article/view/13533.> Acesso em: 12 de abril de 2021.

INEP. Censo da Educação Básica 2019 - Resumo Técnico. Brasília, 2020. Disponível em: https://download.inep.gov.br/publicacoes/institucionais/estatisticas_e_indicadores/resumo_tecnico_censo_da_educacao_basica_2019.pdf. Acesso em 02 de set. 2021.

LOURENÇO FILHO, M. B. Educação comparada. 3. ed. Brasília: MEC/Inep, 2004.

MARASCHIN, M. S.; FILHO, C. A. R.; LAMPE, L.; WINTER, S. B. Ensino Médio Integrado - diálogos entre a implementação e pesquisas. Revista Brasileira de Educação Profissional e Tecnológica, Rio Grande do Norte, v. 2, n. 20, p. 1-14, 2020. Disponível em: < https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/11265 > Acesso em 27 de ago. 2021.

NÓVOA, A. Modelos de análise em educação comparada: o campo e o mapa. In: MARTINEZ, S.A.; SOUZA, D.B. (Org.) Educação comparada: rotas de além-mar. São Paulo: Xamã, 2009, p. 23-62.

ROMANOWSKI, J. P.; ENS, R. T. As pesquisas denominadas do tipo "estado da arte" em educação. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v. 6, n.19, p.37-50, set./dez. 2006. Disponível em: < https://periodicos.pucpr.br/index.php/dialogoeducacional/article/view/24176> Acesso em 30 de jun. 2021.

ROMANOWSKI, Joana Paulin. As licenciaturas no Brasil: um balanço das teses e dissertações dos anos 90. Tese (Doutorado) - Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002. Disponível em: <https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-22102014-134348/pt-br.php> Acesso em 30 de jun. 2021.

SANTOS, V. G.; FERRETE, A. A. S. S.; ANSELMO, L. Análise da produção científica de docentes dos Institutos Federais. Revista Brasileira de Educação Profissional e Tecnológica, Rio Grande do Norte, v. 1, n. 18, p. 1-19, 2020. Disponível em: < https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/9097 > Acesso em 27 de ago. 2021.

THIOLLENT, M. J-M. Aspectos qualitativos da metodologia de pesquisa com objetivos de descrição, avaliação e reconstrução. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 49 p. 45-50, maio 1984. Disponível em: < http://www.fcc.org.br/pesquisa/publicacoes/cp/arquivos/527.pdf > Acesso em 27 de ago. 2021.

Downloads

Publicado

18/05/2022

Como Citar

SANTOS, T. A. dos. A Revista Brasileira de Educação Profissional e Tecnológica e o Estado do Conhecimento sobre o uso da Educação Comparada como metodologia de pesquisa . Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, [S. l.], v. 1, n. 22, p. e13218, 2022. DOI: 10.15628/rbept.2022.13218. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/13218. Acesso em: 28 set. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS