OS LUGARES DA SOCIOLOGIA NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA

Autores

  • José Gllauco Smith Avelino de Lima Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN). http://orcid.org/0000-0002-2143-1630
  • A.E.T. Soares
  • J.C.N. Lopes
  • J.S.G.C. Fernandes

DOI:

https://doi.org/10.15628/rbept.2017.6319

Palavras-chave:

Ensino de Sociologia, Ensino Médio, Educação Profissional

Resumo

Considerando a relevância em problematizar os lugares da Sociologia na atmosfera do Ensino Médio Integrado à Educação Profissional, o artigo em evidência destaca as potencialidades formativas dos conhecimentos sociológicos em seus encadeamentos com as disciplinas técnicas nessa etapa da Educação Básica. Problematiza-se a dualidade histórica da educação brasileira quanto à separação do Ensino Médio de formação geral daquele voltado à preparação para o mercado de trabalho. Discute-se, nessa direção, a contribuição da Sociologia no processo de diálogo entre os saberes das Ciências Sociais e aqueles inerentes aos núcleos tecnológicos, objetivando a discussão em torno da especificidade dessa disciplina diante das particularidades dos processos formativos nos domínios da escola de nível médio atrelada à Educação Profissional e Tecnológica. Este estudo ampara-se em pesquisas bibliográficas e nas experiências didáticas dos autores em exercício da docência na disciplina Sociologia no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN). Como considerações, aponta-se para a concretização da indissociabilidade entre formação geral e técnica, acentuando a percepção de que a Sociologia pode se apresentar como um elo entre as problemáticas de natureza técnica e a discussão cientificamente qualificada sobre estas, tendo em vista sua capacidade em propiciar o entendimento dos vínculos daquilo que se vivencia na realidade imediata e pessoal e o mundo social mais amplo. Destaca, ainda, que seu arcabouço teórico-conceitual pode se traduzir em imaginação sociológica capaz de interpretar e questionar os dilemas de uma sociedade em que a técnica e a instrumentalização dos processos produtivos constituem pilares estruturantes do capitalismo econômico-cognitivo do mundo contemporâneo.

Palavras-chave: Ensino de Sociologia; Ensino Médio; Educação Profissional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

José Gllauco Smith Avelino de Lima, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN).

Doutor em Educação (UFRN). Professor de Sociologia do Campus São Paulo do Potengi do IFRN.

Referências

ARENDT, Hannah. A condição humana. 10. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2007.

BAUMAN, Zygmunt; MAY, Tim. Aprendendo a pensar com a Sociologia. 10. ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2010.

BAUMAN, Zygmunt. Para que serve a Sociologia?: diálogos com Michael Hviid Jacobsen e Keith Tester. Rio de Janeiro: Zahar, 2015.

BOURDIEU, Pierre; CHAMBOREDON, Jean-Claude; PASSERON, Jean-Claude. A profissão do sociólogo: preliminares epistemológicas. Petrópolis: Vozes, 1999.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica. Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrada ao Ensino Médio: Documento Base. Brasília: SENEB, 2007.

_____. Ministério da Educação. Secretaria Nacional de Educação Básica. Parâmetros Curriculares Nacionais: Ensino Médio. Brasília: SENEB, 2005.

_____. Ministério da Educação. Secretaria Nacional de Educação Básica. PCN+ Ensino Médio: orientações complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais (Ciências Humanas e suas Tecnologias). Brasília: SENEB, 2008.

CAMBI, Franco. História da Pedagogia. São Paulo: Fundação Editora da UNESP (FEU), 1999.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. 37. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

_____. Pedagogia do Oprimido. 49. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.

FRIFOTTO, Gaudêncio. A relação da educação profissional e tecnológica com a universalização da educação básica. In: MOLL, Jaqueline (Org.). Educação Profissional e Tecnológica no Brasil Contemporâneo: desafios, tensões e possibilidades. Porto Alegre: Artmed. 2010.

