A FORMAÇÃO DE PROFESSORES NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA E A COMPLEXIDADE QUE ENVOLVE A PERMANÊNCIA E ÊXITO DOS ESTUDANTES

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/rbept.2017.5712

Palavras-chave:

Educação Profissional e Tecnológica, formação docente, Programa Permanência e Êxito

Resumo

Este artigo tem como objetivo compreender, a partir do Programa Permanência e Êxito (PPE), como se dá a formação continuada de professores no contexto da educação profissional e tecnológica. Para isso foi feita uma pesquisa documental na legislação no que se refere à formação continuada de professores, bem como uma busca contextualizada com produções acadêmicas, sobre o tema. A partir dessa construção foi possível observar que as políticas educacionais para a formação docente para a Educação Profissional e Tecnológica (EPT) ainda não são consistentes e duradouras, o novo Plano Nacional da Educação (PNE 2014-2024) e o Parecer CNE/CP 02/2015 homologado pelo Ministério da Educação (MEC) sinalizavam um avanço qualitativo para a formação continuada docente, porém com a última publicação do Ministério da Educação, por meio da Medida Provisória n. 746/2016, houve um retrocesso sobre a formação de professores para atuarem na EPT.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Rozieli Bovolini Silveira, Universidade Federal de Santa Maria e Instituto Federal Farroupilha

Graduada em Psicologia pela ULBRA-SM (2015), especialista em Gestão Escolar pelo Instituto Federal Farroupilha (2016), mestranda em Educação Profissional e Tecnológica pela UFSM. E-mail: rozieli.silveira@iffarroupilha.edu.br. Endereço: Rua Pedro Santini, 3331, 127B, Bairro Cerrito, Santa Maria/RS, CEP 97046480

Lizandra Falcão Gonçalves

Graduada em Filosofia Licenciatura Plena(UFSM), Especialista em Pensamento Político Brasileiro(UFSM), mestranda em Educação Profissional e Tecnológica(UFSM).E-mail: lizandra.goncalves@ufsm.br. Endereço: Rua Santa Ana, 61, Bairro Juscelino Kubitschek, Santa Maria, RS, CEP 97035-342.

Mariglei Severo Maraschin

Pedagoga, especialista em gestão escolar, mestre e doutora em Educação, professora do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico do Colégio Técnico Industrial de Santa Maria e do Programa de Mestrado em Educação Profissional e Tecnológico do CTISM/UFSM E-mail: mariglei@ctism.ufsm.br Endereço: Rua Henrique Abiatti, 258. Bairro Dores, Santa Maria/RS, CEP 97095-220

Referências

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil: promulgada em 5 de outubro de 1988: atualizada. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/ConstituicaoCompilado.htm> Acesso em: 27 nov. 2015.

_____. Decreto n° 6755, de 29 de janeiro de 2009. Institui a Política Nacional de Formação de Profissionais do Magistério da Educação Básica, disciplina a atuação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES no fomento a programas de formação inicial e continuada, e dá outras providências. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2009/decreto/d6755.htm> Acesso em: 27 nov. 2015.

_____. Decreto n° 6094, de 24 de abril de 2007. Dispõe sobre a implementação do Plano de Metas compromisso todos pela Educação, pela União Federal, em regime de colaboração com Municípios, Distrito Federal e Estados, e a participação das famílias e da comunidade, mediante programas e ações de assistência técnica e financeira, visando a mobilização social pela melhoria da qualidade da educação básica. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2007/decreto/d6094.htm> Acesso em: 12 nov. 2015.

______. Lei n° 11.892 de 29 de dezembro de 2008. Institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, cria os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, e dá outras providências. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/lei/l11892.htm> Acesso em: 27 nov. 2015.

______. Lei n° 12.014 de 06 de agosto de 2009. Altera o art. 61 da Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, com a finalidade de discriminar as categorias de trabalhadores que se devem considerar profissionais da educação. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2009/Lei/L12014.htm#art1> Acesso em: 27 nov. 2015.

______. Lei n° 12.796 de 04 de abril de 2009. Altera a Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para dispor sobre a formação dos profissionais da educação e dar outras providências. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2013/Lei/L12796.htm#art1> Acesso em: 27 nov. 2015.

______. Lei n° 13.005 de 25 de junho de 2014. Plano Nacional de Educação. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2014/lei/l13005.htm> Acesso em: 27 nov. 2015.

