EDUCAÇÃO EM SOLO NA PÓS GRADUAÇÃO EM ENSINO TECNOLÓGICO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/rbept.2020.11218

Palavras-chave:

Ciência do solo, Educação profissional, Ensino tecnológico, produto educacional

Resumo

Este artigo investigou como a educação em solo tem sido desenvolvida na Pós Graduação em Ensino Tecnológico, compreendendo a relação teoria e prática no desenvolvimento das pesquisas científicas desenvolvidas. Assim, foram analisados as dissertações defendidas no período de 2015 à 2020, que abordaram a temática solo direta ou indiretamente, no Programa de Pós Graduação em Ensino Tecnológico (PPGET). A Educação em Solo no PPGET é representada por pesquisas científicas e produtos educacionais aplicados a educação básica e superior com caráter investigativo, problematizador, exploratório e interdisciplinar, valorizando a teoria e prática. Os produtos educacionais apresentam características regionais contextualizados ao Bioma Amazônia em consonância com os problemas e exigências da sociedade contemporânea.

Palavras-chave: Ciência do solo. Educação profissional. Ensino tecnológico. Produto educacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

ALVES, A.O.; SOUZA, M.I.A. A geografia nos anos iniciais: a leitura integrada da paisagem para a construção de conceitos dos conteúdos relevo-solo-rocha. Revista Brasileira de Educação em Geografia, v. 5, n. 10, p. 277-299, 2015. Disponível em:<http://www.revistaedugeo.com.br/ojs/index.php/revistaedugeo/article/viewFile/329/17>.Acesso em: 29 jan. 2020.

BIONDI, D.; FALKOWSKI, V. Avaliação de uma atividade de educação ambiental com o tema “solo”. Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, v. 22. p. 202-215, 2009. Rio Grande: FURG, 2009. Disponível em: <http://www.remea.furg.br/vol22/art15vol22.pdf>. Acesso em: ago. 2020.

BOGDAN, R.; BIKLEN, S. Investigação qualitativa em educação: Uma introdução à teoria e aos métodos. Portugal: Porto Editora, 1994.

BOTELHO, J. S.; MARQUES, J. D. O.; OLIVEIRA, A. N. S. Experimentos em laboratório para o ensino sobre solos na disciplina de geografia. Educitec, v. 5, n. 10, p. 228-248, 2019.

BOTELHO, J.S.; MARQUES, J.D.O. O ensino de solo na Geografia a partir da prática em campo. Revista de Estudos e Pesquisas sobre Ensino Tecnológico, v. 6, Edição Especial, p. 1-21, 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação à Distância. Objetos de aprendizagem: uma proposta de recurso pedagógico. Brasília: MEC/SEED, 2007.

BRASIL. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Documento de área 2013. Brasília: CAPES, 2013. Disponível em: <http://www.capes.gov.br/ensino_doc_area_e_comissão.pdf>. Acesso em: 18 jul. 2020.

BRASIL. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Documento de Área-Ensino. 2016. Disponível em: <http://www.capes.gov.br/documento_de_area_ensino_2016_final.pdf>. Acesso em: 20 set. 2020.

BRASIL. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Portaria No 60 de 20 de março de 2019. Dispõe sobre o mestrado e doutorado profissionais, no âmbito da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 22 mar. 2019. No 56, Seção I, p. 1. ISSN 1677-7042. Disponível em:<http://www.capes.gov.br/portarias/22032019_portarias_59e60.pdf>.Acessado em: 18 set. 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Resolução CNE/CES 7/2017. Diário Oficial da União, Brasília, 12 de dezembro de 2017a, Seção 1, p. 21. Disponível em: <http://www.portal.mec.gov.br/rces007_17>. Acessado em: 18 set. 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. PORTARIA No 389 de 23 de março de 2017. Dispõe sobre o mestrado e doutorado profissional no âmbito da pós-graduação stricto sensu. Diário Oficial da União, Brasília, 24 de março de 2017b, No 58, Seção 1, p. 61. ISSN 1677-7042. Disponível em: <http://www.portal.mec.gov.br/Portaria389-2017_doutoradoprofissional.pdf>. Acessado em: 17 set. 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Cursos de Educação Profissional Tecnológica de Graduação e Pós-Graduação. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/cursos-da-ept/educacao-profissional-tecnologica-de-graduacao-e-de-pos-graduacao> Acessado em: 15 de set. 2020.

BREVIK, E.C.; ABIT, S., BROWN, D.; DOLLIVER, H.; HOPKINS, D.; LINDBO, D.; MANU, A.; MBILA, M.; PARIKH, S.J.; SCHULZE, D.; SHAW, J.; WEIL, R.; AND WEINDORF, D. Soil science education in the United States: history and current enrollment trends. Journal Indian Society Soil Science, v.62, p.299-306, 2014.

