UMA ANÁLISE DAS CONCEPÇÕES TEÓRICAS SOBRE QUALIDADE DA EDUCAÇÃO NA AMÉRICA LATINA A PARTIR DE PUBLICAÇÕES DA UNESCO (1966-2008)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2019.4332

Palavras-chave:

Políticas educacionais, qualidade da educação, avaliação em larga escala, UNESCO, América Latina.

Resumo

A qualidade da educação vem sendo objeto de pesquisas pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura – UNESCO, especialmente, a partir dos anos 1990, associada intimamente ao projeto de “Educação Para Todos - EPT” e identificada como um direito humano fundamental. Analisamos concepções teóricas sobre a qualidade da educação na América Latina, a partir de publicações da UNESCO, entre 1966 e 2008, através da metodologia histórico-crítica. Nosso objetivo principal neste trabalho foi apresentar concepções teóricas sobre qualidade da educação que se destacaram nas pesquisas da UNESCO sobre a América Latina. Podemos evidenciar nas publicações da UNESCO e dos seus órgãos regionais, as influências dos paradigmas positivista, do comportamentalista-behaviorista e da pedagogia das competências, preferindo uma concepção sobre a qualidade da educação através de uma forma operacional (de dimensões) e de indicadores. Constatamos, também, que a maior parte das concepções teóricas sobre a qualidade educacional latino-americana prescinde de uma base filosófica na sua definição conceitual. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Edson Leandro Hunoff Tavares, PPG em Educação da UNISINOS

Mestre em Educação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS

Graduou-se em História pela Faculdade Porto-alegrense de Educação, Ciências e Letras - FAPA

Berenice Corsetti, PPG em Educação da Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS

Graduação em História pela Univesidade de Caxias do Sul (1968), Mestre em História pela Universidade Federal Fluminense (1983), Doutorado e Pós-Doutorado em Educação pela Unversidade estadual de campinas (1998 e 2010). É Bolsista Produtividade em Pesquisa CNPQ e Profª Titular da Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS no PPG em Educação, na Linha de Pesquisa "Educação, História e Políticas" . Integra o Comitê de Ética em Pesquisa da UNSINOS. Desenvolve investigações em temáticas relaconadas à História da Educação e às Políticas Educacionais.

 
 

Referências

ANDERSON, P. Balanço do Neoliberalismo. (1995). In Pós-neoliberalismo. As políticas sociais e o Estado democrático. Emir Sader & Pablo Gentili (orgs.) Rio de Janeiro : Paz e Terra,.

CHINAPH, V. (2000). Rendimento e Aprendizagem: construção de competencias. Campinas, São Paulo : Autores Associados, Brasília: UNESCO.

CUÉLLAR, G. R. (2008). Reflexiónes Desde la Experiência Mexicana em Evalución Educativa. In: Reflexiones en Torno a la Evaluación de la Calidad Educativa en América Latina y el Caribe. Santiago/Chile: Oficina Regional de Educación de la UNESCO para América Latina y el Caribe (OREALC/UNESCO Santiago) y el Laboratorio Latinoamericano de Evaluación de la Calidad de la Educación (LLECE), septiembre, p. 49-66.

DELORS, J. (2001). Educação: um tesouro a descobrir. Relatório para a UNESCO da Comissão Internacional sobre Educação para o século XXI. São Paulo: Cortez.

GENTILI, P. (2009). O Direito à Educação e as Dinâmicas de Exclusão na América Latina. Educação e Sociedade, vol. 30, nº 109, São Paulo: Cortez; Campinas: Cedes, p. 1059-1079.

GORENDER, J. (1995). Estratégias dos Estados Nacionais Diante do Processo de Globalização. Revista de Estudos Avançados da USP. São Paulo, nº 9 (25).

MARTINIC, S. (2008) Información, participación y enfoque de derechos. In: Reflexiones en Torno a la Evaluación de la Calidad Educativa en América Latina y el Caribe. Santiago/Chile: Oficina Regional de Educación de la UNESCO para América Latina y el Caribe (OREALC/UNESCO Santiago) y el Laboratorio Latinoamericano de Evaluación de la Calidad de la Educación (LLECE), septiembre, p. 13-34.