______. Lei nº 12.056 de 13 de outubro de 2009. Acrescenta parágrafos ao art. 62 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2009/lei/l12056.htm> Acesso em: 27 nov. 2015

______. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9394.htm> Acesso em: 27 nov. 2015.

______. MEC. SETEC. IF FARROUPILHA. Programa Permanência e Êxito. 2014.

______. Medida Provisória n. 746, de 22 de setembro de 2016. Institui a Política de Fomento à Implementação de Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral, altera a Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, e a Lei nº 11.494 de 20 de junho 2007, que regulamenta o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília-DF, 2016. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2016/Mpv/mpv746.htm. Acesso em: 16 de fevereiro de 2016.

CRAVO, A. C. Análise das causas da evasão escolar do curso técnico de informática em uma faculdade de tecnologia de Florianópolis. Revista GUAL, Florianópolis, v. 5, n. 2, ago. 2012.

DORE, R. e LÜSCHER, A. Z. Permanência e evasão na educação técnica de nível médio em Minas Gerais. Cad. Pesqui.[online], vol.41, n.144, 2011.

DORE, R.; SALES, P. E. N.; CASTRO, T. L. Evasão nos cursos técnicos de nível médio da Rede Federal de Educação Profissional de Minas Gerais. In: DORE, R. (Org.). Evasão na educação: estudos, políticas e propostas de en¬frentamento. Brasília: IFB, 2014. p. 379-413.

DOURADO, L.F. Diretrizes Curriculares Nacionais para Formação Inicial e Continuada dos profissionais do magistério da educação básica: concepções e Desafios. Revista Educação e Sociedade, Campinas, v.36, n. 131, abr./jun., 2015.

FRIGOTTO, G. Reforma do Ensino Médio do (DES) Governo de Turno: decreta-se uma escola para os ricos e outra para os pobres. Movimento Revista de Educação, Rio de Janeiro, ano 3, n. 5, 2016.

GAUTHIER, C. et al. Por uma teoria da Pedagogia. Ijuí: Unijuí, 1998.

KUENZER, A. Z. As políticas de educação profissional: uma reflexão necessária. In.: MOLL, J. Educação profissional e tecnológica no Brasil contemporâneo: desafios, tensões e possibilidades. Porto Alegre: Artmed, 2010.

MACHADO, L. R. de S. Diferenciais inovadores na formação de professores para a educação profissional. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica. v. 1, n. 1, jun. 2008.

MACHADO, M. R. L.; MOREIRA, P. R. Educação profissional no Brasil, evasão escolar e transição para o mundo do trabalho. In: Seminário Nacional de Educação Profissional e Tecnológica (SENEPT). Anais do Seminário. Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG). Belo Horizonte-MG. Junho de 2010.

MANFREDI. S. M. Educação Profissional no Brasil. São Paulo: Cortez: Editora, 2002, 317 p.

MOURA, D. H. A formação de docentes para a educação profissional e tecnológica. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica. v. 1, n. 1, jun. 2008.

________, D. H. Ensino médio e educação profissional: dualidade histórica e possibilidade de integração. In.: MOLL, J. Educação profissional e tecnológica no Brasil contemporâneo: desafios, tensões e possibilidades. Porto Alegre: Artmed, 2010.

PACHECO, E. SETEC/MEC: Bases para uma Política nacional de EPT (2008). Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/setec/arquivos/pdf2/artigos_bases.pdf> Acesso em: 27 nov. 2015.

QUARTIERO, E. M.; LUNARDI, G. M.; BIANCHETTI, L. Técnica e tecnologia: aspectos conceituais e implicações educacionais. In.: MOLL, J. Educação profissional e tecnológica no Brasil contemporâneo: desafios, tensões e possibilidades. Porto Alegre: Artmed, 2010.

RICCI, C.S. A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e a Formação de Professores. In: Souza, João Valdir Alves (org.). Formação de Professores para a Educação Básica: Dez anos de LDB. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.

SAVIANI, D. Formação de Professores no Brasil: Dilemas e Perspectivas. Revista Poíesis Pedagógica, v.9, N.1 jan. /jun. 2011.

TARDIF, M. Saberes Docentes e Formação Profissional. Petrópolis: Vozes, 2002.

Downloads

Publicado

18/12/2017

Como Citar

SILVEIRA, R. B.; GONÇALVES, L. F.; MARASCHIN, M. S. A FORMAÇÃO DE PROFESSORES NA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA E A COMPLEXIDADE QUE ENVOLVE A PERMANÊNCIA E ÊXITO DOS ESTUDANTES. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, [S. l.], v. 2, n. 13, p. 81–93, 2017. DOI: 10.15628/rbept.2017.5712. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/5712. Acesso em: 6 out. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)