BREVIK, E.C.; HARTEMINK, A.E. Early soil knowledge and the birth and development of soil science. Catena, v. 83, p. 23–33, 2010.

CERETTA, C. A.; ANJOS, L. H. C. DOS; SIQUEIRA, J. O. A pós-graduação em Ciência do Solo no Brasil: evolução e tendência. Revista Brasileira de Pós-Graduação, v. 5, n. 9, p.7-35, 2008.

DEMO, P. Habilidades do Século XXI. Boletim Técnico do Senac. Rio de Janeiro, v. 34, n. 2, maio/ago. 2008. Disponível em: <http://pedrodemo.sites.uol.com.br/>. Acesso em 15 ago. 2020.

DENZIN, N. K.; LINCOLN, Y. S. Introdução: a disciplina e a prática da pesquisa qualitativa. In: DENZIN, N. K.;LINCOLN, Y. S. (Orgs.). O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens. 2. ed. p. 15-41. Porto Alegre: Artmed, 2006.

DOS SANTOS, A.L.F.; AZEVEDO, J.M.L. de. A pós-graduação no Brasil, a pesquisa em educação e os estudos sobre a política educacional: os contornos da constituição de um campo acadêmico. Revista Brasileira de Educação, v. 14 n. 42 , p. 535-605, 2009.

FIELD, D.J.; KOPPI, A.J.; JARRETT, L.E.; ABBOTT, L.K.; CATTLE, S.R.; GRANT, C.D.; MCBRATNEY, A.B.; MENZIES, N.W.; WEATHERLEY, A.J. Soil science teaching principles. Geoderma, v.167–68, p. 9–14, 2011.

FURTADO, T. B.; ESMIN, A. A. A.; OLIVEIRA, N. Técnica de recomendação e recuperação de conteúdo para repositórios institucionais baseado na universidade federal de lavras (UFLA). In: CONFERÊNCIA LUSO-BRASILEIRA SOBRE ACESSO ABERTO, 5., 2014, Coimbra. Anais eletrônicos… Coimbra: Universidade de Coimbra, 2014.

JACON, M. do C. Prática Pedagógica na Educação Profissional e Tecnológica: reflexões à luz de teorias modernas e contemporâneas. XII WORKSHOP DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA DO CENTRO PAULA SOUZA. São Paulo, 03 - 05 de outubro de 2017. ISSN: 2175-1897

LELIS, J. L.; LOBO, L.M.; MUGGLER, C.C.; CAON, K.G.; CAMPO, J.L.A.; PEREIRA, D.M.; VILLAR, J.P.; HENRIQUE, E.M.; PRIMO, M.F. Discutindo solo na escola: construção de conceitos e valores ambientais. Revista Brasileira de Agroecologia, v. 2, p. 559-562, 2007.

KREUTZ, D. H.; WELTER, C. B. Professor em (Re) Construção: Reflexões de um docente em formação pedagógica. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, v. 2, n. 11, p. 13-24, 2016.

LIMA, M. de O.; VIANA, G.M.R. Divulgação científica: responsabilidade e importância. Rev Pan-Amaz Saude, v. 8, n. 4, p. 7-8, 2017.

LIMA, E.S dos S.; MARQUES, J.D.O. Proposta didática para o ensino de meio ambiente e água. Curitiba: CRV, 2019. 93p.

MACHADO, L. R. de S. Diferenciais inovadores na formação de professores para a educação profissional. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, Brasília, v. 1, n. 1, p.8-22 jun. 2008.

MARQUES, J.D.O.; PAES, L.S. da; BOMFIM, S.A.A. Abordagem muldisciplinar do esino de solo a partir da experiência docente. In:GONZAGA, A. M. Formação de professores no ensino tecnológico: fundamentos e desafios, Curitiba: CRV, 2015, p. 131-146.

MARQUES, S.; OLIVEIRA, T. Educação, ensino e docência: reflexões e perspectivas. Revista Reflexão e Ação, Santa Cruz do Sul, v. 24, p. 189-211, 2016.

MAYRING, P. Introdução à pesquisa social qualitativa. 5. ed Weinheim:

Beltz, 2002. 82p.

MORAIS, J. de M,. SOUZA, P.; COSTA, T. A relação teoria e prática: investigando as compreensões de professores que atuam na educação profissional. Revista Brasileira de Educação Profissional Tecnológica, v. 1, n.2, p. 111-124, 2017.

MEGONIGAL, J. P.; STARRS, B. S. S.; PEKARIK, A.; DROHAN, P.; HAVLIN, J. “Dig It!”: How an Exhibit Breathed Life into Soils Education. v. 74, p. 706–716, 2010.

MUGGLER,C.C.;SOBRINHO.F.A.P.; MACHADO.V.A. Educação em solos: Princípios, Teoria e Métodos. Revista Brasileira de Ciência Solo, v.30, p.733-740, 2006.

OLIVEIRA, A. N. S.; MARQUES, J. D. DE O. Aula de campo no ensino de solos. Revista de Estudos e Pesquisas sobre Ensino Tecnológico. Educitec, v. 3, n.5, p. 33-47, 2017.

OLIVEIRA, A. N. S.; MARQUES J. D. de O.; PAES, L. da S. Percepção ambiental sobre sustentabilidade do solo. EDUCERE - Revista da Edu¬cação, v. 17, n. 1, p. 93-120, 2017.

PATRUS, R.; LIMA, M. C. A formação de professores e de pesquisadores

em administração: contradições e alternativas. Revista Economia & Gestão, v. 14, n. 34, p. 4-29, 2014.

REHEM, C. O professor da educação profissional: que perfil corresponde aos desafios contemporâneos? Boletim Técnico do Senac. 2016. 10p. Disponível em: <http://www.senac.br/informativo/BTS311/boltec311/.htm>Acesso em: 20 ago. 2020.

RIEDER, A. Fração ideal da carga horária com aulas de campo, laboratório e sala no ensino de solos: visão do aluno. Ciência & Educação, v. 20, n. 1, p. 207-226, 2014.

SANTOS, S. C. O processo de ensino-aprendizagem e a relação professor-aluno: aplicação dos sete princípios para a boa prática na educação de ensino superior. Caderno de Pesquisas em Administração, v. 8, n. 1, p. 69-82, 2001.

SANTOS, A. P.; AZEVEDO, R. O. M. Saberes docentes na educação profissional técnica de nível médio: uma proposta para a formação de professores do IFAM – Campus Lábrea. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, v. 2, n. 11, p. 36-50, 2016.

SAVIANI, D. Trabalho e educação: fundamentos ontológicos e históricos. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 12, n. 34, p. 152-165, 2007.

SEVERINO, A. J. Premissas e desafios da pesquisa na Pós-Graduação em Educação: da relevância social ao cuidado epistemológico. In: ENCONTRO DE PESQUISA DISCENTE DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO, 4., 2006, São Paulo. Anais... São Paulo: UNINOVE, 2006.

SOUZA, H. F. T.; MATOS, F. S. O ensino dos solos no ensino médio: desafios e possibilidades na perspectiva dos docentes. Geosaberes, Fortaleza, v. 3, n. 6, p. 71-78, 2012.

STAKE, R. E. Estudos de caso em pesquisa e avaliação educacional. Educação e seleção, n. 7, p. 5-14, 2013. Disponível em: http://www.fcc.org.br/pesquisa/publicacoes/es/artigos/55.pdf. Acesso em: 25 ago. 2020.

TILMAN, D.; FARGIONE, J.; WOLFF, B.; ANTONIO, C.D.; DOBSON, A.; HOWARTH, R.; SCHINDLER, D.; SCHLESINGER, W.H.; SIMBERLOFF, D.; SWACKHAMER, D. Forecasting agriculturally driven global environmental change. Science, Pensilvânia, EUA, v. 292, p. 281-284, 2001.

TRIVIÑOS, A.N.S. Três enfoques na pesquisa em ciências sociais: o positivismo, a fenomenologia e o marxismo. TRIVIÑOS, A. N.S. In: Introdução à pesquisa em ciências sociais. São Paulo: Atlas, p. 30-79, 1987.

YIN, Robert K. Estudo de Caso: Planejamento e Métodos. Bookman editora, 2005.

ZINN, Y.L.; SKOPURA, A.L.A. Uma nova abordagem para o ensino sobre materiais de origem do solo. Cadernos de Ciência & Tecnologia, Brasília, v. 32, n. 1/2, p. 229-244, 2015

Downloads

Publicado

18/12/2020

Como Citar

MARQUES, J. D. de O. EDUCAÇÃO EM SOLO NA PÓS GRADUAÇÃO EM ENSINO TECNOLÓGICO. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, [S. l.], v. 2, n. 19, p. e11218, 2020. DOI: 10.15628/rbept.2020.11218. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/11218. Acesso em: 4 dez. 2022.

Edição

Seção

DOSSIÊ - Trabalho-Educação: possibilidades investigativas na pós-graduação stricto sensu