Cursos de formação pedagógica para docentes graduados não licenciados dos Institutos Federais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/rbept.2022.12384

Palavras-chave:

Formação docente, Educação profissional, Currículo integrado

Resumo

Tratamos aqui sobre os cursos de formação pedagógica para os docentes graduados não licenciados dos institutos federais (IF).  A pesquisa foi delineada dentro de uma abordagem qualitativa com o uso do estudo do caso como método, utilizando-se de análise documental dos projetos pedagógicos de seis cursos de licenciatura ofertados nos IF. Esta pesquisa tem por objetivo analisar as propostas de licenciatura direcionadas à formação dos profissionais do magistério da educação profissional, especificamente no que diz respeito à concepção pedagógica de ensino integrado presente em seus textos. Tal estudo justifica-se pela intenção em descrever o cenário de formação proposto pelos IF aos seus professores não licenciados. Os resultados apontam que os projetos negligenciam temas como trabalho como princípio educativo, interdisciplinaridade, contextualização e transformação da realidade social, considerados elementos orientadores em práticas pedagógico-curriculares integradoras. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

Antunes, R. (1999). Os sentidos do trabalho: ensaio sobre a afirmação e negação do trabalho. São Paulo, SP: Boitempo.

Araújo, R. M. L., & Frigotto, G. (2015). Práticas Pedagógicas e ensino integrado. Disponível a partir de: https://periodicos.ufrn.br/educacaoemquestao /article/viewFile/7956/5723 Acesso em: 23 de agosto de 2018.

BRASIL (2008). Lei dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03 /_ato2007-2010/2008/lei/l11892.htm. Acesso em: 25 abr. 2019.

BRASIL. (1996). Decreto que regulamenta o § 2º do Art. 36 e os Arts. 39 a 42 da Lei nº 9.394 de, 20 de dezembro de 1996 nº 2.208. Disponível em: Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/D2208.htm Acesso em: 30 jul. 2018.

BRASIL. (1996). Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 15 jan. 2019.

BRASIL. (2014). Aprova o Plano Nacional de Educação e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 16 jan. 2019.

Carvalho, O. F., & Souza, F. H. M. (2014). Formação do docente da educação profissional e tecnológica do Brasil: um diálogo com as faculdades e o curso de Pedagogia. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v35n128/0101-7330-es-35-128-00883.pdf. Acesso em: 27 março 2018.

Freire, P. (1997) Educação como prática da liberdade. Rio de janeiro, RJ: Paz e Terra.

Freire, P. (2005). Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.

Frigotto, G. Concepções de mudança no mundo trabalho e no ensino médio. IEm C.

Frigotto, G., & Ciavatta, M., & Ramos, M. (org). Ensino Médio Integrado: concepção e contradições. São Paulo, SP: Cortez.

Gil, A. C (2014) Métodos e técnicas da Pesquisa Social. 6ª edição. São Paulo: Atlas.

Machado, L.R.S. Diferenciais inovadores na formação de professores para a educação profissional. Disponível em: http://www2.ifrn.edu.br/ojs/ index.php/RBEPT/index. Acesso em: 10 dez, 2018.

Moura, D. H. (2008). A formação docente para educação Profissional e tecnológica.Disponível em: http://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/index. Acesso em: 10 dez, 2018

Oliveira, M.R.N.S., & Nogueira, C.G (2016). A formação de professores para educação profissional e o Plano Nacional de Educação (PNE): quais as Perspectivas? Disponível em: file:///C:/Users/usuario/Downloads/4987-13746-1-PB.pdf. Acesso em: 27/03/2018.

Ramos M. (2009) Currículo integrado. Iem C. Pereira, I. B., & Lima, J. C. F. Dicionário da educação profissional em saúde. Rio de Janeiro: EPSJV.

Ramos M. (2005). Possibilidades e desafios na organização do currículo integrado. IEm C. Frigotto, G., & Ciavatta, M., & Ramos, M. (org). Ensino Médio Integrado: concepção e contradições. São Paulo, SP: Cortez.

SANTOS, T. A. (2016). De Bacharel a professor: a construção dos saberes pedagógicos na educação profissional. (Dissertação Mestrado em Educação. Universidade do Oeste Paulista, UNOESTE) Presidente Prudente/SP, 2016. Disponível em: http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/jspui/967. Acesso em: 22/08/2018.

Santomé, J. T. (1998) Globalização e Interdisciplinaridade: o currículo integrado. Porto Alegre: Arte Sul LTDA. Saviani, D. (2007). Trabalho e educação: fundamentos ontológicos e históricos. Disponível: http://www.scielo.br/pdf/rbedu/ v12n34/a12v1234.pdf. Acesso em: 02/04/2018.

Downloads

Publicado

23/02/2022

Como Citar

DINIZ, M. V. C.; CARNEIRO, T. K. G.; CARNEIRO, B. J. de oliveira. Cursos de formação pedagógica para docentes graduados não licenciados dos Institutos Federais. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, [S. l.], v. 1, n. 22, p. e12384, 2022. DOI: 10.15628/rbept.2022.12384. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/12384. Acesso em: 10 ago. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

> >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.