GLOBALIZAÇÃO E EDUCAÇÃO: A INTEGRAÇÃO ENTRE A REDE FEDERAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL, CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA E OS PROCESSOS MIGRATÓRIOS NO BRASIL NO SÉCULO XXI

Rayna Sargem da Silva, Jefferson Manhães de Azevedo

Resumo


Este artigo visa analisar os caminhos pelos quais a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica tem se organizado frente às necessidades geradas pelos processos migratórios no país, no século XXI. Segundo as garantias asseguradas aos migrantes na Lei da Migração, Lei Nº 13.445, de 24 de maio de 2017, questiona-se se as condições de ensino e de trabalho aos migrantes no Brasil acompanharam tal crescimento. Nesse cenário, aponta-se a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica como uma possível estratégia de política pública para a inserção qualificada dos migrantes e refugiados no mundo do trabalho.


Palavras-chave


Educação Profissional e Tecnológica. Globalização da educação. Migração.

Texto completo:

PDF

Referências


ACNUR. Migrações, refúgio e apátrida. Guia para comunicadores. 1. ed. 2009.

_________. Cartilha para Refugiados no Brasil. 2018.

ALBUQUERQUE FILHO, Francisco Gutenberg. Política de Internacionalização da Rede Federal Educação Tecnológica do Brasil. Pelotas, 2017.

ANTUNES, Ricardo; ALVES, Giovanni. As mutações no mundo do trabalho na era da mundialização do capital. Educação & Sociedade, v. 25, n. 87, p. 335–351, 2004.

BRASIL. Lei Nº 13.445 de 2017. Institui a Lei da Migração. 2017. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2017/lei/l13445.htm. Acesso em 02 de setembro de 2019.

BRASIL. Decreto Legislativo Nº 20 de 1965. Aprova as Convenções de nºs. 21, 22, 91, 93, 94, 97, 103, 104, 105, 106 e 107 e rejeita a de nº 90, adotadas pela Conferência-Geral da Organização Internacional do Trabalho. 1965.Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decleg/1960-1969/decretolegislativo-20-30-abril-1965-349517-publicacaooriginal-1-pl.html. Acesso em 02 de setembro de 2019.

BÓGUS, Lucia Maria M.; FABIANO, Maria Lucia. O Brasil como destino das migrações internacionais recentes: novas relações, possibilidades e desafios. Ponto e Vírgula - PUC SP – n. 18, 2015. p. 126-145.

CAMPOS, L.; CANAVEZES, S. Introdução à globalização. Lisboa: Instituto Bento Jesus Caraça, 2007.

CEFET RJ. Ciclo de palestras do PPRER: "O racismo anti-imigrantes e refugiados e as políticas públicas no Brasil". 2017.

Disponível em: http://www.cefet-rj.br/index.php/eventos-campus-maracana/3255-27-04-17-ciclo-de-palestras-do-pprer-o-racismo-anti-imigrantes-e-refugiados-e-as-politicas-publicas-no-brasil. Acesso em 20 de maio de 2020.

COLÉGIO PEDRO II. SC promove debate sobre a questão dos refugiados da Síria. 2018. Disponível em: https://www.cp2.g12.br/ultimas_publicacoes/224-not%C3%ADcias-2018/8880-sc-promove-debate-sobre-a-quest%C3%A3o-dos-refugiados-da-s%C3%ADria.html. Acesso em 20 de maio de 2020.

CONIF. Comissão estuda acesso de imigrantes e refugiados no IFSP. 2017. Disponível em: http://portal.conif.org.br/en/component/content/article/162-rede-federal/1275-comissao-estuda-acesso-de-imigrantes-e-refugiados-no-ifsp?Itemid=620. Acesso em 07 de outubro de 2019.

Encontro com Milton Santos: O mundo global visto do lado de cá. Produção de Sílvio Tender. 2006.

FERRER. Walquiria Martinez Heinrich. A origem do processo de mundialização do capital financeiro. ARGUMENTUM - Revista de Direito - Universidade de Marilia, v. 1. 2001.

FONTANA, Eduarda; ZIMNOCH, Larissa; LORENTZ, Luísa Acauan. A crise migratória no século XXI: anomalia ou consequência da política internacional?. RIPE: Relações Internacionais para Educadores, v. 4. 2017.

