História da educação profissional no Brasil e no Paraguai no contexto das reformas educacionais dos anos 1990

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/rbept.2021.13159

Palavras-chave:

História da Educação Profissional, Educação Comparada, História da América Latina, Estado do conhecimento.

Resumo

O artigo tem por objetivo apresentar as pesquisas decorrentes do estado do conhecimento sobre a Educação Profissional no Brasil e no Paraguai, comparando as realidades dos dois países e tendo como espaço de observação ampliado os países da América Latina. Para tanto, foi realizado um levantamento com enfoque nas reformas educacionais ocorridas nos anos 1990 a fim de identificar os interesses e ações de organismos internacionais na região. A pesquisa, portanto, é de base qualitativa, sendo de cunho bibliográfico. Foi realizada em dois repositórios, a saber: Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD) e Rede de Bibliotecas Virtuais de Ciências Sociais da América Latina e Caribe (CLACSO). Constatou-se que as políticas socioeconômicas direcionadas à educação e impostas aos países do Sul foram mantidas ao longo do período delimitado sob constante vigilância social, uma vez que as reformas propostas puderam materializar retrocessos no lugar de avanços.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Engel Faustino Silva, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte

Engenhario da Computação e Automação pela UFRN,  especialista em Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde também pela UFRN e Mestrando do Programa de Pós Graduação em Educação Profissional. Atualmente sou docente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte na área de manutenção de equipamentos de informática. 

Francinaide de Lima Silva Nascimento, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte

Doutora em Educação, professora do Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional - PPGEP/IFRN - Brasil


Referências

ABUD, I. et al. Nuevas tendencias en la indústria. Revista Manufactura, México, No. 46, año 5, abril, 1999.

ALMEIDA, N. M. Pinto de. O ensino profissional técnico de nível médio no Brasil e no Chile. Tese (doutorado) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Programa de Integração da América Latina – PROLAM. São Paulo, 2010.

ARAUJO, R. M. L. Sobre dualidade, desigualdade e diferença. In ARAUJO, R. M. L. Ensino médio brasileiro: dualidade, diferenciação escolar e reprodução das desigualdades sociais, p.9-52.

CENTENO, Carla Villamaina. Educação e fronteira com o Paraguai na historiografia matogrossense (1870-1950). 2007. 257 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2007.

CIAVATTA, Franco, Maria (Org.). Estudos comparados em educação na América Latina. São Paulo: Livros do Tatu/Cortez, 1992a.

CUESTA SANTOS, Armando. Gestão do conhecimento, da organização que aprende e de competências: a era digital. Revista de Administração da Universidade de São Paulo, v. 38, n. 1, 2003.

DEL PINO, Mauro. La Ciudadania Negada. Políticas de Exclusión en la Educación y el Trabajo. Buenos Aires CLACSO, 2000.

ERBER, F. Perspectivas da América Latina em ciência e tecnologia. Parcerias estratégicas, n. 8, p. 181-200. Maio 2000.

JARA GOIRIS, Fabio Anibal. Descubriendo la Frontera: Historia, Sociedad y Política en Pedro Juan Caballero. Ponta Grossa: INPAG, 1999.

KRAWCZYK, Nora. Pesquisa Comparada em Educação na América Latina: situações e perspectiva. Educação Unisinos, v. 17, n. 3, p. 199-204, 2013.

LIMA, Luiz Antonio de. A Representação das Múltiplas Dimensões Paradigmáticas no Estudo da Administração: um Ensaio sobre os Limites Contidos nas Defesas Paradigmáticas Excludentes. RAC, Curitiba, v. 15, n. 2, art. 2, pp. 198-208, Mar./Abr. 2011.Amor

LIMA FILHO, Domingos, Leite. A reforma da educação profissional no Brasil nos anos noventa. Repositório Institucional da UFSC 2002. Disponível em:http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/82611. Acesso em: mai. 2021

LOPES, J. Que ciência para América Latina na era da globalização. Revista Interciencia. 1998.

MUNOZ, Angela Maria Erazo [et al.]; organizado por Manolita Correia Lima; Gisele Ricobom; Ivor Prolo.- 1a ed. UNILA : uma universidade necessária. CLACSO, CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, CNPq, 2020.

MOSTAFA, Solange, Puntel. O pragmatismo clássico americano e a filosofia da diferença: questões para a educação. Revista Contrapontos, 13(2), 120-129. PUC/SP, 2013 , 13(2), 120-129. Disponível em: https://doi.org/10.14210/contrapontos.v13n2.p120-129. Acesso em: jun 2021.

NÓVOA, António. La construcción de un espacio educativo europeo: gobernando a través de los datos y la comparación. Revista Española de Educación Comparada, 2010.

NÚÑEZ, Elba. Incidencia de los movimientos sindicales y gremiales del magisterio nacional en la reforma educativa en Paraguay en la década del noventa. CLACSO. 2002. Disponivel em: http://bibliotecavirtual.clacso.org.ar/ar/libros/becas/2002/fragmenta/nunez.pdf Acesso em: jan 2021

PEREIRA, Maria Eunice Ferreira Damasceno. Analise do processo de implementação do Plano Nacional de Formação do Trabalhador - PLANFOR. 2006. 232 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Economia, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/285436>. Acesso em: 3 fev. 2021.

PINHEIRO, Nelson Roncate Dutra. A influência do programa de Promoção da Reforma Educativa da América Latina e Caribe (PREAL) na política brasileira de educação profissional: 1996/2004. 2012, 74 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação Profissional em Saúde) - Fundação Oswaldo Cruz. Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, Rio de Janeiro, 2012

PNUD. Relatório de desenvolvimento humano 2015: o trabalho como motor de desenvolvimento humano. Lisboa: Instituto Camões, 2015.

REIMERS, Fernando. The Impact of Economic Estabilization and Adjustment on Education in Latin America, Comparative Education Review. Nº 35, mayo, pp. 325-338, 1991.

RICHARDSON, R. J. et al. Pesquisa Social: métodos e técnicas. São Paulo: Atlas, 2008.

SAVIANI, Dermeval. História comparada da educação: algumas aproximações. Revista História da Educação, v. 5, n. 10, p. 5-16, 2001.

SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do trabalho científico. [livro eletrônico] 1ª edição. São Paulo: Cortez, 2013.

SOUZA, K. R. Direito à educação nos países membros do Mercosul: um estudo comparado. 2017. 346f. 2017. Tese de Doutorado. Tese (Doutorado em Educação Escolar)–Universidade Estadual Paulista, Araraquara-SP.

UNESCO. Evolución Reciente de la Educación en América Latina. (Santiago de Chile, Chile: Unesco, mimeografiado), pp. 167 e 227, 1974.

ZÚÑIGA, A. Historia de la ciência y la tecnologia y la realidade de América Latina. Elementos, v. 6, n. 1. 1986.

Downloads

Publicado

2021-09-29

Como Citar

SILVA, E. F.; NASCIMENTO, F. de L. S. História da educação profissional no Brasil e no Paraguai no contexto das reformas educacionais dos anos 1990. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, [S. l.], v. 1, n. 20, p. e13159, 2021. DOI: 10.15628/rbept.2021.13159. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/13159. Acesso em: 21 maio. 2022.

Edição

Seção

DOSSIÊ - Diálogos Internacionais sobre a Educação Profissional