O BACHAREL E A DOCÊNCIA: AS INFLUÊNCIAS DA PÓS-GRADUAÇÃO NA CARREIRA PROFISSIONAL

Vivianne Souza de Oliveira Nascimento

Resumo


Temos o objetivo de discorrer sobre os caminhos percorridos por bacharéis à docência no Ensino Superior, em especial, sobre como a pós-graduação influenciou nas trajetórias que os conduziram à docência, considerando que, nesse percurso, imagens e experiências sobre ser professor se constroem e contribuem para suas ações como docentes. Questionamos o que tem conduzido um profissional com formação em curso de bacharelado a exercer a profissão docente. Realizamos uma pesquisa qualitativa com base na metodologia da Entrevista Compreensiva com treze professores com formação em bacharelado que atuam como docentes no Ensino superior da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. A Entrevista Compreensiva foi a metodologia eleita por considerá-la capaz de possibilitar a compreensão da multiplicidade de sentidos que conduziram os bacharéis a atuarem como docentes, assim como auxiliará o entendimento sobre às relações entre a sua formação como Bacharel e o exercício da docência universitária. Por meio das análises das falas dos entrevistados, pode ser percebido que os professores relatam sobre a importância da Pós-graduação para a docência universitária, considerando-a como caminho que conduz o bacharel a profissão docente, embora haja a necessidade da ampliação da discussão sobre o atual perfil formativo dos programas de Pós-graduação no Brasil.


Palavras-chave


Formação docente, Ensino Superior, Bacharel docente.

Texto completo:

PDF

Referências


ALEXANDRE (2011). Entrevista. Entrevistado por OLIVEIRA, V.S. Natal, fevereiro.

AUGÉ, M. (1999). O sentido dos outros: atualidade da antropologia. Petrópolis, RJ: Vozes.

BIANCHETTI, L., & MACHADO, A. M. (Orgs.). (2006). A bússola do escrever: desafios e estratégias na orientação de teses e dissertações. São Paulo: Cortez.

CUNHA, A. M. O., BRITO, T. A. R., & CICILLINI, G. A. (2006). Dormir aluno (a) acordei professor: Interfaces da formação para o exercício do ensino superior. In: SILVA, J.R.; O.LIVEIRA, J. F., & MANCEBO, D. (Orgs.). Reforma Universitária: Dimensões e perspectivas. São Paulo: Alínea e Átomo.

Decreto nº 6.096, de 24 de abril de 2007. Institui o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais- REUNI. Recuperado de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2007/decreto/d6096.htm.

ELIAS, N. (1998). Envolvimento e Alienação. Rio de Janeiro. Bertrand Brasil.

GARCÍA, C. M. (1999). Formação de Professores: para uma mudança educativa. Porto: Porto Editora.

HENRIQUE. (2011). Entrevista. Entrevistado por OLIVEIRA, V.S. Natal, Janeiro.

HOUSSAYE, J. (Org.). (2004). Manifesto a favor dos Pedagogos. Porto Alegre: Artmed.

INEP. (2006). Educação Superior Brasileira 2001-2004 −. Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira.

KAUFMANN, Jean-Claude. L´entretetien compréheusif. Paris: Nathan, 1996.

LAURA. Entrevista. (2011). Entrevistado por OLIVEIRA, V.S. Natal, Janeiro.

Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Recuperado de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9394.htm

Lei nº 9.870 de 23 de novembro de 1999. Dispõe sobre o valor total das anuidades escolares e dá outras providências. Recuperado de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9870.htm

LUIZ. Entrevista. (2011) Entrevistado por OLIVEIRA, V.S. Natal, Janeiro.

MALAGRIS L. E. N.; SUASSUNA, A. T. R., & BEZERRA, D. V . (2009, Abril). Níveis de estresse e características sociobiográficas de alunos de pós-graduação. Psicologia em Revista, Belo Horizonte, v. 15, n. 1, p. 184-203.

MEC. (2008). REUNI 2008: Relatório do primeiro ano. Brasília: MEC/ SEsu/ DIFES.

NÓVOA, António (Org.). (1995). Profissão professor. Porto: Porto editora.

PIMENTA, S. G., & ANASTASIOU, L. G. C. (2005). Docência no ensino superior. São Paulo: Cortez.

PIMENTA, Selma Garrido (Org.) (2007). Saberes pedagógicos e atividade docente. São Paulo: Cortez.

RAQUEL. Entrevista.(2011). Entrevistado por OLIVEIRA, V.S . Natal, Janeiro.

SGUISSARDI, Valdemar (Org.). (2000). Educação superior:Velhos e novos desafios. São Paulo: Xamã.

SILVA, R. F. (2006). Compreender a “entrevista compreensiva”. Revista Educação em Questão, Natal, v. 26, n 12, p. 31- 50.

SOPHIA. Entrevista. (2011). Entrevistado por OLIVEIRA, V.S. Natal, Janeiro.




DOI: https://doi.org/10.15628/holos.2017.5738



 

HOLOS IN THE WORLD