FRANCO FILHO, Georgenor de Souza. Mobilidade humana e futuro do trabalho: efeitos da globalização. Revista DIREITO UFMS, Campo Grande, MS - Edição Especial - p. 187 - 198 - jan./jun. 2015.

GOMES, Geórgia; LOPES, Joana. A crise migratória no século XXI. RIPE: Relações Internacionais para Educadores, v. 5. 2017.

IFFAR. Projeto de extensão ministra curso de português para imigrantes haitianos em Santo Ângelo, 2019. Disponível em: https://www.iffarroupilha.edu.br/ultimas-noticias/item/15933-projeto-de-extens%C3%A3o-ministra-curso-de-portugu%C3%AAs-para-imigrantes-haitianos-em-santo-%C3%A2ngelo. Acesso em 08 de junho de 2020.

IFF. Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) do Instituto Federal Fluminense 2018-2022, 2017. Disponível em: http://portal1.iff.edu.br/acesso-a-informacao/gestao-e-planejamento/plano-de-desenvolvimento-institucional-pdi. Acesso em 23 de maio de 2019.

IFG. IFG abre inscrições de vestibular para refugiados. 2018. Disponível em: http://www.ifg.edu.br/estudenoifg/17-ifg/ultimas-noticias/10368-vestibular-refugiados. Acesso em 20 de maio de 2020

IFGOIANO. Curso FIC em Operação Básica de Computadores. 2019. Disponível em:

https://www.ifgoiano.edu.br/home/index.php/component/content/article/182-ultimas-noticias-hidrolandia/11538-curso-fic-em-operacao-basica-de-computadores.html. Acesso em 20 de maio de 2020.

IFMS. Projeto busca acolher refugiados por meio da Língua Portuguesa. 2018.

Disponível em: https://www.ifms.edu.br/noticias/projeto-busca-acolher-refugiados-por-meio-da-lingua-portuguesa. Acesso em 20 de maio de 2020.

IFPA. Resolução Nº 001/2018/CONSUP/IFPA. Estabelece normas e os procedimentos que garantam aos refugiados o ingresso aos cursos de formação inicial e continuada ou qualificação profissional — FIC, Técnicos de Nível Médio e Superiores de Graduação. Pará. 2018. Disponível em: https://proen.ifpa.edu.br/documentos-1/13-resolucoes-do-consup/resolucao-do-consup/2018-2/1864-resolucao-n-001-2018-consup-ifpa-estabelece-normas-e-os-procedimentos-que-garantam-aos-refugiados-o-ingresso-aos-cursos-de-formacao-inicial-e-continuada-ou-qualificacao-profissional-fic-tecnicos-de-nivel-medio-e-superiores-de-graduacao. Acesso em 21 de maio de 2020.

IFPR. IFPR desenvolve ações para inclusão e profissionalização de imigrantes haitianos no Paraná. 2013. Disponível em: https://reitoria.ifpr.edu.br/ifpr-desenvolve-acoes-para-inclusao-e-profissionalizacao-de-imigrantes-haitianos-no-parana/. Acesso em 20 de maio de 2020.

IFRR. Português para estrangeiros – Mais 172 imigrantes estão sendo capacitados. 2019. Disponível em: http://www.ifrr.edu.br/campi/boa-vista/noticias/portugues-para-estrangeiros-2013-mais-172-imigrantes-estao-sendo-capacitados. Acesso em 21 de maio de 2020.

IFRR. Projetos voltados a imigrantes venezuelanos são apresentados em evento internacional sobre a Amazônia. Disponível em: http://www.ifrr.edu.br/campi/boa-vista/noticias/projetos-voltados-a-imigrantes-venezuelanos-sao-apresentados-em-evento-internacional-sobre-a-amazonia. Acesso em 21 de maio de 2020.

IFRJ. Campus Duque de Caxias promove o 1º encontro com refugiados africanos. 2018. Disponível em: https://portal.ifrj.edu.br/campus-duque-caxias-promove-1o-encontro-refugiados-africanos. Acesso em 20 de maio de 2020.

IFRS. Projeto do IFRS com haitianos e africanos recebe Prêmio Direitos Humanos 2018. 2019.