POGGI, M. (2008). Hacia la construcción de nuevas estrategias de evaluación de la calidad educativa en América Latina. In: Reflexiones en Torno a la Evaluación de la Calidad Educativa en América Latina y el Caribe. Santiago/Chile: Oficina Regional de Educación de la UNESCO para América Latina y el Caribe (OREALC/UNESCO Santiago) y el Laboratorio Latinoamericano de Evaluación de la Calidad de la Educación (LLECE), septiembre, p. 35-48.

UNESCO. (2008). Reflexiones en torno a la evaluación de la calidad educativa en América Latina y el Caribe. Santiago, Chile: Oficina Regional de Educación de la UNESCO para América Latina y el Caribe (OREALC/UNESCO Santiago) y el Laboratorio Latinoamericano de Evaluación de la Calidad de la Educación (LLECE), 2008.

UNESCO. (2007). Situación Educativa de América Latina y el Caribe: garantizando la Educación de Calidad para Todos. Informe Regional de Revisión y Evaluación del Progreso de América Latina y el Caribe hacia la Educación para Todos en el marco del Proyecto Regional de Educación (EPT/PRELAC). Santiago, Chile: Oficina Regional de Educación de la UNESCO para América Latina y el Caribe (OREALC/UNESCO Santiago) y el Laboratorio Latinoamericano de Evaluación de la Calidad de la Educación (LLECE), 2007.

UNESCO, OREALC. (2008). Educação de Qualidade Para Todos: um assunto de direitos humanos. 2.ed. Brasília.

_____. (1998). Declaração Mundial sobre Educação para Todos: satisfação das necessidades básicas de aprendizagem, Jomtien, 1990. Disponível em <http://unesdoc.UNESCO.org/images/0008/000862/086291por.pdf.[11 abr. 2011].

_____. (2011). Educação Para Todos: o compromisso de Dakar. Brasília: UNESCO, CONSED, Ação Educativa.

_____. (1966). Educación y Desarrollo en América Latina - Bases para una Política Educativa. Buenos Aires: Solar/Hachete.

_____. (1974). Educar Para o Futuro. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas.

_____. (1991). Informe mundial sobre la educación. Santillana/UNESCO.

_____. (2005). Relatório de Monitoramento Global de EPT 2005: educação para todos - o imperativo da qualidade. Tradução B&C Revisão de Textos S/C Ltda. São Paulo: Moderna.

RISOPATRÓN, V. E. (1991). El Concepto de Calidad de la Educacion. Santiago, Chile: UNESCO/OREALC.

SAVIANI, D. (2008). História das Ideias Pedagógicas no Brasil. Campinas/SP: Autores Associados.

TAVARES, E. L. H. (2013). Avaliação em Larga Escala e Qualidade da Educação: um estudo a partir da visão dos sujeitos da Rede Escolar Municipal De Cachoeirinha/RS. 2013, 209 f. Dossertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS).

VALDES, H. (2008). Hacia una evalución del desarrollo y formación corporal, racional y emocional del ser humano: o caso de Cuba. In: Reflexiones en torno a la evaluación de la calidad educativa en América Latina y el Caribe. Publicado por la Oficina Regional de Educación de la UNESCO para América Latina y el Caribe (OREALC/UNESCO Santiago) y el Laboratorio Latinoamericano de Evaluación de la Calidad de la Educación (LLECE).

Downloads

Publicado

03/12/2019

Como Citar

Tavares, E. L. H., & Corsetti, B. (2019). UMA ANÁLISE DAS CONCEPÇÕES TEÓRICAS SOBRE QUALIDADE DA EDUCAÇÃO NA AMÉRICA LATINA A PARTIR DE PUBLICAÇÕES DA UNESCO (1966-2008). HOLOS, 1, 1–18. https://doi.org/10.15628/holos.2019.4332

Edição

Seção

ARTIGOS