FORMAÇÃO INTEGRAL E INTEGRADA: UMA PERCEPÇÃO DOS DOCENTES DO CURSO DE INFORMÁTICA DO IFRN

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/rbept.2017.5718

Palavras-chave:

Formação docente, Formação integral e integrada, Educação profissional e Tecnológica, Currículo integrado.

Resumo

Esse estudo faz parte de uma pesquisa realizada com docentes do curso de informática de três campi do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN). O universo pesquisado compreendeu vinte e sete docentes, pertencentes aos núcleos estruturante, articulador e tecnológico, sendo nove professores por cada núcleo. Tem como objetivo identificar quais as percepções que esses docentes têm a respeito da formação integral e da formação integrada no Ensino Médio Integrado à Educação Profissional e Tecnológica (EPT). Partimos inicialmente para os estudos bibliográfico e documental que consubstanciaram o aporte teórico, à luz de autores do campo da formação de professores, formação integral e formação integrada, bem como do currículo integrado, a exemplo de Machado (2010, 2011), Ciavatta (2005), Moura (2013), Ramos (2005, 2010), Imbernón (2011). Posteriormente nos reportamos para o campo empírico tendo como ponto norteador a análise da categoria ´percepção sobre EPT, a qual nos deu uma visão ampla da percepção dos professores sobre a formação integral e integrada e a concepção de currículo no âmbito do IFRN. Como parte conclusiva, o estudo apontou, a partir das vozes dos sujeitos entrevistados, que a grande maioria desses professores ainda não se apropriaram epistemologicamente das concepções analisadas, observamos também que tais concepções ainda não foram suficientemente compreendidas e efetivadas em suas práxis, apesar de que eles demonstraram uma intencionalidade em aceitar e adotar essas concepções em seu fazer pedagógico diário. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em:< http://www.planalto.gov.br/ccivil_ 03/leis/ l9394.htm>. Acesso em: 5 out. 2014.

CIAVATTA, Maria. A formação integrada: a escola e o trabalho como lugares de memória e de identidade. In. FRIGOTTO, G.; CIAVATTA, M.; RAMOS, M. (Org.). Ensino médio integrado: concepções e contradições. São Paulo: Cortez, 2005. p. 83-105.

IMBERNÓN, Francisco. A necessária redefinição da docência como profissão. In:______. Formação docente e profissional: formar-se para a mudança e a incerteza. 9 ed. São Paulo: Cortez, 2011, p. 11 – 19.

______. O debate sobre a profissionalização docente In:______. ______.9 ed. São Paulo: Cortez, 2011, p. 25 a 29.

INSTITUTO FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE. Projeto Político-Pedagógico do IFRN: uma construção coletiva. Natal: Editora do IFRN, 2012.

MACHADO, Lucilia Regina de Souza. O desafio da formação dos professores para a ept e proeja. Revista Educ. Soc., Campinas, v. 32, n. 116, p. 689-704, jul.-set. 2011. Disponível em:< http://www.cedes.unicamp.br>. Acesso em: 20 mar. 2015.

______. Formação de professores para a educação profissional tecnológica: perspectivas históricas e desafios contemporâneos. In: MOURA, Dante Henrique (Org.). Produção de conhecimento, políticas públicas e formação docente em educação profissional. Campinas, SP: Mercado das Letras, 2013, p.347-361.

Downloads

Publicado

15/06/2017

Como Citar

DE SOUZA, M. R.; DA SILVA, M. de L. T.; SILVA, M. do S. FORMAÇÃO INTEGRAL E INTEGRADA: UMA PERCEPÇÃO DOS DOCENTES DO CURSO DE INFORMÁTICA DO IFRN. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, [S. l.], v. 1, n. 12, p. 51–69, 2017. DOI: 10.15628/rbept.2017.5718. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/5718. Acesso em: 28 set. 2022.

Edição

Seção

ARTIGOS