O SINAES NOS INSTITUTOS FEDERAIS: ADEQUAÇÃO E PERTINÊNCIA NO ÂMBITO DA AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

Márcia Amaral Corrêa de Moraes, Josiane Carolina Soares Ramos, Fabio Yoshimitsu Okuyama, Jaqueline Gomes Nunes, Gabrielli da Silva Pio

Resumo


Os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IFs) surgem como uma nova proposta educacional, com o compromisso de unir a construção de conhecimentos à transformação da sociedade. Esse caráter inovador dos IFs decorre das especificidades de sua identidade institucional, caracterizado pela oferta curricular verticalizada da educação, a partir da educação básica, passando pelo ensino técnico, formação inicial e continuada até os níveis superiores. Esta complexidade de organização dos IFs cria a necessidade de diferenciarem-se das universidades, pois estas especificidades produzem sua identidade singular. Atualmente o SINAES (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior) é a política que avalia e regulamenta as instituições que ofertam educação superior. Esse estudo busca identificar os desencontros entre o SINAES e os IFs no âmbito da avaliação. A análise parcial da pesquisa mostra a existência de lacunas em cinco das dez dimensões avaliativas propostas pelo SINAES, apontando a urgência da reflexão no conceito de verticalização, para que os instrumentos de avaliação atendam às singularidades dos IFs.

Palavras-chave


Institutos Federais, SINAES, Avaliação institucional, Regulação, Gestão da educação pública.

Texto completo:

PDF

Referências


BERNSTEIN, B. Pedagogía, Control Simbólico e Identidad. Madrid: Morata, 1998.

BRASIL. Ministério da Educação. Concepção e Diretrizes, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia. PDE. Brasília, 2008.

BRASIL. Ministério da Educação/Inep– Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. SINAES – Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior: da concepção à regulamentação. 5. ed. Brasília: Inep, 2009.

FRIGOTTO, G., CIAVATTA, M.; RAMOS, M. O trabalho como princípio educativo no projeto de educação integral de trabalhadores. In: COSTA, H.; CONCEIÇÃO, M. (Org.). Educação integral e sistema de reconhecimento e certificação educacional e profissional. São Paulo: CUT, 2005.

LEITE, D. Reformas Universitárias. Avaliação institucional participativa. Petrópolis: Vozes, 2005.

PACHECO, Eliezer. Institutos Federais uma revolução na educação profissional e tecnológica. São Paulo: Moderna, 2011.




DOI: https://doi.org/10.15628/rbept.2013.3563

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

RBEPTISSN 2447-1801 (Eletrônico)

Indexação: Latindex - DOAJIresie - Indice de Revistas de Educación Superior e Investigación Educativa - BBE – Bibliografia Brasileira de Educação – (Brasil-Cibec/Inep/MEC)  - ERIH PLUS – European Reference Index for the Humanities and the Social Sciences - Sistema eletrônico de editoração de revistas do IBICT - OasisBr - Portal de Periódicos CAPES/MEC - Diadorim - Sumários.org - LivRe - Catálogo de Periódicos de Livre Acesso - CrossRef -  Google Scholar - WorldCat - Airiti Library - MIAR - Information Matrix for the Analysis of Journals - International Institute of Organized Research (I2OR) - LatinREV - Red Latinoamericana de Revistas Académicas en Ciencias Sociales y Humanidades - Publons - Citefactor - Scientific Indexing Services (SIS) 

Siga a RBEPT: