A LUDIFICAÇÃO NO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM

RODLENE KRISTEL ALMEIDA ROCHA DE OLIVEIRA, Antonio Nilson Gomes Moreira

Resumo


O ambiente virtual de aprendizagem (AVA) consiste em locus onde se processa grande parte das interações professor-aluno e aluno-aluno em cursos de Educação a Distância (EaD). Todavia, tem se percebido que esses espaços ainda são disponibilizados aos cursistas com forma e aparência que podem ser caracterizadas como fria, estática e pouco envolvente, carecendo de elementos que os tornem mais atrativos aos cursistas.  Diante dessa constatação, esta pesquisa analisa a ludificação como uma das diversas estratégias pedagógicas que podem ser aplicadas ao AVA, objetivando apontar técnicas que venham a ser significativas para melhorar a qualidade da interação com o objeto “exercício”. A análise foi desenvolvida a partir do AVA da Universidade Estadual do Ceará, em seus cursos de EaD, e ainda com pesquisa de cunho bibliográfico, por autores que desenvolveram a ideia de ludificação. Foram identificadas sete técnicas: pontos de experiência; pontos de habilidade; pontos de carma; níveis do jogo; narrativa; desafios (missões); e medalhas (conquistas) as quais, inseridas no AVA, poderão contribuir para a interação e a aprendizagem dos educandos.


Palavras-chave


O ambiente virtual de aprendizagem (AVA) consiste em locus onde se processa grande parte das interações professor-aluno e aluno-aluno em cursos de Educação a Distância (EaD). Todavia, tem se percebido que esses espaços ainda são disponibilizados aos cursi

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Marcela Alves de, 2014. Ambientes interativos: a relação entre jogos e design para a interação. 253f. Tese (Doutorado) – Núcleo de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte.

BBVA INNOVATION EDGE, 2012. Gamification: The business of fun. Madrid: BBVA Innovation Center.

BIERMAN, H. Scott; FERNANDEZ, Luis, 2011. Teoria dos Jogos. 2ª Ed. São Paulo: Pearson

CARVALHO, Marcelo Sávio Revoredo Menezes, 2006. A trajetória da Internet no Brasil: do surgimento das redes de computadores à instituição dos mecanismos de governança. 261f. Tese (Doutorado) – Núcleo de Pós-graduação em Engenharia, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.

ECK, Richard Van, 2006. Digital game-based learning: It's not just the digital natives who are restless. EDUCAUSE review, v. 41, n. 2, p. 16.

FARDO, Marcelo Luis, 2013. A Gamificação aplicada em ambientes de aprendizagem. RENOTE, v. 11, n. 1.

FARDO, Marcelo Luís, 2014. A gamificação como estratégia pedagógica: estudo de elementos dos games aplicados em processos de ensino e aprendizagem. Dissertação de Mestrado. Universidade de Caxias do Sul.

GARDNER, Howard; MELERO NOGUÉS, María Teresa (traductor), 1995. Inteligencias múltiples: la teoria en la práctica. Barcelona: Paidós.

KIM, Jung Tae; LEE, Won-Hyung, 2013. Dynamical Model and Simulations for Gamification of Learning. International Journal of Multimedia and Ubiquitous Engineering, v. 8, n. 4, p. 179-190.

KLOCK, Ana Carolina Tomé, et. al., 2014. Análise das técnicas de Gamificação em Ambientes Virtuais de Aprendizagem. RENOTE. v. 12, n. 2.

MARTINS, T.; NERY FILHO, J.; VIEIRA, F.; PONTES, E, 2014. A Gamificação de conteúdos escolares: uma experiência a partir da diversidade cultural brasileira. In: X Seminário de Jogos Eletrônicos, Educação e Comunicação. Anais do X Seminário de Jogos Eletrônicos, Educação e Comunicação. Salvador.

MORENO, Julián; PINEDA, Andrés F.; MONTOYA, Luis F. Minerva, 2015. Ludificación con Manejo de Errores Conceptuales en Sistemas de Gestión de Aprendizaje. Conferencias LACLO, v. 5, n. 1.

MUNHOZ, Antonio Siemsen, 2013. O estudo em ambiente virtual de aprendizagem: um guia prático. Curitiba: InterSaberes.

QUADROS, Gerson Bruno Forgiarini de, 2013. Gamificando os processos de ensino na rede. In: Anais do Congresso Nacional Universidade, EAD e Software Livre.

RAU, Maria Cristina Trois Dorneles, 2012. A ludicidade na educação: uma atitude pedagógica. Curitiba: Editora Saberes.

ROQUE, Alexandre dos Santos; SANTOS, Cristina Paludo; GEISS, Eno, 2013. GameLearning e suas Contribuições ao Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle. Revista Nuevas Ideas en Informática Educativa TISE.

SANTINELLO, Jamile, 2015. Ensino superior em ambientes virtuais de aprendizagem (AVAs): formação docente universitária em construção. Paraná: Editora Intersaberes.

ZICHERMANN, Gabe; CUNNINGHAM, Christopher, 2011. Gamification by Design. Implementing Game Mechanics in Web and Mobile Apps. Canada: O’ReillyMedia.




DOI: https://doi.org/10.15628/holos.2019.6049



 

HOLOS IN THE WORLD