A ÁGUA COMO FONTE DE CONHECIMENTO: UMA PROPOSTA NO ENSINO MÉDIO INTEGRADO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/rbept.2020.8833

Palavras-chave:

Prática Profissional Integrada, Recursos hídricos, Meio ambiente.

Resumo

A água é um tema constantemente abordado em sala de aula, devido a sua importância e interferência no meio ambiente, porém muitas vezes ele é tratado de maneira isolada e descontextualizada. Assim, o objetivo desta pesquisa é analisar a implantação de um projeto interdisciplinar tendo como tema a água, observando dificuldades e percepções de alunos e professores ao longo do processo. Este é denominado “Prática Profissional Integrada”, realizado no Instituto Federal Farroupilha, envolvendo o curso Técnico Integrado de Agropecuária. Este projeto é composto por três ações (conjunto de palestras de sensibilização para o tema e 2 dias de campo) as quais envolvem todos os estudantes do curso e professores das áreas técnicas e básicas. Através das ações desenvolvidas foi possível verificar um aumento do interesse dos alunos pelos conteúdos trabalhados e a integração entre as disciplinas e áreas de conhecimento, possibilitando uma preocupação e responsabilidade quanto ao consumo da água.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jéssica De Góes Bilar, Instituto Federal Farroupilha, campus São Vicente do Sul.

Acadêmica de Licenciatura em Química pelo Instituto Federal Farroupilha, campus São Vicente do Sul.

Rômulo Hohemberger, Universidade Federal de Santa Maria

Licenciado em Ciências Biológicas pelo Instituto Federal Farroupilha, campus São Vicente do Sul. Mestre em Educação em Ciências, Química da Vida e Saúde pela UFSM. Doutorando em Educação em Ciências, Química da Vida e Saúde pela UFSM.

Renato Xavier Coutinho, Instituto Federal Farroupilha, Campus São Vicente do Sul.

Licenciado em Educação Física, Mestre e Doutor em Educação em Ciências Química da Vida e Saúde. Professor do Instituto Federal Farroupilha, Campus São Vicente do Sul.

Referências

ARAUJO, Ronaldo Marcos de Lima; FRIGOTTO, Gaudêncio. Práticas pedagógicas e ensino integrado. Revista Educação em Questão, v. 52, n. 38, p. 61-80, 2015.

AUGUSTO, Thaís Gimenez da Silva; CALDEIRA, Ana Maria de Andrade. Dificuldades para a implantação de práticas interdisciplinares em escolas estaduais, apontadas por professores da área de ciências da natureza. Investigações em Ensino de Ciências, v. 12, n. 1, p. 139-154, 2016.

BACCI, Denise de La Corte; PATACA, Ermelinda Moutinho. Educação para a água. Estudos Avançados, v. 22, n. 63, p. 211-226, 2008.

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. 4ªed. Lisboa: Edições, v. 70, 2016.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria da Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: apresentação dos temas transversais, ética. Brasília, 1997.

BRASIL. (29 de dezembro de 2008). Lei nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008. Fonte: Instituto a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica.: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/lei/l11892.htm.

CASANOVA, Marcello Paul; ALVES, José Moysés. Metas de realização e autoconceitos de estudantes de Ciências em contexto de ensino com pesquisa. Ciência & Educação, v. 19, n. 4, p. 823-839, 2013.

CIAVATTA, Maria. A formação integrada à escola e o trabalho como lugares de memória e de identidade. Revista Trabalho Necessário, v. 3, n. 3, 2008.

CIAVATTA, Maria; RAMOS, Marise. Ensino Médio e Educação Profissional no Brasil: dualidade e fragmentação. Retratos da Escola, v. 5, n. 8, p. 27-41, 2012.

COUTINHO, Renato Xavier; FOLMER, Vanderlei e PUNTEL, Robson Luiz. Aproximando universidade e escola por meio do uso da produção acadêmica na sala de aula. Ciênc. educ. (Bauru). 2014, vol.20, n.3, p. 765-783.

DA SILVA, Roberta Herter; CENCI, Daniel Rubens. Multiculturalismo e Educação Ambiental: reflexões acerca da construção de uma nova postura ética dos seres humanos. Revista Contexto & Educação, v. 30, n. 97, p. 67-93, 2015.

DE SANTANA, Aline Neves Vieira; DE SOUZA, Leandro Nunes; SHUVARTZ, Marilda. Análise do tema água em livros didáticos de ciências do ensino fundamental. 2012.

ENGEL, Guido Irineu. Pesquisa-ação. Educar em Revista, n. 16, p. 181-191, 2000.

FAZENDA, Ivani C. A. O Que é interdisciplinaridade? São Paulo: Cortez, 2008.

FERREIRA, Marcelo José Monteiro et al. Gestão e uso dos recursos hídricos e a expansão do agronegócio: água para quê e para quem?. Ciência & Saúde Coletiva, v. 21, p. 743-752, 2016.

GERHARDT, Tatiana Engel; SILVEIRA, Denise Tolfo. Métodos de Pesquisa. Coordenado pela Universidade Aberta do Brasil – UAB/UFRGS e pelo Curso de Graduação Tecnológica – Planejamento e Gestão para o Desenvolvimento Rural da SEAD/UFRGS. – Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009.

HOFSTATTER, Lakshmi Juliane Vallim; DE OLIVEIRA, Haydée Torres; SOUTO, Francisco José Bezerra. Uma contribuição da educação ambiental crítica para (des) construção do olhar sobre a seca no semiárido baiano. Ciência & Educação (Bauru), v. 22, n. 3, p. 615-633, 2016.

INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA. Projeto Pedagógico Do Curso Técnico Em Agropecuária Integrado Ao Ensino Médio. Campus São Vicente do Sul. São Vicente do Sul/RS – Brasil. 2014.

JACOBI, Pedro Roberto; TRISTÃO, Martha; FRANCO, Maria Isabel G. C. A função social da educação ambiental nas práticas colaborativas: participação e engajamento. Cadernos CEDES, v.29, n.77, p.63-79, 2009.

MACHADO, Gabriella Eldereti; VESTENA, Natana Pozzer; FOLMER, Ivanio. (Re) uso da água da chuva: experiência no Colégio Politécnico de Santa Maria (RS). Revista Brasileira de Educação Ambiental (RevBEA), v. 11, n. 5, p. 10-18, 2016.

MOURA, Dante Henrique. Educação básica e educação profissional e tecnológica: dualidade histórica e perspectivas de integração. Holos, v. 2, p. 4-30, 2007.

OTALARA, Aline Piccoli; CARVALHO, Luiz Marcelo de. O tema água nos livros didáticos de ciências da natureza, o cotidiano (global-local) e as questões ambientais. VI Encontro “Pesquisa em Educação Ambiental” A Pesquisa em Educação Ambiental e a Pós-Graduação no Brasil, 2011.

QUADROS, Ana Luiza. A Água como tema gerador do conhecimento químico. Química nova na escola, n° 20, p. 26-31, 2004.

SAVIANI, Dermeval. Trabalho e educação: fundamentos ontológicos e históricos. Revista brasileira de educação, v. 12 n. 34 jan./abr, 2007.

SCHWARZ, Maria Luiza et al. “Chuva, como te queremos!”: representações sociais da água através dos desenhos de crianças pertencentes a uma região rural semiárida do México. Ciencia & Educação, v. 22, n. 3, p. 651-669, 2016.

TEIXEIRA, Lucas André; TALAMONI, Jandira Líria Biscalquini; DE CAMPOS, Marília Freitas Tozoni Reis. A relação teoria e prática em projetos de educação ambiental desenvolvidos em um bairro de Bauru, SP, Brasil. Ciencia & Educação, v. 19, n. 3, p. 657-676, 2013.

THIOLLENT, Michel. Metodologia de Pesquisa - Ação. 16. ed. São Paulo: Cortez, 2008.

Downloads

Publicado

07/03/2020

Como Citar

BILAR, Jéssica De Góes; HOHEMBERGER, Rômulo; COUTINHO, Renato Xavier. A ÁGUA COMO FONTE DE CONHECIMENTO: UMA PROPOSTA NO ENSINO MÉDIO INTEGRADO. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, [S. l.], v. 1, n. 18, p. e8833, 2020. DOI: 10.15628/rbept.2020.8833. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/8833. Acesso em: 27 maio. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos Semelhantes

> >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.