UMA EXPERIÊNCIA DIDÁTICA ATRAVÉS DA FERRAMENTA STOP MOTION PARA O ENSINO DE MODELOS ATÔMICOS

Autores

  • Taís Arthur Corrêa Universidade do Estado de Minas Gerais, unidade Frutal
  • Heytor Lemos Martins Universidade do Estado de Minas Gerais, unidade Frutal
  • Rodrigo Ney Millan Universidade do Estado de Minas Gerais, unidade Frutal
  • Antônio Carlos Marangoni Universidade do Estado de Minas Gerais, unidade Frutal

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2020.9986

Palavras-chave:

Audiovisual, Prática pedagógica, Química, TIC’s.

Resumo

A sociedade contemporânea vivencia evoluções culturais e tecnológicas nas quais as instituições de ensino e os pesquisadores têm buscado adequação e instrumentalização frente as suas demandas. Neste sentido as Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) aliadas ao lúdico, apresentam-se como uma ferramenta pedagógica atrativa e favorável para a construção de conhecimento como, por exemplo, para conceitos teóricos e abstratos dentro da disciplina de química. Neste contexto, o presente trabalho teve como objetivo trabalhar a Técnica Cinematográfica Stop Motion com alunos do ensino médio, como recurso audiovisual e instrumento pedagógico, abordando o conteúdo didático “Evolução dos Modelos Atômicos”. O trabalho resultou na produção de 6 (seis) micrometragens de animação que permitiram a síntese dos conceitos, reflexão sobre conteúdos explorados, a interação do estudante com a ciência de forma lúdica, além da efetivação de uma importante ferramenta no processo de construção do conhecimento e sua consequente aplicação de forma prática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Taís Arthur Corrêa, Universidade do Estado de Minas Gerais, unidade Frutal

Doutora em Química pela Universidade Federal de Juiz de Fora UFJF/MG (Brasil); Professora de Educação Superior, nível IV-A, da Universidade do Estado de Minas Gerais UEMG/unidade Frutal (Brasil); Coordenadora de Área Colaboradora do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência PIBID/UEMG, Subprojeto Interdisciplinar Ciências Biológicas/Química; Membro do Mestrado em Ciências Ambientais da UEMG. E-mail: tais.correa@uemg.br

Heytor Lemos Martins, Universidade do Estado de Minas Gerais, unidade Frutal

Graduado em Tecnologia de Produção Sucroalcooleira da Universidade do Estado de Minas Gerais UEMG/unidade Frutal (Brasil); Discente do Programa de Mestrado em Ciências Ambientais da UEMG/Frutal (Brasil). E-mail: heytor.martins@uemg.br

 

 

Rodrigo Ney Millan, Universidade do Estado de Minas Gerais, unidade Frutal

Doutor em Microbiologia Agropecuária pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP/SP (Brasil); Professor de Educação Superior, nível VI-C, da Universidade do Estado de Minas Gerais UEMG/unidade Frutal (Brasil); Membro dos programas de pós-graduação: Mestrado em Ciências Ambientais e Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para a Inovação (PROFNIT) da UEMG. E-mail:rodrigo.millan@uemg.br

Antônio Carlos Marangoni, Universidade do Estado de Minas Gerais, unidade Frutal

Doutor em Ciências pela Universidade de Franca, UNIFRAN/SP (Brasil); Professor  de Educação Superior, nível VI-B, da Universidade do Estado de Minas Gerais UEMG/unidade Frutal (Brasil); Membro do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (COEPE) da UEMG; Membro da Comissão Técnica de Acompanhamento da Avaliação (CTAA/MEC) E-mail: antonio.marangoni@uemg.br

Referências

Brasil. (2008). Orientações Educacionais Complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN+). Ciências da Natureza, Matemática e suas tecnologias. Brasília: MEC. Recuperado de http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/CienciasNatureza.pdf

Costa, M. C., & Souza, M. A. S. (2017). O uso das TICs no processo ensino e aprendizagem na Escola Alternativa “Lago dos Cisnes”. Revista Valore, 2(2), 220-235. https://doi.org/10.22408/reva22201770220-235.

Comazzetto, L. R., Vasconcellos, S. J. L., Perrone, C. M., & Gonçalves, J. (2016). A Geração Y no Mercado de Trabalho: um Estudo Comparativo entre Gerações. Psicologia: ciência e profissão, 36(1), 145-157. https://doi.org/10.1590/1982-3703001352014.

Lorenzi, G. C. C., & Pádua, T. R. W. (2012). Blog nos anos iniciais do fundamental I. In R. Rojo & E. Moura. (Org.) Multiletramentos na escola. São Paulo: Parábola Editorial.

Marangoni, A. C., Araujo-Junior, C. F., Conti, C. L. T. M., Silva, H. J.,& Yamada, M. C. (2017). Flipped Clasroom, um estudo de caso: A produção de vídeos de demonstrações experimentais de física pelos alunos do curso de Engenharia Mecatrônica. In Congresso Internacional ABED de Educação a distância. Recuperado de http://www.abed.org.br/congresso2017/trabalhos/pdf/176.pdf

Martins, G., Galego, L. G. C., & Araujo, C. H. M. (2017). Análise da produção de vídeos didáticos de Biologia Celular em Stop Motion com base na Teoria Cognitiva de Aprendizagem Multimídia. Revista Brasileira de Ensino de Ciência e Tecnologia, 10(3), 185-205. https://doi.org/10.3895/rbect.v10n3.5060.

