VISÃO DOS LICENCIANDOS EM QUÍMICA SOBRE O USO DAS UNIDADES DE ENSINO POTENCIALMENTE SIGNIFICATIVAS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2020.9599

Palavras-chave:

Aprendizagem Significativa, Unidades de Ensino Potencialmente Significativas, Licenciandos em Química.

Resumo

A efetiva melhoria do processo de ensino e aprendizagem ocorre pela intervenção do professor e pelo contínuo aprimoramento sobre sua prática pedagógica em ações de educação inicial e continuada. Assim, o meio escolar é um ambiente propício à pesquisa e à investigação do potencial de diferentes metodologias. Nesse sentido, as Unidades de Ensino Potencialmente Significativas (UEPS) – sequências de ensino fundamentadas teoricamente – estão voltadas para a aprendizagem significativa, uma vez que podem estimular a pesquisa aplicada em ensino, aquela voltada diretamente à sala de aula. Neste trabalho são apresentados resultados da análise do uso das UEPS, através de uma oficina pedagógica, para estudantes do curso de Licenciatura em Química com o intuito de avaliar em que medida a estratégia pode ser vista por estes para abordar conteúdos químicos. Adotamos neste trabalho a pesquisa quantitativa, com o uso da escala de Likert e qualitativa, a partir da pesquisa ativa, na forma de pesquisa-ação. Os dados quantitativos foram tratados segundo a estatística clássica, usando como medidas de centralidade, a média aritmética e desvio padrão. Com isso, o objetivo foi apresentar aos futuros docentes uma estratégia de ensino diferenciada, que possibilite uma aprendizagem significativa e analisar de que maneira a estratégia foi percebida por estes. Após a avaliação da ação, foi possível compreender que os discentes perceberam as UEPS como interessantes para serem utilizadas em suas aulas. Entretanto, foram consideradas pouco viáveis, em virtude de aspectos relacionados ao tempo destinado à sua preparação e ao não conhecimento da estratégia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Eliani Jordana da Silva Moreira, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, Campus Apodi

Mestre em Ensino pelo Programa de Pós-Graduação em Ensino (POSENSINO), da associação ampla entre UERN/UFERSA/IFRN. Licenciada em Química pelo IFRN. Docente da Educação Básica.  

Luciana Medeiros Bertini, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, Campus Apodi

Doutora e Mestre em Química pela Universidade Federal do Ceará, Licenciada em Química pela Universidade Estadual do Ceará. Docente do Programa de Pós-Graduação em Ensino (IFRN/UFERSA/UERN) e do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, Campus Apodi.

Referências

AUSUBEL, David Paul. Aquisição e retenção de conhecimentos: uma perspectiva cognitiva. Tradução: Lígia Teopisto. Lisboa: Plátano, 2003.

CAGLIARI, Luiz Carlos. Análise Fonológica: Introdução a teoria e a prática. Mercado de Letras, Campinas, 2002.

CARVALHO, Anna Maria Pessoa de & GIL-PÉREZ, Daniel. Formação de professores de ciências. 6 ed. São Paulo: Cortez, 2001.

CARVALHO, Hudson Wallace Pereira de & BATISTA, Ana Paula de Lima & RIBEIRO, Claudia Maria. Ensino e aprendizado de química na perspectiva dinâmico- interativa. Experiências em Ensino de Ciências, v. 2, n. 3, p; 34-47, 2007.

CIRÍACO, Maria das Graças Silva. A formação de professores de química: reflexões teóricas. 5º Encontro de Pesquisa em Educação da UFPI, UFPI, 2009. Disponível em: https://goo.gl/VaVUVR. Acesso em 28 jan 2019.

COSTA, Emilie Saraiva Alves da. Contribuições de uma Unidade de Ensino Potencialmente Significativa UEPS para o ensino de ecologia em escola pública da educação básica. 2013. 257 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências Naturais e Matemática) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013. Disponível em <http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/16112>. Acesso em 20 de ag. de 2017.

HILGER, Thaís Rafaela. & GRIEBELER, Adriane. Uma proposta de unidade de ensino potencialmente significativo utilizando mapas conceituais. Revista Investigações em Ensino de Ciências, v 18 (1), 2013.

