PERCEPÇÃO DA RELAÇÃO TEORIA E PRÁTICA NO TRABALHO DOCENTE: um estudo com professores da área da saúde

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/rbept.2017.5732

Palavras-chave:

Docência, Teoria e Prática, Educação Profissional, Ensino e aprendizagem

Resumo

Este trabalho apresenta uma pesquisa feita em algumas instituições de ensino de Educação profissional de nível técnico com docentes da área em atuação sobre a construção das relações entre teoria e prática na formação de professores. A ideia de construção do artigo surgiu como trabalho final da disciplina acadêmica Formação Docente em Educação Profissional do Mestrado Acadêmico em Educação Profissional do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN). Como técnica de coleta de dados utilizamos a entrevista semi-estruturada, composta de 04 (quatro) questões do tipo aberta aplicada a 06 seis professores técnicos da área de saúde. Em seguida, fizemos as transcrições de suas falas para a análise de suas percepções acerca da relação teoria e prática no contexto do processo de ensino-aprendizagem em sala de aula. Para o embasamento teórico, buscamos autores como Moura, (2008), Kuenzer (2008) Moll (2010). O objetivo desta pesquisa foi identificar a percepção do docente em relação à teoria e prática em sala de aula nos cursos técnicos de enfermagem, Radiologia e Analises Clínicas. No sentido de trazer reflexões acerca desta temática, perguntamo-nos como ocorre a relação teoria e prática na docência da Educação Profissional?. - Na sua percepção, como se dá a relação teoria e prática no processo de ensino e aprendizagem?. Existem elementos nas matrizes curriculares dos cursos, técnico de Enfermagem, Radiologia e Análises Clínicas onde você atua, que fazem a interconexão entre teoria e prática? Que experiências, você, como docente, desenvolve com seus estudantes para concretizar a articulação entre teoria e prática?. Por fim, fizemos a análise das transcrições e percebemos como resultado que a maioria dos entrevistados acreditam que a relação teoria e prática na formação docente na educação profissional são essenciais e que a prática depende da teoria, bem como a teoria depende da prática

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALARCÃO, Isabel. Professor – Investigador: que sentido que formação. In Cadernos de formação de professores n. 1 , p. 21 -30 . 2001.

CANDAU, Vera Maria; LELIS, Isabel Alice. A Relação Teoria-Prática na Formação do educador. In: CANDAU, V.M (Org.). Rumo a uma Nova Didática. 10 ed. Petrópolis: Vozes. 1999. p.56-72. ISBN 978-85-32604-34-0

BRASIL. Formação de professores para educação profissional e tecnológica. Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), 2008, 304p (Coleção Educação Superior em Debate, v. 8). Disponível em: <http://www.oei.es/pdfs/formacion_profesores_educacion_profesional_inep.pdf. > Acesso em: 18 fev. 2013.

______. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, 2010. Disponível em < Acesso em: http://portal.mec.gov.br/arquivos/pdf/ldb.pdf> Acesso em: 14 jun.2014.

Gil, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. - São Paulo : Atlas, 2008.

GIRON. Graziela Rossetto. A influência da política, do planejamento e da gestão educacional na formação social do indivíduo. Disponível em: <https://www.google.com.br/webhp?sourceid=chrome-instant&ion=1&espv=2&ie=UTF-8#safe=active&q=A+INFLU%C3%8ANCIA+DA+POL%C3%8DTICA%2C+DO+PLANEJAMENTO+E+DA+GEST%C3%83O+EDUCACIONAL+NA+FORMA%C3%87%C3%83O+SOCIAL+DO+INDIV%C3%8DDUO+Graziela+Rossetto+Giron 26/07/2016.

KOLLER. Cláudio; SOBRAL, Francisco. A construção da identidade nas escolas agrotécnicas federais a trajetória da COAGRI AO CONEAF. Educação profissional e tecnológica no Brasil contemporâneo: desafios, tensões e possibilidades. Porto Alegre: Artmed, p,226.2010.

KUENZER, Acácia Zeneida e GRABOWSKI, Gabriel. Educação profissional: desafios para a construção de um projeto para os que vivem do trabalho. Perspectiva [online]. 2006, vol.24, n.01 [citado 2014-12-18], pp. 297-318. Disponível em: <http://educa.fcc.org.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-54732006000100013&lng=pt&nrm=iso>. ISSN 0102-5473.

LAKATOS, Eva Marconi. Fundamentos de metodologia científica. São Paulo: Atlas, 2003.

MACHADO, LUCILIA REGINA SOUZA. Diferenciais inovadoras na formação de professores para a Educação Profissional. In:.MOURA, Dante Henrique. (Org.). Produção de conhecimento, políticas públicas e formação docente em educação profissional. Campina SP, Mercado de Letras, 2013.

MOLL, JAQUELINE (Org.) & Cols. In. CARVALHO, Olgamir Francisco. Dualismo versus congruência. Diálogo entre o novo método brasileiro para formação profissional e o modelo didático ESC (Experiencial, Científico e Construtivista). Educação profissional e tecnológica no Brasil contemporâneo: desafios, tensões e possibilidades. Porto Alegre: Artmed, 2010.

MOURA, Dante Henrique. (Org.) Produção de conhecimento, políticas públicas e formação docente em educação profissional: Ensino médio e educação profissional no Brasil nos anos 2000: Movimentos contraditórios. Campina SP, Mercado de Letras, 2013.

PADILHA, Paulo Roberto. Currículo intertranscultural: Novos itinerários para a educação. São Paulo, Cortez: Instituto Paulo Freire, vol.8, 2004.

PEREIRA, Luiz Augusto Caldas. A formação de professores e a capacitação de trabalhadores. [s.d ].

TIMOTEO. Rosalba Pessoa de Souza . LIBERALINO. Francisca Nazaré . Reflexões acerca do fazer pedagógico a partir de referências e diretrizes educacionais para a formação em enfermagem. Rev Bras Enferm, Brasília (DF) 2003 jul/ago;56(4):358-360. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71672003000400008 .

Downloads

Publicado

15/06/2017

Como Citar

SOUZA, Dalvanira Faustino Domingos de; TORRES, Maria José Fernandes; DANTAS, Silvania Francisca. PERCEPÇÃO DA RELAÇÃO TEORIA E PRÁTICA NO TRABALHO DOCENTE: um estudo com professores da área da saúde. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, [S. l.], v. 1, n. 12, p. 125–139, 2017. DOI: 10.15628/rbept.2017.5732. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/5732. Acesso em: 15 jun. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos Semelhantes

> >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.