PRODUÇÃO CIENTÍFICA SOBRE ANÁLISE DO DISCURSO NA ENFERMAGEM E REFERENCIAIS TEÓRICOS MAIS UTILIZADOS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2017.3940

Palavras-chave:

Enfermagem, Análise do Discurso, Pesquisa em Enfermagem

Resumo

O objeto deste estudo se constituiu nas evidências científicas sobre a produção científica nacional e internacional da Enfermagem sobre a análise do discurso e os referenciais teóricos mais utilizados. Considerando a natureza do objeto e a problemática apresentada, teve-se como questão norteadora desta pesquisa: Quais as contribuições da análise do discurso para a Enfermagem e quais os autores mais utilizados ao se abordar a análise do discurso na Enfermagem? Ante o exposto, nosso objetivo foi identificar e analisar por meio da literatura científica nacional e internacional, as contribuições científicas da análise do discurso para a Enfermagem e os autores mais utilizados para essa finalidade. Trata-se de um estudo descritivo e exploratório. A apresentação dos resultados e a discussão dos dados obtidos foram feitas de forma descritiva e foram construídas as categorias de análise relacionadas aos referenciais teóricos mais utilizados, as quais apontaram a Análise do Discurso Francesa como a mais prevalente, sendo Michel Foucault o autor mais citado

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Isabel Cristina Adão, IF Sudeste MG

Bacharel em Enfermagem, mestrado em Enfermagem e Doutoranda em Estudos da Linguagem

Ernani Coimbra Oliveira, IF Sudeste MG

Bacharel em Enfermagem; Mestre em Enfermagem; Doutorando em Esudos da Linguagem

Stela Cabral Andrade, IF Sudeste MG

Bacharel em Pedagogia; Mestre em Educação; Doutoranda em Estudos da Linguagem

José Carlos Gonçalves, Universidade Federal Fluminense

Graduação em Letras; Mestrado em Linguística; Doutorado em Linguística; Pós-doutorado em Linguística

Referências

AZEVEDO, Sara D. R. Formação discursiva e discurso em Michel Foucault. Revista Eletrônica de Pesquisa na Graduação em Filosofia da UNESP – FILOGÊNESE, Marília, SP, v.6, n. 2, p. 148-162, 2013 Disponível em: [https://www.marilia.unesp.br/Home/RevistasEletronicas/FILOGENESE/saraazevedo.pdf] Acesso em: 04 dez 2015.

BEEDHOLM, Kirsten; FREDERIKSEN, Kirsten. Discourse analysis and the impact of the philosophy of Enlightnment in nursing research. Nursing Inquiry, Oxford, v.21, n.2, p.112-20, 2014.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Superior. Diretrizes Curriculares para os Cursos de Graduação. Resolução CNE/CES Nº 3, de 7 de novembro de 2001. Disponível em: <http://www.mec.gov.br/sesu/diretriz.htm> Acesso em 28 nov 2015.

CAREGNATO, R. C. A. A Questão Ético-Moral na Formação dos Enfermeiros e Médicos: efeitos de sentidos nos discursos docentes. 2008. 252f. Doutorado. (Doutorado em EducaçãoPorto Alegre: UFRGS, 2008. 252 f. Tese (Doutorado em Educação) Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

COELHO, R. L. Trabalho e subjetividade no contexto hospitalar: Análise institucional do discurso produzido em grupo com profissionais de enfermagem da pediatria. 129f. 2013. Dissertação. (Mestrado em Psicologia) Instituto de Psicologia, Universidade de São Paulo, São Paulo.

COSTA, Roberta; SOUZA, Sabrina S; RAMOS, Flávia R. S; PADILHA, Maria Itayra. Foucault e sua utilização como referencial na produção científica em Enfermagem. Texto Contexto Enferm, Florianópolis, v. 17, n. 4, p. 629 – 637, 2008.

CROWE, Marie. Discourse analysis: towards an understanding of its place in nursing. Journal of Advanced Nursing, Oxford, v.51, n.1, p. 55–63, 2005.

DAHL, Berit M; CLANCY, Anne. Contradictory discourses of health promotion and disease prevention in the educational curriculum of Norwegian public health nursing: A critical discourse analysis. Scandinavian Journal of Public Health. Oslo, v.42, n.1, p. 32-37, 2014.

DAL MOLIN, Rossano S. O exercício da atividade da enfermeira obstétrica: análise do discurso médico no Rio Grande do Sul no ano de 2005. 252f. 2008. Dissertação. (Mestrado em Enfermagem) Escola de Enfermagem, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

DUARTE, Elysangela D; DITTZ, Erika S; SILVA, Barbara C.N; ROCHA, Ludimila L.B. Grupos de apoio às mães de recém-nascidos internados em unidade neonatal. Rev Rene. Fortaleza, v.4, n.3, p.630-638, 2013.

EISENHART, Christopher; JOHNSTONE, Barbara. Análise do discurso e estudos retóricos. Trad. Kelly Cristina de Oliveira e Moisés Olímpio Ferreira. EID&A- Revista Eletrônica de Estudos integrados em Discurso e argumentação. Ilhéus, v.4, p. 112-126, 2013.

FEJES, Andreas. Governing nursing through reflection: A discourse analysis of reflective pratices. J Adv Nurs; 64(3): 243-250, 2008.

FIORIN, José Luiz. Linguagem e ideologia. 3.ed. São Paulo: Ática, 2005.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

FREDERIKSEN, Kirsten; LOMBORG, Kirsten; BEEDHOLM, Kirsten. Foucault's notion of problematization: A methodological discussion of the application of Foucault's later work to nursing research. Nursing Inquiry. Oxford, v. 22, n. 3, p. 202-209, 2015.

