WHATSAPP COMO AMBIENTE DE INTERAÇÕES NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: ENSAIOS DE ENCONTROS SÍNCRONOS E ASSÍNCRONOS

Autores

  • Ivanete Fátima Blauth Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • Nelson Dias Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • Suely Scherer Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2019.6298

Palavras-chave:

Tecnologia do ensino a distância, ambiente de aprendizagem, chat, Educação a Distância.

Resumo

O artigo aborda discussões sobre o uso de tecnologias móveis em processos de Educação a Distância (EaD). O objetivo foi analisar potencialidades de uso do aplicativo WhatsApp, como ambiente para interações, quando utilizado como espaço de fórum e chat. O estudo foi motivado pela importância de considerar o uso de tecnologias digitais na/para a educação e pensar diferentes possibilidades para a prática pedagógica docente. Nos dois ensaios realizados: chat e fórum, se discutiram artigos sobre a docência na EaD, e tiveram como participantes estudantes de um Programa de Pós-graduação. As análises foram realizadas a partir de estudos teóricos sobre interação com o uso de tecnologias móveis e as possibilidades de comunicação nos espaços de chat e fórum. Pode-se considerar o aplicativo estudado como importante ambiente para comunicação, interação e discussão de ideias, sendo passível de ser explorado na prática docente em processos de EaD, ampliando as possibilidades de uso na Educação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

Ally, M. (Ed.). (2009). Mobile learning: Transforming the delivery of education and training. Edmonton: Athabasca University Press. 320 p.

Costa, C. J. de S. A., Paraguaçu, F., & Mercado, L. P. L. (2006). Parâmetros para análise das ferramentas de aprendizagem colaborativa na internet. In: Anais do virtual educa 2006, Bilbao, Espanha, pp. 1-19.

Cordeiro, S. F. N., & Bonilla, M. H. S. (2015). Tecnologias digitais móveis: reterritorialização dos cotidianos escolares. Educar em revista, Curitiba, Brasil, n. 56, p. 259-275, abr./jun. Editora UFPR. Recuperado em Agosto, 2017, de http://www.scielo.br/pdf/er/n56/0101-4358-er-56-00259.pdf.

Keegan, D. (2002). The future of learning: from eLearning to mLearning. Recuperado em agosto, 2017, de http://learning.ericsson.net/mlearning2/project_one/book.html.

Lemos, A. (2004). Cibercultura e mobilidade: a era da conexão. In: Leão, L. (org.). Derivas: cartografias do ciberespaço. São Paulo. Annablume.

Marçal, E., Andrade, R., Rios, R. (2005). Aprendizagem utilizando dispositivos móveis com sistema de realidade virtual. RENOTE: Revista novas tecnologias na educação, 3. Maio.

Masetto, M.T. (2010). Mediação pedagógica e o uso da tecnologia. In: Moran, J.M., Masetto, M. T., & Behrens, M.A. (2010). Novas tecnologias e mediação pedagógica. Campinas, SP: Papirus, 17ª edição.

Moran, J. M. (2013). Desafios que as tecnologias digitais nos trazem. Recuperado em 20 de agosto, 2017 de http://www.eca.usp.br/prof/moran/site/textos/tecnologias_eduacacao/desaf_int.pdf.

Nichele, A. G., & Schlemmer, E. (2015). Percursos de uma prática pedagógica com o uso de tecnologias móveis e sem fio na licenciatura em química. In: 37ª Reunião Nacional da ANPED, 37, 2015, Florianópolis: UFSC. p. 1 - 18.

Oliveira, E.D.S., Anjos, E.G., Oliveira, F.S., Sousa, H.M., & Leite, J.E.R. (2014). Estratégias de uso do whatsapp como um ambiente virtual de aprendizagem em um curso de formação de professores e tutores. Recuperado em agosto, 2017, de http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:http://sistemas3.sead.ufscar.br/ojs/index.php/2014/article/view/835/425&gws_rd=cr&dcr=0&ei=m8CoWaWQFoapmwGZqbugDQ.

Pereira, V. C., Silva, C.B.M., & Maciel, C. (2013). Recursos e atividades para materiais autoinstrucionais em AVA. In: Maciel, C. (org.). Educação a distância: Ambientes virtuais de aprendizagem. Cuiabá: EduFMT.

Silva, E. D. (2008). Gêneros digitais como material didático nas aulas de língua portuguesa. In: Mercado, L. P. L. (org.). Práticas de formação de professores na educação a distância. Maceió: EDUFAL.

Silva, M. G. M. (2013). Mobilidade e construção do currículo na cultura digital. In: Almeida, M.E.B., SILVA, B.D., Dias, P. (org.). Cenários de inovação para a educação na sociedade digital. São Paulo: Edições Loyola.

Downloads

Publicado

24/12/2019

Como Citar

Blauth, I. F., Dias, N., & Scherer, S. (2019). WHATSAPP COMO AMBIENTE DE INTERAÇÕES NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: ENSAIOS DE ENCONTROS SÍNCRONOS E ASSÍNCRONOS. HOLOS, 6, 1–13. https://doi.org/10.15628/holos.2019.6298

Edição

Seção

ARTIGOS