Impacto da iniciativa extensionista na comunidade local e na formação do estudante do curso técnico em massoterapia: projeto “Mãos Itinerantes – Massoterapia em eventos”

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/rbept.2018.7025

Palavras-chave:

extensão, saúde, aprendizado, sociedade, escolas técnicas.

Resumo

Cada vez mais nota-se a vinculação de projetos de extensão para além de uma prática profissional. A extensão pode agregar propostas mais complexas como alinhar-se à filosofia do curso, atingir número expressivo da comunidade a que pertence sem deixar de lado o incentivo à pesquisa. Assim, a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão mostra-se viável e reforça o compromisso de um aprendizado qualificado. Além disso, o impacto na comunidade local sinaliza a importância dessa iniciativa nas instituições, principalmente no que diz respeito às escolas técnicas uma vez que valoriza a capacitação profissional sem desvincular o aluno do cenário em que vive sua comunidade. O artigo propõe uma reflexão sobre esse contexto de envolvimento do projeto de extensão alinhado às demais valências de uma escola técnica trazendo os dados de um projeto na área da saúde e ligado a uma escola de formação profissional técnica. Os números expressivos ligados ao seu impacto na comunidade bem como o contato direto com sua comunidade fortalece os espaços de aprendizagem e reforça a ideia de que é possível conciliar os instrumentos de aprendizado ligados ao ensino, pesquisa e extensão. Assim, o projeto “mãos itinerantes”, premiado como melhor prática extensionista num universo de mais de 23 instituições  técnicas do estado do Paraná em 2016, será aqui apresentado e também oferecido como objeto de reflexão para a importância da extensão no fortalecimento educacional e na transformação de uma realidade local.

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Lívia Pimenta Renó Gasparotto, Instituto Federal do Paraná

Professora do curso técnico em Massoterapia do IFPR/Campus Curitiba. 

Doutora em Gerontologia - Unicamp

Mestre em Saúde Coletiva - UNIFESP

Claudia Monteiro dos Santos Bontorin, Instituto Federal do Paraná

Professora do curso Técnico em Massoterapia - IFPR/ Campus Curitiba

Especialista em Educação Profissional Técnica-IFPR

Musicoterapeuta

Thalita Alves

Técnica em massoterapia-IFPR

Jorge Augusto Foss

Técnico em Massoterapia-IFPR

Referências

SEIXAS S.I.L., CORREA T.J.S., NOGUEIRA C.S.F., ZUCHELLI M.G. Atividades de extensão no aprimoramento do processo ensino-aprendizagem na formação de alunos do projeto: “Curso de atualização: aspectos morfofuncionais e clínicos da cabeça e pescoço” na Universidade Federal Fluminense UFF. Cidadania em ação: Revista de extensão e Cultura, n. 2, v. 1, p. 1-11, 2008;

ESTACIO M.M.S., AGUIAR A.C.V.V., ROCHA B.N.G.A., SILVA F.C.B. Formação técnica em práticas integrativas e complementares em saúde na escola de saúde da UFRN. Revista Bras da Educação Profissional Tecnológica (RBEPT) n. 8, v. 1, p. 34-42, 2015;

SILVA M.S., VASCONCELOS S.D. Extensão universitária e formação profissional: avaliação da experiência das ciências biológicas na Universidade Federal de Pernambuco. Estudos em avaliação Educacional, v.17, n.33, p. 119-136, 2006;

PIERSON A.C., CORTEGOSO A.L., ARAUJO FILHO, T. Flexibilização curricular: experiências e perspectivas. IN: THIOLLENT M.,

CASTELO BRANCO A., GUIMARAES R.G., ARAUJO FILHO T. Extensão Universitária: conceitos, métodos e práticas, v. 1, p. 41-55, 2003;

FREIRE P. Extensão ou comunicação? Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1982, 93p.

SOUZA D.D.F., TORRES M.J.F., DANTAS S.F. Percepção da relação teoria e prática no trabalho docente: um estudo com professores da área da saúde. Rev Bras Educação Profissional e Tecnológica (RBEPT) n.1, v.12, p. 125-139, 2017;

CHESANI F.H., WACHHOLZ L.B., OLIVEIRA M.A.M., SILVA C., LUZ M.E., FABRIS F.A., ENGEL B. Ensino e pesquisa: o tripé da universidade. Conexão v. 13, n.3, p.454-561, 2017;

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal, 1988, 292 p.

PEZZANI B.C., CIARMELLA M.L., ODEM A.B., LARRAIN R.D., MARINELARENA A.J., ANABITARTE J., MINIVIELLE M.C. Modelo de programa em controle de parasitose intestinal e nutrição em estudantes da Argentina: integração docência, extensão e investigação. ???

RESENDE J.C., ALERS R.B.S., COUTINHO M.S., BRAGAGNOLI G., ARAUJO C.R.F. Importância da iniciação científica e projetos de extensão para graduação em Medicina. Rev Bras de Ciências da Saúde, v.15, n.1, p.11-18, 2013;

LANZIERI P.G., CLARO L.B., BRAGANÇA F.C.R., MONTEZANO V.R.S., SILVA C.S. Boa noite, Bom dia HUAP! Uma experiência de humanização na formação de profissionais da área da saúde. Interface, v.15, n.36, p.289-297, 2011;

BRASIL. Ministério da saúde. Política Nacional de Humanização- Humaniza SUS. Brasilia: Ministerio da Saúde, 2004

SANTANA, CPV; NASCIMENTO, A. Práticas Integrativas e complementares: cuidado integral dentro da atenção psicossocial através de práticas corporais. Bahia. Disponível em: http://www7.bahiana.edu.br//jspui/handle/bahiana/332 Acesso em 19 de novembro, 2017

Downloads

Publicado

20/06/2018

Como Citar

GASPAROTTO, L. P. R.; BONTORIN, C. M. dos S.; ALVES, T.; FOSS, J. A. Impacto da iniciativa extensionista na comunidade local e na formação do estudante do curso técnico em massoterapia: projeto “Mãos Itinerantes – Massoterapia em eventos”. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, [S. l.], v. 1, n. 14, p. e7025, 2018. DOI: 10.15628/rbept.2018.7025. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/7025. Acesso em: 6 fev. 2023.

Edição

Seção

ARTIGOS