HODGE, David Roger & GILLESPIE, David F. Phrase completion: an alternative to Likert scales. Social Work Research, 27 (1), p. 45-55, 2003.

MALDANER, Otavio Aloisio. A formação inicial e continuada de professores de química: professores/pesquisadores. 3. ed. Ijuí: Ed. Unijuí, 2006.

MOREIRA, Marco Antonio. Aprendizagem significativa: a teoria e textos complementares. São Paulo: Livraria da Física, 2011.

MOREIRA, Marco Antonio. Unidades de Ensino Potencialmente Significativas: UEPS. Aprendizagem Significativa em Revista, Porto Alegre, v. 23, n. 2, p. 43-63, 2012.

MOREIRA, Marco Antonio. Aprendizagem significativa. Brasília: Editora da UnB, 1999.

NOVAK, Joseph Donald & GOWIN, D. Bob. Aprender a aprender. Lisboa: Plátano Edições Técnicas, 1996.

NOVAK, Joseph Donald. Uma teoria de educação. São Paulo, Pioneira. Tradução para o português, de M.A. Moreira, do original A theory of education. Ithaca, N.Y., Cornell University, 1977. 252 p.

NÓVOA, António Sampaio da. Professores: imagens do futuro presente. Lisboa: Educa, p. 7-95, 2009.

NUÑEZ, Isauro Beltrán.; RIBEIRO, Raimundo Porfírio. Pensando a aprendizagem significativa: dos mapas conceituais ás redes conceituais. In: BELTRÁN NUÑES, Isauro; Betania Leite Ramalho. (Org.). Fundamentos do ensino-aprendizagem das ciências naturais e da matemática: o novo ensino médio. Porto Alegre: Sulina, 2004. p. 201-225.

PERRENOUD, Paquay. & PAQUAY, Léolpold. & ALTET, Marguerite. & CHARLIER, Évelyne. Formando Professores Profissionais: Quais estratégias? Quais competências? 2. Ed. rev.-Porto Alegre: Artmed Editora, 2001.

PRADELLA, Marcos. Estudo de conceitos da termodinâmica no ensino médio por meio de UEPS. 2014. 120 f. Dissertação (Mestrado profissional) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Física. Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física. Disponível em: <http://hdl.handle.net/10183/108538>. Acesso em 27 de ag. de 2017.

RANZANI, Rosangela.; PESSANHA, Márlon. Metodologias de ensino e avaliação em sequências didáticas produzidas por professores de ciências. IX Congresso Internacional sobre Investigacion en Didáctica de las Ciencias. Girona, Septiember, 2013.

REGIO, Maria de Lourdes Severo. & PEREIRA, Luciana Manzoni & MARASCIULO, Claudia Cavallari & SOUZA, Solange Mainardi de. & JUNIOR SCHUCH, Vitor Francisco. Formação Especial de Professores: Avaliação de Resultados em uma Universidade Federal. XIII Coloquio de Gestión Universitaria en Américas. Rendimientos académicos y eficacia social de la Universidad, Buenos Aires, 2013.

SCHÖN, Donald Alan. Formar professores como profissionais reflexivos. In NÓVOA, A. (org.) Os professores e sua formação (pp. 77-91). Lisboa: Dom Quixote, 1995.

SILVA, Márcia Gorette Lima da & NÚÑEZ, Isauro Beltrán. Concepções alternativas dos estudantes. Natal: SEDIS/ UFRN, 2007.

SILVA, Schana Andréia da. Elaboração e avaliação de material didático para apoio no ensino de cálculo estequiométrico em um curso técnico de química. 2015. 86 f. Monografia (Licenciatura em Química) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2015.

Downloads

Publicado

31/12/2020

Como Citar

Moreira, E. J. da S., & Bertini, L. M. (2020). VISÃO DOS LICENCIANDOS EM QUÍMICA SOBRE O USO DAS UNIDADES DE ENSINO POTENCIALMENTE SIGNIFICATIVAS. HOLOS, 8, 1–17. https://doi.org/10.15628/holos.2020.9599

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)