Disponível em: https://ifrs.edu.br/projeto-do-ifrs-com-haitianos-e-africanos-recebe-premio-direitos-humanos-2018/. Acesso em 21 de maio de 2020.

IFSC. Câmpus oferecem oportunidades para aqueles que precisam recomeçar. 2019. Disponível em: https://www.ifsc.edu.br/conteudo-aberto/-/asset_publisher/1UWKZAkiOauK/content/id/1630388/20-de-junho-c%C3%A2mpus-oferecem-oportunidades-para-aqueles-que-precisam-recome%C3%A7arhttps://www.ifsc.edu.br/conteudo-aberto/-/asset_publisher/1UWKZAkiOauK/content/id/1630388/20-de-junho-c%C3%A2mpus-oferecem-oportunidades-para-aqueles-que-precisam-recome%C3%A7ar. Acesso em 06 de outubro de 2019.

IF SUDESTE MG. Projeto (R)Existências tem semana de atividades sobre migração e combate à xenofobia, 2019. Disponível em: https://www.ifsudestemg.edu.br/noticias/santosdumont/2019/06/projeto-r-existencias-tem-semana-de-atividades-sobre-migracao-e-combate-a-xenofobia. Acesso em 08 de junho de 2020.

IF SUL MG. Galeria Experimental do câmpus Sapucaia do Sul promove Exposição fotográfica em homenagem ao Dia Mundial do Refugiado, 2018. Disponível em: http://www.ifsul.edu.br/ultimas-noticias/1934-galeria-experimental-do-campus-sapucaia-do-sul-promove-exposicao-fotografica-em-homenagem-ao-dia-mundial-do-refugiado. Acesso em 08 de junho de 2020.

IF SUL RIO GRANDENSE. Capacitação prepara docentes do curso do Pronatec de português para imigrantes. 2015. Disponível em: http://www.ifsul.edu.br/ultimas-noticias/456-capacitacao-prepara-docentes-do-curso-de-portugues-para-imigrantes-do-pronatec. Acesso em 20 de maio de 2020.

IMDH. Guia de Informações sobre Trabalho para Imigrantes e Refugiados. 2017.

GRABOWSKI, Gabriel; KUENZER, Acácia Zeneida. A produção do conhecimento no campo da educação profissional no regime de acumulação flexível. HOLOS, [S.l.], v. 6, p. 22-32, out. 2016. ISSN 1807-1600. Disponível em: http://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/HOLOS/article/view/4983/1566. Acesso em 08 de junho de 2020.

LIMA, João Brígido Bezerra [et. al.]. Refúgio no Brasil: caracterização dos perfis sociodemográficos dos refugiados (1998-2014). Brasília: IPEA, 2017.

MEC. Documento de Referência de Internacionalização da SETEC/MEC. Disponível em: http://www.ifpb.edu.br/relacoes-internacionais/assuntos/Documentos/ri-internacinalizacao/documento-de-referencia-de-internacionalizacao.pdf/view. Acesso em 22 de maio de 2019.

________. Cefet oferece curso gratuito de português para estrangeiros. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/component/tags/tag/36831. Acesso em 07 de outubro de 2019.

MARINUCCI, Roberto. Migrações e trabalho: precarização, discriminação e resistência. REMHU, Brasília, v. 25, p. 7-11, 2017.

MOURA, DANTE HENRIQUE; LIMA FILHO, DOMINGOS LEITE; SILVA, MÔNICA RIBEIRO. Politecnia e formação integrada: confrontos conceituais, projetos políticos e contradições históricas da educação brasileira. Rev. Bras. Educ., Rio de Janeiro , v. 20, n. 63, p. 1057-1080, Dec. 2015 .

OIM. World migration report 2020. Genebra, 2019.

OIT. Convenção sobre os trabalhadores Migrantes, 1949. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/atividade-legislativa/comissoes/comissoes permanentes/cdhm/comite-brasileiro-de-direitos-humanos-e-politica externa/ConvOITTrabMig.html. Acesso em 02 de setembro de 2019.

OLIVEIRA, Antônio Tadeu Ribeiro de. Movimentação e registro de migrantes no Brasil: dados do STI e SINCRE. in: Relatório anual 2019, migrações e mercado de trabalho no Brasil. Ministério do Trabalho/ Conselho Nacional de Imigração e Coordenação Geral de Imigração. Brasília, DF: OBMigra, 2019.

