O ENSINO DE FÍSICA NA FORMAÇÃO DO TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES DO IFPA CAMPUS SANTARÉM

Saulo de Almada Gomes, Adriana Oliveira dos Santos, Damião Pedro Meira Filho

Resumo


O objetivo deste estudo foi analisar as relações existentes entre a disciplina Física e as Disciplinas Específicas do Curso Técnico em Edificações do IFPA Campus Santarém, identificando as possibilidades de integração para a promoção do perfil de formação esperado ao egresso deste curso. Tendo por base a abordagem Qualitativa de Lüdke (2013), realizou-se Estudo Bibliográfico e Análise Documental. Para análise dos dados levantados, utilizou-se a metodologia de Moraes (1999), descrita como Análise Textual Discursiva. Observou-se, nessa pesquisa, que é necessária uma compreensão mais abrangente do ensino de Física, a qual não se limita ao suporte às disciplinas específicas Técnicas, mas se direciona a pressupostos e finalidades que abarcam vertentes pretendidas no Ensino Médio Profissional: a formação científico-tecnológica e humana.


Palavras-chave


Ensino de Física; Ensino Médio Integrado; Técnico em Edificações

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Lei no. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, DF, 1996.

BRASIL. Resolução CNE/CEB n° 03, de 26 de junho de 1998. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/rceb03_98.pdf. Acesso em: 11 jan. 2020.

BRASIL, Parâmetros Curriculares Nacionais. ensino médio. Ministério da Educação, 2000. Disponível em: http://bit.ly/2DCWvdc. Acesso em: 14 jul. 2019.

BRASIL. Ministério da Educação. PCN+ Ensino Médio: Orientações Educacionais Complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais: Ciências da Natureza Matemática e suas Tecnologias: Física. Brasília: MEC, 2002. Disponível em http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/CienciasNatureza.pdf. Acesso em: 14 jul. 2019.

BRASIL, Ministério da Educação, Conselho Nacional de Educação, & Câmara de Educação Básica. (2012a). Resolução Nº 2, 30 de janeiro de 2012. Define Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Diário Oficial da União. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=9864-rceb002-12&category_slug=janeiro-2012-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 14 jul. 2019.

BRASIL, Resolução Nº 6, de 20 de setembro de 2012b. Define Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Profissional Técnica de Nível Médio. MEC.

BRASIL, Lei nº 13.145, de 16 de fevereiro de 2017. Altera a Leis nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional.

BRASIL. Ministério da Educação. Base nacional comum curricular. Brasília, DF: MEC, 2018. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=85121-bncc-ensino-medio&category_slug=abril-2018-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 22 nov. 2019.

CIAVATTA, M. A formação integrada: a escola e o trabalho como lugares de memória e de identidade. In: FRIGOTTO, G.; CIAVATTA, M.; RAMOS, M. (Org.). Ensino Médio Integrado: Concepções e contradições. São Paulo: Cortez, 2005, p. 83 a 105.

CHIQUETTO, Marcos José. O currículo de física do ensino médio no Brasil: discussão retrospectiva. Revista e-curriculum, v. 7, n. 1, 2011. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/curriculum/article/view/5646/3990. Acesso em: 14 jul. 2019.

GARCIA, N. M. D.; ROCHA, J. V.; COSTA, R. Z. V. Área de Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias: algumas contribuições para sua organização: FÍSICA. In: KUENZER, A. (Org.). Ensino Médio: Construindo uma proposta para os que vivem do trabalho. 6. ed. São Paulo: Cortez, 2009. p. 138 a 151.

JACQUES, V.; VERGINIO, M. R. C.; MINSK, M. P. O Ensino de Física e o Curso Técnico em Edificações. In: SEMINÁRIO DE PESQUISA, EXTENSÃO E INOVAÇÃO DO IF-SC, 1º. Campus Criciúma. 2011. Disponível em: http://periodicos.ifsc.edu.br/index.php/rtc/article/viewFile/362/287. Acesso em: 30 nov. 2018.

KAWAMURA, M. R. D.; HOSOUME, Y. A contribuição da Física para um novo Ensino Médio. Física na Escola, v. 4, n. 2, p. 22-27, 2003. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/EnsMed/expensfisica.pdf. Acesso em: 14 jul. 2019.

LUDKE, M. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. 2. ed. Rio de Janeiro: EPU, 2013.

MENEZES, L. C. de. Uma física para o novo ensino médio. Física na escola, v. 1, n. 1, p. 7, 2000. Disponível em: http://www1.fisica.org.br/fne/phocadownload/Vol01-Num1/artigo21.pdf. Acesso em: 14 jul. 2019.

MORAES, R. Análise de Conteúdo. Revista Educação, Porto Alegre, v. 22, n. 37, p. 7-32, 1999. Disponível em: bit.ly/2P1LGq8. Acesso em: 14 jul. 2019.

MOREIRA, M. A. Ensino de física no Brasil: retrospectiva e perspectivas. Revista Brasileira de Ensino de Física, São Paulo, v. 22, n. 1, p. 94-99, 2000. Disponível em: http://www.sbfisica.org.br/rbef/pdf/v22_94.pdf. Acesso em: 14 jul. 2019.

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO. PPC Curso Técnico Em Edificações – Nível Médio Integrado. Instituto Federal do Pará. Santarém. 2016. (material em PDF).

RAMOS, M. Possibilidades e desafios na organização do currículo integrado. In: FRIGOTTO, G.; CIAVATTA, M.; RAMOS, M. (Org.). Ensino Médio Integrado: Concepções e contradições. São Paulo: Cortez, 2005, p. 106 a 127.

RAMOS, M. ‘É o esvaziamento do currículo, seja pela dualidade, seja pela fragmentação’. [Entrevista concedida a] André Antunes. Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio – FIOCRUZ. 2018. Disponível em: bit.ly/2rb0cE7. Acesso em: 14 jul. 2019.

RAMOS, F. R. O.; HEINSFELD, B. D. S. S. Reforma do ensino médio de 2017 (Lei nº 13.415/2017): um estímulo à visão utilitarista do conhecimento. In: CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. 2017. p. 18284-18300. Disponível em: https://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2017/24107_11975.pdf. Acesso em: 14 jul. 2019.




DOI: https://doi.org/10.15628/rbept.2020.9547

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

RBEPTISSN 2447-1801 (Eletrônico)

Indexadores: Latindex - DOAJIresie - Indice de Revistas de Educación Superior e Investigación Educativa - BBE – Bibliografia Brasileira de Educação – (Brasil-Cibec/Inep/MEC)  - ERIH PLUS – European Reference Index for the Humanities and the Social Sciences - Sistema eletrônico de editoração de revistas do IBICT - OasisBr - Portal de Periódicos CAPES/MEC - Diadorim - Sumários.org - LivRe - Catálogo de Periódicos de Livre Acesso - CrossRef -  Google Scholar - WorldCat - Airiti Library - MIAR - Information Matrix for the Analysis of Journals - International Institute of Organized Research (I2OR) - LatinREV - Red Latinoamericana de Revistas Académicas en Ciencias Sociales y Humanidades - Publons - Citefactor