Um estudo sobre a evasão nos cursos de graduação dos Institutos Federais

Elisângela de Souza, Lourdes Francisca Freitas

Resumo


A evasão nos cursos de graduação é ainda um problema que afeta as instituições brasileiras. Os Institutos Federais de Ciência e Tecnologia ofertam cursos superiores especialmente na área tecnológica. O artigo apresenta uma análise descritiva dos estudantes matriculados no ensino superior dos Institutos Federais, utilizando os dados do Censo da Educação Superior do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), com o propósito de observar os perfis de evasão. No período pesquisado, 17,2% dos universitários haviam desistido do curso. Os resultados revelaram que, alguns grupos destacaram-se com proporções maiores de evasão, quando comparados ao total, como por exemplo, estudantes do curso à distância.

Palavras-chave


Evasão. Ensino Superior. Institutos Federais.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Onília Cristina de Souza; ABBAD, Gardênia; MENESES, Pedro Paulo Murce; ZERBINI, Thaís. Evasão em cursos a distância: fatores influenciadores. Revista Brasileira de Orientação Profissional, v. 14, n. 1, p. 19-33, 2013.

BARDAGI, Marucia; HUTZ, Claudio Simon. Evasão universitária e serviços de apoio ao estudante: uma breve revisão da literatura brasileira. Psicologia Revista, v. 14, n. 2, p. 279-301, 2005. Disponível em:. Acesso em: 09 jun. 2020.

BRASIL. Decreto nº 6.096, de 24 de abril de 2007. Institui o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais – REUNI. Diário Oficial da União, Brasília, 25 abr. 2007. Disponível em: . Acesso em 28 abr. 2020.

BRASIL. Decreto Nº 7.234, de 19 de julho de 2010. Dispõe sobre o Programa Nacional de Assistência Estudantil - PNAES. Disponível em: Acesso em 12 maio 2020.

BRASIL. Lei nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008. Institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, cria os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 30 dez. 2008. Disponível em: . Acesso em: 28 abr. 2020.

BRASIL. Ministério da Educação/Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (SETEC/MEC). Documento orientador para a superação da evasão e retenção na rede federal de educação profissional, científica e tecnológica. Brasília, 2014, 52 f. Disponível em: Acesso em: 13 maio 2020.

BRASIL. Ministério da Educação/Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (SETEC/MEC). Portaria nº 8, de 28 de maio de 2019. Institui e regulamenta a Comissão Permanente de Acompanhamento das Ações de Permanência e o Êxito dos Estudantes de Rede Federal e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília 3 de jul. 2019 a. Disponível em:. Acesso em :13 maio 2020.

BRASIL. Ministério da Educação/Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (SETEC/MEC). Relatório Anual de Análise dos Indicadores de Gestão das Instituições Federais de Educação Profissional, Científica e Tecnológica - Exercício 2018, SETEC/MEC, 2019b. Disponível em: . Acesso em: 01 maio 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia: concepção e diretrizes. Brasília: MEC/SETEC, 2010. Disponível em: Acesso em: 13 jun. 2020.

BRASIL. Tribunal de Contas da União. Acórdão nº 506/2013 -TCU. Plenário, de 13 de março de 2013. Brasília, DF: 13 de março de 2013 Disponível em: Acesso em: 13 maio 2020.

DIAS, Ellen Christine Moraes; THEÓPHILO, Carlos Renato; LOPES, Maria Aparecida Soares. Evasão no ensino superior: estudo dos fatores causadores da evasão no curso de Ciências Contábeis da Universidade Estadual de Montes Claros– Unimontes –MG. In: Congresso USP de Iniciação Científica em Contabilidade, São Paulo, SP. 2010.

FERES JÚNIOR, João; DAFLON, Verônica Toste; CAMPOS, Luiz Augusto. Ações Afirmativas Raciais no Ensino Superior Público Brasileiro: um panorama analítico. Cadernos de Pesquisa, v. 43, n. 148, p. 302-327, jan. /abr., 2013. Disponível em: . Acesso em: 20 abr. 2020.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GUERRA, Lenin Cavalcanti Brito; FERRAZ, Rita Maria Correia; MEDEIROS, Jássio Pereira. Evasão na educação superior de um instituto federal do nordeste brasileiro. Revista Eletrônica de Educação, v. 13, n. 2, p. 533-553, 2019

HERINGER, Rosana. Democratização da educação superior no Brasil: das metas de inclusão ao sucesso acadêmico. Revista Brasileira de Orientação Profissional, v. 19, n. 1, p. 7-17, 2018. Disponível em: Acesso em: 28 abr. 2020.

INEP. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira Manual para classificação de cursos de Graduação e sequenciais: CINE Brasil 2018. Brasília: Inep, 2019a.

INEP. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Ministério da Educação. Microdados do Censo da Educação Superior 2018. Brasília: MEC/INEP, 2019b. Disponível em: Acesso em: 12 abr. 2020.

