O PERFIL DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL QUE ATUAM EM INSTITUIÇÕES PRIVADAS NO RN: uma análise a partir das vozes dos docentes do eixo geral

Autores

  • Daniela Bessa de B. Correia IFRN
  • Ana Cristina Batista SEEC/RN
  • Samara Yontei Paiva IFRN

DOI:

https://doi.org/10.15628/rbept.2017.5784

Palavras-chave:

Formação docente, Educação Profissional, Saberes docentes.

Resumo

Este estudo tem por objetivo analisar o perfil de formação de professores de disciplinas do eixo geral de duas instituições que ofertam cursos de Educação Profissional subsequente ao ensino médio na área de saúde no Rio Grande do Norte. A metodologia caracterizou-se por uma pesquisa empírica que utilizou como técnica de coleta de dados a entrevista semiestruturada. Para as discussões foram utilizados como referências principais as investigações de Moura (2013, 2014), Araujo (2008) e Machado (2008). Os resultados do estudo permitiram apontar para um perfil de formação bastante variado quando tratamos dos profissionais docentes que trabalham na Educação Profissional. Apontamos também que os saberes inerentes à Educação Profissional não são mencionados no percurso formativo dos professores investigados, tampouco são reconhecidos como importantes. Pudemos inferir que os conhecimentos relativos à compreensão do funcionamento da sociedade e das relações entre trabalho, cultura, ciência e Estado, das políticas públicas e dessas, articuladas à educação profissional, além de não serem contempladas na formação inicial dos professores investigados também não constituem objeto de estudo na formação continuada promovida pelas instituições. Por fim, acreditamos que a fragilidade no percurso formativo dos professores se dá pela ausência de políticas públicas de formação inicial e continuada que considere as especificidades e características deste campo da educação

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

ARAUJO, R.M.L. Formação de docentes para a educação profissional e Tecnológica: por uma pedagogia integradora da educação profissional. Trabalho & Educação. Vol. 7. nº 2.mai-/ago, 2008.

BRASIL. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Sinopses Estatísticas da Educação Básica, 2014. Disponível em: <http://portal.inep.gov.br/basica-censo-escolar-sinopse-sinopse>. Acesso em: 08 abr. 2016.

______. Parecer CNE/CEB nº 37, de 4 de setembro de 2002. Consulta sobre formação de professores para a Educação Profissional de Nível Técnico. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/CEB0037_2002.pdf. Acesso em 08 de abril de 2016.

______.Parecer CNE/CP nº 02, de 9 de junho de 2015. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação Inicial e Continuada dos Profissionais do Magistério da Educação Básica. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=17625-parecer-cne-cp-2-2015-aprovado-9-junho-2015&category_slug=junho-2015-pdf&Itemid=30192. Acesso em 08 de abril de 2016.

______.Parecer CNE/CP nº 05, de 4 de abril de 2006. Aprecia Indicação CNE/CP nº 2/2002 sobre Diretrizes Curriculares Nacionais para Cursos de Formação de Professores para a Educação Básica. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/pcp005_06.pdf. Acesso em 08 de abril de 2016.

CUNHA, L. A. O ensino profissional na irradiação do industrialismo.. São Paulo: Editora UNESP, Brasília, DF: Flacso, 2000.

KUENZER, A. Formação de professores para a educação profissional e tecnológica: perspectivas históricas e desafios contemporâneos. In: INEP. Formação de Professores para Educação Profissional e Tecnológica: Brasília, 26, 27 e 28 de setembro de 2006. Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2008.

MACHADO, L.R.B. de S. Diferenciais inovadores na formação de professores para a educação profissional. Revista Brasileira de educação Profissional e tecnológica. 2008; v. 1, n.1 (jun. 2008): p. 8 – 22.

MACHADO, L.R.B. de S. Formação de Professores Para a Educação Profissional e Tecnológica: perspectivas históricas e desafios contemporâneos. In: MOURA, D.H (Org.) Produção do conhecimento, Políticas Públicas e Formação Docente em Educação Profissional. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2013. p. 347-362.

MOURA, D. H. Ensino Médio e Educação Profissional No Brasil nos anos 2000: movimentos contraditórios. In: MOURA, D.H (Org.) Produção do conhecimento, Políticas Públicas e Formação Docente em Educação Profissional. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2013. p. 141-200.

MOURA, D. H. Trabalho e formação docente na educação profissional. Coleção formação pedagógica. v.3. Curitiba, PR: IFPR –EAD. 2014.

OLIVEIRA, M. R. N. S. de. Formação e profissionalização dos professores do ensino técnico. Educação e Tecnologia, Belo horizonte, v. 11, n. 2 p. 3-9, jul./dez. 2006.

PETEROSSI, H. G. Formação de professores para o ensino técnico. São Paulo: Edições Loyola, 1994.

Downloads

Publicado

15/06/2017

Como Citar

DE B. CORREIA, D. B.; BATISTA, A. C.; PAIVA, S. Y. O PERFIL DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL QUE ATUAM EM INSTITUIÇÕES PRIVADAS NO RN: uma análise a partir das vozes dos docentes do eixo geral. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, [S. l.], v. 1, n. 12, p. 157–169, 2017. DOI: 10.15628/rbept.2017.5784. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/5784. Acesso em: 6 fev. 2023.

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos Semelhantes

> >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.