DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS E(M) EDUCAÇÃO PARA A CIDADANIA - O CASO DO PROGRAMA DE APOIO À EXTENSÃO DO IFRN

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/rbept.2018.7085

Palavras-chave:

Programa de Apoio Institucional à Extensão (PAIE), Ensino Médio Integrado, Projetos, Comunidades, Educação para a Cidadania.

Resumo

No Brasil, a Lei 11.892/2008 incorporou a extensão à educação profissional e tecnológica nos Institutos Federais, com contornos idênticos à das universidades. No entanto, a extensão no âmbito da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica apresenta algumas especificidades fazendo-se necessário compreender o seu significado, os desafios educacionais que lança e também suas possibilidades de implementação. Nesse sentido, partilhamos, nesse texto, os resultados parciais de um estudo, o Caso do Programa de Apoio Institucional à Extensão (PAIE) do IFRN (Campus Mossoró), realizado no âmbito da Tese de Doutoramento em Ciências da Educação (Universidade de Évora, Portugal). Assim, os objetivos desse artigo consistem em discutir e refletir sobre como e quais são os ganhos relacionados à educação para a cidadania que se desenvolvem durante a participação de alunos extensionistas do Ensino Médio Integrado em projetos de extensão fomentados pelo PAIE. Para tanto, consideramos a realização de observações e apontamentos em notas de campo feitas entre maio a dezembro de 2017 e embasamos a nossa partilha, fazendo ressaltar alguns autores, como é o caso de Freire (2015), Sousa (2001), Tavares (2001), Cover (2014), Pacheco (2011), Xavier et al (2013), Cortina (2005), Nussbaum (2015), Afonso (2014) e Simons (2014).  Os vídeos gravados e as notas nos permitiram perceber como se processa o desenvolvimento das relações entre alunos extensionistas/alunos externos durante a execução de projetos de extensão do Programa de Apoio Institucional à Extensão do IFRN (Campus Mossoró). Essa relação se desenvolve em função da inserção dos alunos extensionistas em contextos ainda não vivenciados pelos alunos do Ensino Médio Integrado, possibilitando assim o seu desenvolvimento com base em atitudes e experiências que podemos relacionar com uma educação para a cidadania.  Portanto, podemos considerar que o PAIE é uma política de fomento à extensão no IFRN que contribui para a construção da extensão como uma prática educativa por meio da interação com a comunidade externa. O nosso estudo vai apontando possibilidades para isso acontecer e mostra que podem ser programas e projetos realizados em contexto real e comunitário. No entanto, é preciso não dissociar a extensão como princípio educativo das dimensões do ensino e da pesquisa, para esbater tradicionais preponderâncias e fragmentações de saberes, o que parece conseguir-se com sucesso se existir participação e cooperação. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

João Paulo de Oliveira, IFRN - Campus Mossoró

Doutorando em Ciências da Educação pela Universidade de Évora

Conceição Leal Costa, Universidade de Évora

Professora Dra. Auxiliar do Departamento de Pedagogia e Educação

Referências

AFONSO, N.. Investigação naturalista em educação: um guia prático e crítico. Vila Nova de Gaia: Fundação Manoel Leão, 2014.

BRASIL. Lei nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008. Institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, cria os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, e dá outras providências. Diário Oficial [da República Federativa do Brasil], Brasília, DF, n. 253, p. 1, dez. 2008. Seção 1.

CEFET-RN. Resolução nº. 35, de 22 de novembro de 2006. Aprovar, na forma do anexo, as Normas para as Atividades de Extensão do Centro Federal de Educação Tecnológica do Rio Grande do Norte. Natal, RN: CEFET. Disponível em: <http://portal.ifrn.edu.br/extensao/resolucoes/resolucao-no-35-de-22-de-novembro-de-2006> Acesso em: 07 mar. 2018.

CORTINA, A.. Cidadãos do mundo: para uma teoria da cidadania. São Paulo: Edições Loyola, 2005.

COVER, I.. Práticas de extensão no ensino médio integrado : construindo possibilidades de emancipação. Florianópolis: ANPED, 2014. Disponível em: <http://xanpedsul.faed.udesc.br/arq_pdf/485-0.pdf> Acesso em: 09 set. 2017.

DEMO, P.. Lugar da extensão. In: FARIA, D. S. de. (Ed.), Construção Conceitual da Extensão Universitária na América Latina. Brasília: UNB, 2001.

FREIRE, P. (1996). Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. Rio de Janeiro: Paz e terra.

FREIRE, P. Extensão ou comunicação? (17 ed.). São Paulo: Paz e terra, 2015.

IFRN. Resolução nº 66, de 31 de agosto de 2009. Aprova o estatuto do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte. Natal, RN: IFRN. Disponível em: <http://portal.ifrn.edu.br/institucional/normas-e-leis/Resolucao%20n.66.zip/at_download/file> Acesso em: 08 mar. 2018.

NUSSBAUM, M.. Sem fins lucrativos: por que a democracia precisa das humanidades. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2015.

PACHECO, E.. Institutos Federais uma Revolução na Educação Profissional e Tecnológica. Brasília, São Paulo: Fundação Santillana, Editora Moderna, 2011.

SIMONS, H.. Case study research: In-depth understanding in context. In: LEAVY, P. (Ed.), The Oxford Handbook of Qualitative Research (pp. 455–470). New York: Oxford University Press, 2014.

SOUSA, A. L. L.. Concepção de extensão universitária: ainda precisamos de falar sobre isso? In: FARIA, D. S. de. (Ed.), Construção conceitual da extensão universitária na América Latina. Brasíla: UNB, 2001.

TAVARES, M. das G. M.. Os múltiplos conceitos de extensão. In: FARIA, D. S. de. (Ed.), Construção conceitual da extensão universitária na América Latina. Brasíla: UNB, 2001.

XAVIER A. C. G. et al. Concepções, diretrizes e indicadores da extensão na Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica - EPCT. In: Extensão tecnológica: rede federal de educação profissional, científica e tecnológica. Cuiabá: CONIF/IFMT, 2013.

Downloads

Publicado

20/06/2018

Como Citar

OLIVEIRA, J. P. de; COSTA, C. L. DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS E(M) EDUCAÇÃO PARA A CIDADANIA - O CASO DO PROGRAMA DE APOIO À EXTENSÃO DO IFRN. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, [S. l.], v. 1, n. 14, p. e7085, 2018. DOI: 10.15628/rbept.2018.7085. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/7085. Acesso em: 6 fev. 2023.

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)