FRIGOTTO, Gaudêncio; CIAVATTA, Maria. Apresentação à Terceira Edição. In: _____. (Org.). A experiência do trabalho e a educação básica. 3. ed. Rio de Janeiro: Lamparina, 2010.

IFRN. Projeto Político Pedagógico do IFRN: uma construção coletiva (Documento Base). Natal/RN: IFRN Editora, 2012.

KUENZER, Acacia. Ensino Médio: construindo uma proposta para os que vivem do trabalho. 6. ed. São Paulo: Cortez Editora, 2009.

LÉVI-STRAUSS, Claude. O pensamento selvagem. 8. ed. Campinas: Papirus, 2008.

MACHADO, Antonio. Proverbios y Cantares. Madrid: Cátedra, 1984.

MACHADO, Lucília. Ensino médio e técnico com currículos integrados: propostas de ação didática para uma relação não fantasiosa. In: MOLL, Jaqueline (Org.). Educação Profissional e Tecnológica no Brasil Contemporâneo: desafios, tensões e possibilidades. Porto Alegre: Artmed. 2010.

MARTINS, Carlos Benedito. O que é Sociologia. São Paulo: Brasiliense, 2013.

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. Manifesto do Partido Comunista. 18. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1998.

MILLS, Charles Wright. A imaginação sociológica. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1982.

MOURA, Dante Henrique. Ensino Médio e educação profissional: dualidade histórica e possibilidade de integração. In: MOLL, Jaqueline (Org.). Educação Profissional e Tecnológica no Brasil Contemporâneo: desafios, tensões e possibilidades. Porto Alegre: Artmed. 2010.

PERNAMBUCO, Marta Maria C. A. Quando a troca se estabelece: a relação dialógica. In: PONTUSCHKA, Nídia Nabis (Org.). Ousadia no diálogo. São Paulo: Loyola, 1993.

PIERSON, Alice Helena Campos; et al. Uma experiência interdisciplinar na formação inicial de professores. Revista Eletrônica Interacções. n. 9, 2008.

SANTOS, Boaventura de Sousa. Crítica à razão indolente: contra o desperdício da experiência. 7. ed. São Paulo: Cortez, 2009.

SAVIANI, Demerval. Pedagogia Histórico-Crítica: primeiras aproximações. 2. ed. São Paulo: Cortez e Autores Associados, 1991.

SCHAEFER, Richard T. Fundamentos de Sociologia. 6. ed. Porto Alegre: AMGH, 2016.

SCHLESENER, Anita Helena. A escola de Leonardo: política e educação nos escritos de Gramsci. Brasília: Liber Livro, 2009.

SENNETT, Richard. O Artífice. 4. ed. Rio de Janeiro: Record, 2013.

TEIXEIRA, Anísio. Educação no Brasil. São Paulo: Cia. Editora Nacional, 1969.

VIEIRA, José Glebson; CUNHA, Lidiane Alves. Apresentação: o ensino de Sociologia na pauta da UERN. In: _____. (Org.). Desafios e perspectivas do ensino e da formação de professores de Sociologia para o Ensino Médio. Mossoró/RN: UERN, 2014.

ZATTI, Vicente. Reconstrução habermasiana do projeto emancipatório moderno: educação técnico-científica e o mundo da vida. In: PACHECO, Eliezer Moreira; MORIGI, Valter. Ensino técnico, formação profissional e cidadania: a revolução da educação profissional e tecnológica no Brasil. Porto Alegre: Tekne, 2012.

Downloads

Publicado

18/12/2017

Como Citar

AVELINO DE LIMA, J. G. S.; SOARES, A.; LOPES, J.; FERNANDES, J. OS LUGARES DA SOCIOLOGIA NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, [S. l.], v. 2, n. 13, p. 150–169, 2017. DOI: 10.15628/rbept.2017.6319. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/6319. Acesso em: 28 set. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.