INEP. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Censo da Educação Superior 2018: notas estatísticas. Brasília, 2019c. Disponível em:. Acesso em 29 abr. 2020

KLEIN, Ruben. Produção e utilização de indicadores educacionais: metodologia de cálculo de indicadores do fluxo escolar da educação básica. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, v. 84, n. 206-07-08, 2003.

LI, Denise Leyi. O novo ENEM e a plataforma SiSU: Efeitos sobre a migração e a evasão estudantil. Dissertação de Mestrado, Programa de Pós-Graduação em Economia. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: Acesso em: 07 maio 2020.

LIMA, Fernanda Bartoly Gonçalves. A Formação de Professores nos Institutos Federais: perfil da oferta. Revista Eixo, v. 2, n. 1, p. 83-105, 2013. Disponível em: Acesso em 14 jun. 2020.

LOBO, Maria Beatriz de Carvalho Melo. Panorama da evasão no ensino superior brasileiro: aspectos gerais das causas e soluções. Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior. Cadernos, v. 25, 2012.Disponível em: . Acesso em: 28 abr. 2020.

MELO, Hildete Pereira de. “Gênero e a perspectiva regional na educação superior brasileira” In Simpósio Gênero e Indicadores da Educação Superior Brasileira. Brasília: INEP, 2008. Disponível em: . Acesso em 06 mai. 2020.

MENDES JUNIOR, A. A. F. Uma análise da progressão dos alunos cotistas sob a primeira ação afirmativa brasileira no ensino superior: o caso da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Ensaio: aval. pol. públ. Educ., Rio de Janeiro, v.22, n. 82, p. 31-56, jan. /mar. 2014, p. 31-56. Disponível em: Acesso em: 29 abr. 2020.

MOORE, Michael; KEARSLEY, Greg. Educação a Distância: uma visão integrada. São Paulo: Thomson Pioneira, 2008.

MORAES, Gustavo Henrique et al. Plataforma Nilo Peçanha: guia de referência metodológica. Brasília/DF: Editora Evobiz, 2018.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS (ONU). Transformando Nosso Mundo: A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. Disponível em: . Acesso em 12 jun. 2020.

OTRANTO, Celia Regina. Criação e implantação dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia–IFETs. Revista Retta, n. 1, p. 89-110, 2010.Disponível em: . Acesso em 10 jun. 2020.

PLATAFORMA NILO PEÇANHA. Rede Federal de Educação profissional Científica e Tecnológica. SETEC/MEC. Disponível em: . Acesso em: 29 abr. 2020.

SENKEVICS, Adriano Souza; MACHADO, Taís de Sant´Anna; OLIVEIRA, Adolfo Samuel. A cor ou raça nas estatísticas educacionais: uma análise dos instrumentos de pesquisa do INEP. Brasília, DF: INEP, 2016. 48 p. (Texto para Discussão nº 41).

SILVA FILHO, Roberto Leal Lobo; MOTEJUNAS, Paulo Roberto; HIPÓLITO, Oscar; LOBO, Maria Beatriz de Carvalho Melo. A evasão no ensino superior brasileiro. Cadernos de pesquisa, v. 37, n. 132, p. 641-659, 2007. Disponível em: Acesso em: 25 abr. 2020.

SOUZA, Elisângela de. Política de reserva de vagas nas universidades públicas: uma análise do perfil dos estudantes e escolha de carreira, 2015, 193 f. Dissertação (Mestrado em Estudos Populacionais e Pesquisas Sociais). Escola Nacional de Ciências Estatísticas. - Rio de Janeiro, 2015.Disponível em: . Acesso em: 2 jun. 2020.

SOUZA, Francisco das Chagas Silva; SILVA, Silvia Helena dos Santos Costa. Institutos Federais: expansão, perspectivas e desafios. Revista Eletrônica Científica Ensino Interdisciplinar, v. 2, n. 5, p. 17-26, 2016. Disponível em:. Acesso: 10 jun. 2020.




DOI: https://doi.org/10.15628/rbept.2021.10757

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2021 Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

RBEPTISSN 2447-1801 (Eletrônico)

Indexação: Latindex - DOAJIresie - Indice de Revistas de Educación Superior e Investigación Educativa - BBE – Bibliografia Brasileira de Educação – (Brasil-Cibec/Inep/MEC)  - ERIH PLUS – European Reference Index for the Humanities and the Social Sciences - Sistema eletrônico de editoração de revistas do IBICT - OasisBr - Portal de Periódicos CAPES/MEC - Diadorim - Sumários.org - LivRe - Catálogo de Periódicos de Livre Acesso - CrossRef -  Google Scholar - WorldCat - Airiti Library - MIAR - Information Matrix for the Analysis of Journals - International Institute of Organized Research (I2OR) - LatinREV - Red Latinoamericana de Revistas Académicas en Ciencias Sociales y Humanidades - Publons - Citefactor - Scientific Indexing Services (SIS) 

Siga a RBEPT: