ENSINO MÉDIO INTEGRADO À EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA: A RELAÇÃO ENTRE O CURRÍCULO INTEGRADO E A PRÁTICA PEDAGÓGICA DOCENTE

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/rbept.2021.11088

Palavras-chave:

Ensino Médio Integrado, Currículo Integrado, Prática Pedagógica, Formação Humana

Resumo

O presente artigo tem a finalidade de analisar o currículo no que concerne à construção de uma prática pedagógica estruturada numa concepção de educação omnilateral, que aponte para o horizonte da emancipação humana. Os principais autores escolhidos para mediar esta discussão foram: Ramos (2012 e 2014), Ciavatta (2012, 2014), Gramsci (1982), Saviani (2011), Duarte Neto (2013) e Sacristán (1998). A coleta de informações realizou-se a partir da pesquisa bibliográfica e documental, de entrevistas semiestruturadas e de grupo focal. Para a análise das informações, tomamos como base a análise de conteúdo temática. Os achados da pesquisa evidenciam que a prática pedagógica no ensino médio integrado em que acreditamos, fundamentada numa formação politécnica e omnilateral, ainda está no horizonte.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Angeline Santos Castro, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Alagoas

Graduada em Pedagogia e Especialista em Gestão Escolar pela Universidade Estadual de Alagoas - UNEAL e Mestra em Educação Profissional e Tecnológica, na linha de pesquisa gestão e organização do espaço pedagógico em EPT pelo Instituto Federal de Pernambuco -IFPE - PROFEPT. Atua como Pedagoga e Coordenadora Pedagógica do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Alagoas (IFAL), Campus Palmeira dos índios. Vem desenvolvendo estudos nas áreas de Educação Profissional, Currículo Integrado e Prática Pedagógica.

 

José Henrique Duarte Neto, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco

Graduação em Licenciatura em História pela Universidade Federal da Paraíba ;mestrado em Ciencias de La Educación Superior - Universidad de Matanzas "Camilo Cienfuegos" Matanzas - Cuba (Revalidado pela Universidade Federal de Pernambuco) e Doutorado em Educação pela UFPE. Professor Titular do IFPE/Recife atua no Ensino Médio Integrado como Professor de História e nas Licenciaturas em Química e Licenciatura em Geografia. Docente do Programa de Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica - IFPE. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Formação de Professores e currículo, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de professores, currículo integrado, práticas pedagógicas, relação teoria-prática e prática de ensino.

Referências

ARAÚJO, R. M. d. L.; FRIGOTTO, G. Práticas pedagógicas e ensino integrado. Revista educação em questão, Natal, v. 52, n. 38, p. 61-80, maio/ago. 2015.

BERNSTEIN, B. A estruturação do discurso pedagógico: classe, código e

controle. Petrópolis: Vozes, 1996.

BRASIL. Lei de diretrizes e bases da educação Nº 9.394/1996, de 20 de dezembro de 1996. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9394.htm. Acesso em: 26 jan. 2019.

BRASIL. Resolução Nº 6, de 20 de setembro de 2012. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Profissional Técnica de Nível Médio. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=11663- rceb006-12-pd. Disponível em: Acesso em: 26 nov. de 2019.

CIAVATTA, M. A formação integrada: a escola e o trabalho como lugares de memória e de identidade. In: FRIGOTTO, G.; CIAVATTA, M.; RAMOS, M. (Org.). Ensino médio integrado: concepções e contradições. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2012.

CIAVATTA, M. Ensino integrado, a politecnia e a educação omnilateral: Por que lutamos? Revista Trabalho & Educação, v. 23, n. 1, p. 187–205, 2014. Disponível em: Acesso em: 26 nov. de 2019.

CIAVATTA, M. A; RAMOS, M. N. Ensino médio e educação profissional no Brasil: dualidade e fragmentação. Revista retratos da escola, Brasília, v. 5, n. 8, p. 27-41, jan./jun. 2011. Disponível em: http://retratosdaescola.emnuvens.com.br/rde/article/viewFile/45/42. Acesso em: 26 nov. 2019.

DUARTE NETO, J. H. A Epistemologia da prática: implicações para a formação de professores da educação básica. São Paulo: Paco, 2013.

ESTEVES, M. Análise de conteúdo. In: LIMA, J. A.; PACHECO, J. A. (Orgs.). Fazer investigação: contributos para a elaboração de dissertações e teses. Porto: Porto Editora, 2006.

FRIGOTTO, G. Educação Omnilateral. Dicionário da educação do campo. Rio de Janeiro, São Paulo: Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, Expressão Popular, 2012.

GRAMSCI, A. A organização da escola e da cultura. Botafogo: Civilização Brasileira, 1982. Disponível em: https://cesarmangolin.files.wordpress.com/2010/02/gramsci-os-intelectuais-e-a-organizacao-da-cultura1.pdf. Acesso em: 30 set. de 2019.

IFAL. Projeto pedagógico do curso técnico de nível médio integrado em agropecuária. 2015. Disponível em: https://www2.ifal.edu.br/campus/site/campus_santana/ensino/educacao-basica. Acesso em: 02 de jan. de 2020.

MINAYO, M. C. Trabalho de campo: contexto de observação, interação e descoberta. In: MINAYO, M. C. de S. (org.) Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 18. ed. Petrópolis: Vozes, 2009.

MOURA, D. H. Educação básica e educação profissional e tecnológica: dualidade histórica e perspectiva de integração. Revista holos, Natal, v.2, p. 1-27, 2007. Disponível em: http://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/HOLOS/article/viewFile/11/110. Acesso em: 26 ago. 2019.

MOURA, D. H. A Formação de Docentes para a Educação Profissional e Tecnológica. Revista Brasileira da educação profissional e tecnológica, v. 1, n. 1, 2008. Disponível em: http://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/2863. Acesso em: 10 nov. de 2019.

RAMOS, M. N. Possibilidades e desafios na organização do currículo integrado. In: Ensino médio integrado: concepções e contradições. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2012.

RAMOS, M. N. História e política da educação profissional [recurso eletrônico] / Marise Nogueira Ramos. – Dados eletrônicos (1 arquivo: 585 kilobytes). – Curitiba: Instituto Federal do Paraná, 2014. - (Coleção formação pedagógica; v. 5). Disponível em: http://curitiba.ifpr.edu.br/wp-content/uploads/2016/05/Hist%C3%B3ria-e-pol%C3%ADtica-da-educa%C3%A7%C3%A3o-profissional.pdf. Acesso em: 26 nov. 2019.

RAMOS, M. N. Concepção do ensino médio integrado. In: Encontro Intercampi de Educação Profissional-EIEP, 1, 2017, Rio de Janeiro. Anais. Rio de Janeiro: CEFET, 2017. Disponível em: https://tecnicadmiwj.files.wordpress.com/2008/09/texto-concepcao-do-ensino-medio-integrado-marise-ramos1.pdf. Acesso em: 20 fev. 2019.

SACRISTAN, J. G. O currículo: uma reflexão sobre a prática. 3. ed. Porto Alegre: ARTMED, 1998.

SANTOMÉ, J. Globalização e interdisciplinaridade: o currículo integrado. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998.

SAVIANI, D. Trabalho e educação: fundamentos ontológicos e históricos. Revista brasileira de educação. Campinas, v. 12, n. 32, p. 52-180, jan./abr. 2007. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbedu/v12n34/a12v1234.pdf. Acesso em: 26 nov. 2019.

SAVIANI, D. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. 11. ed. Campinas: Autores Associados, 2011.

SAVIANI, N. Saber escolar, currículo e didática: problemas da unidade conteúdo/método. 2. ed. Campinas: Autores Associados, 1998.

Downloads

Publicado

2021-01-19

Como Citar

CASTRO, A. S.; DUARTE NETO, J. H. ENSINO MÉDIO INTEGRADO À EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA: A RELAÇÃO ENTRE O CURRÍCULO INTEGRADO E A PRÁTICA PEDAGÓGICA DOCENTE. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, [S. l.], v. 1, n. 20, p. e11088, 2021. DOI: 10.15628/rbept.2021.11088. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/11088. Acesso em: 5 jul. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS