Panorama da pesquisa em formação de professores: uma análise do que se publica na Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica (RBEPT)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/rbept.2020.11076

Palavras-chave:

Formação de Professores, educação tecnológica, estado da arte.

Resumo

Esta pesquisa pretende apresentar o mapeamento dos artigos relacionados a temática da Formação de Professores publicados no periódico Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica (RBEPT) no período compreendido de 2008 a 2020. No levantamento de dados, realizado no site do periódico pesquisado foram identificados 69 trabalhos que tratam especificamente da temática Formação de Professores. As pesquisas foram divididas em seis categorias: Trabalho Docente, Políticas Públicas e Currículo, Formação Continuada de Professores, Formação Inicial de Professores, Concepções de Docência, Estado da Arte e Identidade Profissional. Evidencia-se que a categoria mais investigada foi Concepções de Docência com 22% do total de pesquisas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

BRZEZINSKI, I. Formação de profissionais da educação no GT 8/Anped. : travessia histórica. Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores, v. 1, p. 1-5, 2009.

CACHAPUZ, António F. Do sentido actual da pesquisa em formação de professores de ciências. In: IV Encontro de Pesquisa em Educação em Ciências, Atas. Bauru, 2003.

CARVALHO, Raquel Aparecida e SHIGUNOV NETO, Alexandre. Uma visão da pesquisa sobre formação de professores no Brasil presente em periódicos da área de educação: análise da produção acadêmica entre os anos de 2000 e 2017. Revista Brasileira de Educação. Itapetininga. Vol. 5, n. 3, 2018.

FERREIRA, Norma Sandra de Almeida. As pesquisas denominadas "estado da arte". Educ. Soc., Campinas, v. 23, n. 79, p. 257-272, ago. 2002.

GUÇÃO, Maria Fernanda Bianco; JESUS, Andréa Cristina Souza de; TAKAHASSHI, Bruno Tadashi; CARNIO, Michel Pisa e NARDI, Roberto. Um panorama sobre a temática da formação de professores de física presente em periódicos da área de ensino de ciências na última década. XIX Simpósio Nacional de Ensino de Física (SNEF), Manaus, 2011.

MEGID NETO, J. Tendências da pesquisa acadêmica sobre o ensino de Ciências no nível fundamental. 1999. 365 p. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1999.

MEGID NETO, Jorge; CARVALHO, Luiz Marcelo. Pesquisas de estado da arte: fundamentos, características e percursos metodológicos. In: ESCHENHAGEN, G. M. L.; VÉLEZ-CUARTAS, G.MALDONADO, C.; PINO, G.G (Edits).Construcción de problemas de investigación: diálogos entre el interior y el exterior. Universidad Pontifica Bolivariana / Universidad de Antioquia: Medellin, 2018. p. 97-113.

ROMANOWSKI, JoanaPaulin e ENS, Romilda Teodora. AS PESQUISAS DENOMINADAS DO TIPO “ESTADO DA ARTE” EM EDUCAÇÃO. Revista Diálogo Educacional, [S.l.], v. 6, n. 19, p. p. 37-50, jul. 2006. ISSN 1981-416X. Disponível em: <https://periodicos.pucpr.br/index.php/dialogoeducacional/article/view/24176>. Acesso em: 29 ago. 2018.

SALEM, Sonia e KAWAMURA, Maria Regina D. Estado da arte dos estados da arte da pesquisa em ensino de Física. VII Encontro Nacional de Pesquisas em Educação de Ciências. Florianópolis, 2009.

SALEM, Sonia. Perfil, evolução e perspectivas da pesquisa em ensino de física no Brasil. Tese de doutorado. Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012.

SEVERINO, Antonio J. Metodologia do trabalho científico. São Paulo: Cortez & Moraes, 1986.

Downloads

Publicado

18/12/2020

Como Citar

SHIGUNOV NETO, A. Panorama da pesquisa em formação de professores: uma análise do que se publica na Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica (RBEPT). Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, [S. l.], v. 2, n. 19, p. e11076, 2020. DOI: 10.15628/rbept.2020.11076. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/11076. Acesso em: 4 dez. 2022.

Edição

Seção

DOSSIÊ - Trabalho-Educação: possibilidades investigativas na pós-graduação stricto sensu