Martins, J. V. G., Menezes, R. M. T, Terçariol, A. A. L, Gitahy, R. R. C; & Ikeshoji, E. A. B. (2018). The use of mobile in the college classroom: Pedagogy of projects and mobile Technologies in higher education. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, 13(1), 506-526. https://doi.org/10.21723/riaee.nesp1.v13.2018.10047

Melo, M. G. A., Campos, J. S., & Almeida, W. S. (2015). Dificuldades enfrentadas por Professores de Ciências para ensinar Física no Ensino Fundamental. Revista Brasileira de Ensino de Ciências e Tecnologia, 8(4), 241-251. https://doi.org/10.3895/rbect.v8n4.2780.

Meneses, F. M. G., Nuñes, I. B. (2018). Erros e dificuldades de aprendizagem de estudantes do ensino médio na interpretação da reação química como um sistema complexo. Ciência & Educação, 4 (1), 175-190. https://doi.org/10.1590/1516-731320180010012.

Nicola, J. A., & Paniz, C. M. (2016). A importância da utilização de diferentes recursos didáticos no ensino de ciências e biologia. InFor - Inovação e Formação - Revista do Núcleo de Educação a Distância da Unesp, 2(1), 355-381. Recuperado de https://ojs.ead.unesp.br/index.php/nead/article/view/InFor2120167/pdf

Paula, J. P., Paula, J. L.; & Henrique, A. L. S. (2017). O uso do Stop-Motion como prática pedagógica no ensino de geografia no contexto do EMI. Holos, 3, 141-149. https://doi.org/10.15628/holos.2017.5774.

Paz, G. L., Pacheco, H. F., Costa-Neto, C. O., & Carvalho, R. C. P. S. (2010). Dificuldades no ensino-aprendizagem de química no ensino médio em algumas escolas públicas da região sudeste de Teresina. In X Simpósio de produção Científica e IX Seminário de Produção Científica, 2010. Recuperado de http://www.uespi.br/prop/siteantigo/XSIMPOSIO/iniciacao/CCN.html

Reis, I. A., Nascimento, G. S. V., Guimarães, D. M.; Bezerra, G. L. S., Nascimento, S. B. M., Alencar, I. C. C., & Amado, M. V. (2013). O ensino de Biologia sob uma perspectiva CTSA: análise de uma proposta pedagógica de uso de modelos didáticos da divisão celular. In Atas do IX Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências – IX ENPEC (p. 1-8). Águas de Lindóia, SP, Brasil. Recuperado de abrapec/ixenpec/atas/resumos/R1593-1.pdf

Rodrigues, A. C. L. (2019). Uso das tecnologias na escola: Stop Motion como ferramenta de ensino e aprendizagem. Revista de Educação Popular, 18 (2), 252-269. https://doi.org/10.14393/REP-v18n22019-46856

Rodrigues, E. V., & Lavino, D. (2020). Modelagem no ensino de Física via produção de Stop Motion, com o computador Raspberry Pi. Revista Brasileira de Ensino de Física, 42, e20190012. https://doi.org/10.1590/1806-9126-rbef-2019-0012

Santos, J. W. R., Fonseca, A. C. A. B., Silva, D. L. R., Lucas, F. E., Cardos, G. C. S.; Silva, M. R., Benassi, V. M.; & Amaral, H. F. (2015). Bio Quiz: Um jogo didático no auxílio da aprendizagem na disciplina de biologia celular no ensino médio. In SBC - Proceedings of SBGames (p. 722-725). Terezina, PI, Brasil. Recuperado de http://www.sbgames.org/sbgames2015/anaispdf/artesedesign-short/147887.pdf

Seixas, R. H. M., Calabró, L., & Sousa, D. O. (2017). A Formação de professores e os desafios de ensinar Ciências. Revista Thema, 14(1), 289 -303. Http://dx.doi.org/10.15536/thema.14.2017.289-303.413

Silva, I. T. (2016). Formação de professores: práticas pedagógicas com Stop Motion. Monografia, UFSC. Santa Catarina. Recuperado de https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/168840

Souza, D. M. H., & Souza, M. (2018). Stop motion: a linguagem cinematográfica e o processo de ensino-aprendizagem através do celular. Divers@! Revista Eletronica Interdisciplinar, 11(2), 114-123. http://dx.doi.org/10.5380/diver.v11i2.62142

Souza, R. V., & Tolentino-Neto, L. C. B. (2018). O uso das TIC o ensino de Ciências: aplicações tradicionais ou ferramentas cognitivas?. In M. M. A. Souza, & P. R. C. Nóbrega. (Orgs.). Compartilhando saberes: um panorama sobre a produção acadêmica em múltiplas abordagens teórico-metodológicas (pp. 87-98). Curitiba: CRV.

Downloads

Publicado

16/12/2020

Como Citar

Corrêa, T. A., Martins, H. L., Millan, R. N., & Marangoni, A. C. (2020). UMA EXPERIÊNCIA DIDÁTICA ATRAVÉS DA FERRAMENTA STOP MOTION PARA O ENSINO DE MODELOS ATÔMICOS. HOLOS, 6, 1–12. https://doi.org/10.15628/holos.2020.9986

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)