ONU. Global compact for safe, orderly and regular migration. Marraquexe, 2018.

________. International migration flows to and from selected countries: The 2015 revision. 2015.

PRADO, Erlan José Peixoto do; COELHO, Renata. Migrações e Trabalho. Ministério Público do Trabalho: Brasília, 2015.

SANDER, Brenno. Educação na América Latina: Identidade e globalização. Educação, v. 31, n. 2, maio-agosto, 2008, pp. 157-165.

SANTIN, Valter Foleto. MIGRAÇÃO E DISCRIMINAÇÃO DE TRABALHADOR. Argumenta Journal Law, Jacarezinho - PR, n. 7, p. 131-140, fev. 2013.

SANTOS, Isabel Cristina dos. Desfronteirização Organizacional: o domínio da relação tempo e espaço pelas organizações transnacionais. Revista Gerenciais, São Paulo, v. 2, p. 93 – 103, set. 2003.

SETEC. Visão de Futuro. 2019. Disponível em: http://www.epsjv.fiocruz.br/sites/default/files/files/Documento%20de%20Vis%C3%A3o%20de%20Futuro-%20SETEC%202019_vfinal%20(1).pdf. Acesso em 23 de maio de 2019.

THIESEN, Juares da Silva. Quem girou as chaves da Internacionalização dos currículos na educação básica? Educação em Revista, Belo Horizonte, v. 4. 2018.

TORRES, Michelangelo Marques. Expansão capitalista e transnacionalização do capital: o poder global das corporações empresariais e a especificidade do caso brasileiro recente. Em Debat: Rev. Dig., Florianópolis, n. 7, p. 45-62, jan-jul, 2012.

TOSTA, Eline; KUNZ, Jaciel Gustavo. Mobilidade e Turismo: Construindo um Mapa Conceitual. Anais do V Encontro Semintur Júnior, Caxias do Sul, RS, Brasil, 2014.

UNESCO. Human migration and TVET. Discussion paper. Paris: UNESCO, 2019.

________. Greening Technical and Vocational Education and Training. A practical guide for institutions. Paris: UNESCO, 2017.

________. Educação para a cidadania global (ECG): a abordagem da UNESCO. Brasil. 2015. Disponível em: http://www.unesco.org/new/fileadmin/MULTIMEDIA/FIELD/Brasilia/pdf/brz_ed_global_citizenchip_brochure_pt_2015.pdf. Acesso em 21 de maio de 2020.

________. Recommendation concerning technical and vocational education and training (TVET). Paris: UNESCO, 2015.

________. Learning: Treasure Within. Paris: UNESCO, 1996.

UNEVOC. National Council for the Federal Network of Vocational, Scientific and Technological Education Institutions (Conif) UNEVOC Centre (National Body) since 2016. Disponível em https://unevoc.unesco.org/home/Explore+the+UNEVOC+Network/centre=3063. Acesso em 21 de maio de 2020.

VILLEN, Patrícia. Polarização do mercado de trabalho e a nova imigração internacional no Brasil. In: Seminário do Trabalho: Trabalho e Políticas Sociais no Século XXI, 8, 2012, Marília. Anais. Marília: Unesp, 2012.




DOI: https://doi.org/10.15628/rbept.2021.10288

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2021 Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

RBEPTISSN 2447-1801 (Eletrônico)

Indexação: Latindex - DOAJIresie - Indice de Revistas de Educación Superior e Investigación Educativa - BBE – Bibliografia Brasileira de Educação – (Brasil-Cibec/Inep/MEC)  - ERIH PLUS – European Reference Index for the Humanities and the Social Sciences - Sistema eletrônico de editoração de revistas do IBICT - OasisBr - Portal de Periódicos CAPES/MEC - Diadorim - Sumários.org - LivRe - Catálogo de Periódicos de Livre Acesso - CrossRef -  Google Scholar - WorldCat - Airiti Library - MIAR - Information Matrix for the Analysis of Journals - International Institute of Organized Research (I2OR) - LatinREV - Red Latinoamericana de Revistas Académicas en Ciencias Sociales y Humanidades - Publons - Citefactor - Scientific Indexing Services (SIS) 

Siga a RBEPT: