Proposta de uma sequência didática contextualizada para o ensino de processos químicos industriais em um curso Técnico em Química Integrado ao Ensino Médio

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/rbept.2022.13594

Palavras-chave:

Sequência Didática, Processos Químicos Industriais, Educação Profissional

Resumo

Visando auxiliar o ensino de processos químicos industriais, propôs-se uma sequência didática direcionada aos alunos do 3º ano do curso Técnico em Química Integrado ao Ensino Médio do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina, Campus Criciúma. A sequência didática teve como tema o petróleo, buscando promover, de forma contextualizada e interdisciplinar, o ensino de conceitos relacionados à indústria petroquímica, utilizando diferentes metodologias sequenciadas, tais como: (i) avaliação diagnóstica, (ii) exposição de vídeo, (iii) aula expositiva-dialogada, (iv) aplicação de exercício, (v) jogo de caça-palavras, e (vi) desafio por aprendizagem baseada em problemas. Tal elaboração apontou os desafios, as possibilidades e as necessidades em torno da formação docente para EPT.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

ANASTASIOU, L. das G. C.; ALVES, L. P. Processos de ensinagem na universidade: pressupostos para as estratégias de trabalho em aula. 8ª ed. Joinville, SC: UNIVILLE, 2009.

AULER, D.; DALMOLIN, A. M. T.; FENALTI, V. dos S. Abordagem Temática: natureza dos temas em Freire e no enfoque CTS. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, v. 2, n. 1, p. 67–84, 2009.

BATTISTI, R.; POSSENTI, G. V. B.; FIGUEIREDO, A. P.; BÓ, M. D. Students building didactic experiments as a tool for teaching unit operations and process control for chemistry technicians. Química Nova, v. 42, n. 8, p. 983–989, 2019. Disponível em: https://doi.org/10.21577/0100-4042.20170403.

BRASIL. LEI n° 11.741, DE 16 DE JULHO DE 2008: Altera dispositivos da Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para redimensionar, institucionalizar e integrar as ações da educação profissional técnica de nível médio. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2008/Lei/L11741.htm#art3.

BRITO, R. L. G. L. de; SAUL, A. M.; ALVES, D. R. M. Paulo Freire: contribuições para o ensino, a pesquisa e a gestão da educação. Rio de Janeiro: Letra Capital Editora LTDA, 2014.

DÁVILA, K. S. As Tecnologias da Informação e Comunicação na Educação Profissional e Tecnológica no Estado do Amazonas. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, v. 2, n. 21, p. e11392, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.15628/rbept.2021.11392.

DENARDI, D. A. C. Didactic sequence: a dialetic mechanism for language teching and learning. Revista Brasileira de Linguística Aplicada, v. 17, n. 1, p. 163–184, 2017. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1984-6398201610012.

FARIA, A. G. V.; CARDOSO, R. A.; GODOY, R. R. Ensino De Química No Técnico De Nivel Médio Integrado Em Informática: Uma Proposta De Ensino Contextualizado E Interdisciplinar. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, v. 2, n. 17, p. 7667, 2019. Disponível em: https://doi.org/10.15628/rbept.2019.7667.

GAUTO, M.; ROSA, G. Química Industrial. Porto Alegre: Bookman, 2013.

GRUBER, C.; ALLAIN, O.; WOLLINGER, P. Didática profissional: princípios e referências para a Educação Profissional. Florianópolis: Publicações do IFSC, 2019.

JANSSON, S.; SÖDERSTRÖM, H.; ANDERSSON, P. L.; NORDING, M. L. Implementation of Problem-Based Learning in Environmental Chemistry. Journal of Chemical Education, v. 92, n. 12, p. 2080–2086, 2015. Disponível em: https://doi.org/10.1021/ed500970y.

LOPES, R. M.; SILVA FILHO, M. V.; MARSDEN, M.; ALVES, N. G. Problem-based learning: A teaching toxicology chemistry experience. Química Nova, v. 34, n. 7, p. 1275–1280, 2011. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0100-40422011000700029.

MÉHEUT, M. Teaching-Learning Sequences Tools for Learning and/or Research. In: BOERSMA, K.; GOEDHART, M.; DE JONG, O.; EIJKELHOF, H. (org.). Research and the Quality of Science Education. Dordrecht: Springer Netherlands, 2005. p. 195–207. E-book. Disponível em: https://doi.org/10.1007/1-4020-3673-6_16.

NASCIMENTO, C. A. do; SANTOS, F. G. F. dos; FREIRE, R. O.; SOUSA, P. G. T. de; SILVA, D. S. da. Jogo Lúdico Como Ferramenta Pedagógica Na Aprendizagem De Conceitos Químicos. Conexões - Ciência e Tecnologia, v. 14, n. 2, p. 14, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.21439/conexoes.v14i2.1303.

PASSOS, L.; GARRITZ, S. A. Análise de uma sequência didática sobre ligações químicas produzida por estudantes de química brasileiros em Formação Inicial. Educacion Quimica, v. 25, n. 4, p. 470–477, 2014. Disponível em: https://doi.org/10.1016/S0187-893X(14)70069-2.

PENA, G. A. de C. Prática docente na educação profissional e tecnológica: os conhecimentos que subsidiam os professores decursos técnicos. Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores, v. 8, n. 15, p. 79–94, 2016. Disponível em: https://doi.org/10.31639/rbpfp.v8i15.142.

RAYMUNDO, G. M. C.; RAITZ, T. R.; GESSER, V. Avaliação do processo de ensino e aprendizagem na educação profissional técnica de nível médio. Research, Society and Development, v. 9, n. 10, p. 1–29, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.33448/rsd-v9i10.9226.

RIBEIRO, G. C.; FREITAS, J. J. de; REIS, L. C. K. dos; CARDIN, M. R.; CASTRO, M. R. de; AMARAL, R. G. do. Aproximações entre o perfil de aluno do ensino médio: um estudo de caso na região de Arapongas/PR. Brazilian Journal of Development, v. 7, n. 1, p. 7483–7496, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.34117/bjdv7n1-506.

SANTOS, B. C. D. dos; FERREIRA, M. Contextualização como princípio para o ensino de química no âmbito de um curso de educação popular. Experiências em Ensino de Ciências, v. 13, n. 5, p. 497–511, 2018.

SANTOS, W. L. P. dos. Educação científica na perspectiva de letramento como prática social: funções, princípios e desafios. Revista Brasileira de Educação, v. 12, p. 474–492, 2007. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1413-24782007000300007.

SEVERINO, G.; MORAES, C.; COELHO, H. G. A importância do lúdico na educação infantil. REEDUC Revista de Estudos em Educação, v. 7, n. 2, p. 96–125, 2021.

SILVA, J. S. da; SARAIVA, E. de S. A importância da Sequência Didática (SD) na Educação Ambiental: um relato de experiência no Centro de Educação em Tempo Integral Monsenhor Boson. Research, Society and Development, v. 9, n. 6, p. e156963505, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.33448/rsd-v9i6.3505.

SOUZA, R. R.; DE SOUZA, M. A. R. de. Recursos Informacionais Abertos Na Área De Química Para Estudantes Do Curso Técnico De Nível Médio. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, v. 1, n. 20, p. e9790, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.15628/rbept.2021.9790.

Downloads

Publicado

20/10/2022

Como Citar

BATTISTI, R.; RAYMUNDO, G. M. C. Proposta de uma sequência didática contextualizada para o ensino de processos químicos industriais em um curso Técnico em Química Integrado ao Ensino Médio. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, [S. l.], v. 2, n. 22, p. e13594, 2022. DOI: 10.15628/rbept.2022.13594. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/13594. Acesso em: 29 jan. 2023.

Edição

Seção

RELATO DE EXPERIÊNCIA