FIGUEIREDO, Marília Z. A; CHIARI Brasilia M; GOULART, Bárbara, N. G. Discurso do Sujeito Coletivo: uma breve introdução à ferramenta de pesquisa qualiquantitativa. Disturb Comum, São Paulo, v.25, n. 1, p.129-136, 2013. Disponível em: [http://revistas.pucsp.br/index.php/dic/article/viewFile/14931/11139] Acesso em: 15 nov 2015.

GONDIM, Sônia Maria G; FISCHER, Tânia. O discurso, a análise de discurso e a metodologia do discurso do sujeito coletivo. Cadernos de Gestão Social, Salvador, v. 2, n. 1, p. 09-26, 2009.

HADDOCK-LOBO, Rafael. A desconstrução. Revista Cult. Ed. 195, ano 17, 2014. Disponível em: [http://revistacult.uol.com.br/home/2014/10/a-desconstrucao/] Acesso em 20 nov 2015.

KRESS, Gunther. Critical Discourse Analysis, 1990. In: MELO, Iran F. Análise do discurso e análise crítica do discurso: desdobramentos e intersecções. Revista Eletrônica de Divulgação Científica em Língua Portuguesa, Lingüística e Literatura Letra Magna. Ano 05, n. 11, 2009.

MELO, Iran F. Análise do discurso e análise crítica do discurso: desdobramentos e intersecções. Revista Eletrônica de Divulgação Científica em Língua Portuguesa, Lingüística e Literatura Letra Magna. Ano 05, n. 11, 2009. Disponível em: [http://www.letramagna.com/adeacd.pdf] Acesso em 12 nov. 2015.

MENESES, Ramiro D. B. A Desconstrução em Jacques Derrida: o que é e o que não é pela estratégia. Universitas Philosophica, Bogotá, v. 60, ano 30, p. 177-204, 2013.

MENDES, Karina D.S; SILVEIRA, Renata Cristina C.P; GALVÃO, Cristina M. Revisão integrativa: método de pesquisa para incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto contexto enferm., Florianópolis, v. 17, n. 4, p. 758-764, 2008. Disponível em [http://scielo.br/pdf/tce/v17/18.pdf] Acesso em 11 out. 2015.

MESSINEO, Linda; GENTILE, Manuel; ALLEGRA, Mario. Test-enhanced learning: analysis of an experience with undergraduate nursing students. BMC Medical Education, Londres, v.15, p.182, 2015.

MINAYO, Maria Cecilia S. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. São Paulo: Hucitec/Rio de. Janeiro: Abrasco, 2004.

MORIN, Edgar. Os sete Saberes Necessários à Educação do Futuro. 3a. ed. São Paulo: Cortez; Brasília, DF: UNESCO, 2001.

ORLANDI, Eni Pulcinelli. Análise do Discurso: princípios e procedimentos. São Paulo: Pontes, 2007.

PAULON, Andréa; NASCIMENTO, Jarbas V; LARUCCIA, Mauro M. Análise do Discurso: Fundamentos Teórico-Metodológicos. Revista Diálogos Interdisciplinares, Aquidauana, v.3, n.1, 2014.

PEDROSO JÚNIOR, Neurivaldo C. Jacques Derrida e a desconstrução: uma introducão. Revista Encontros de Vista, Recife, 5a ed., p. 9-20, 2010. Disponível em: http://www.encontrosdevista.com.br/Artigos/Neurivaldo_Junior_Derrida_e_a_desconstrucao_uma_introducao_final.pdf. Acesso em 02 dez 2015.

SANTOS. Elisabeth C; BISPO, Danielle A; DOURADO, Débora P. A utilização da Teoria Social do Discurso de Fairclough nos estudos organizacionais. Revista Interdisciplinar de Gestão Social, Salvador, v. 4, n. 1, p. 55-73, 2015.

SCHIAVON, Isabel C. A. Transposição do modelo tradicional de ensino pelo modelo por competências. 42f. 2012. Monografia (Especialização em Formação Pedagógica para Ensino Profissional na área da Saúde: Enfermagem) Escola de Enfermagem, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte.

SOUZA, Deusélia Moreira de. Representações sociais de idosos sobre o ato de ser cuidado em instituição asilar. 137f. 2009. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) Escola da Enfermagem, Universidade Federal da Bahia, Salvador.

SOUZA, Marcela Tavares; SILVA, Michelly Dias da; CARVALHO, Rachel. Revisão Integrativa: o que é como fazer. Einstein, São Paulo, v.8, n. 1, p. 102-6, 2010.

SMITH, Jennifer L. Critical discourse analysis for nursing research. Nursing Inquiry. Oxford, v.14, n.1, p. 60 - 70, 2007.

SPRINGER, Rusla A; CLINTON, Michael E. Doing Foucault: inquiring into nursing knowledge with Foucauldian discourse analysis. Nurs Philos, 16 (2): 87-97, 2015.

TAFNER, Daniela Priscila Oliveira do. Princípio da integralidade no processo de formação do técnico de enfermagem das Escolas da REDE SUS. 166p. 2013.Dissertação (Mestrado em Enfermagem). Escola de Enfermagem, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.

TAYLOR, Janice; SIMS, Jane; HAINES, Terry P. The influence of protection, palliation and costs on mobility optimization of residentes in nursing homes: A thematic analysis of discourse. Int J Nurs Stud, Oxford, v. 49, n. 11, p.1364-74, 2012.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL (UFRGS). Escola de Enfermagem da UFRGS. 2015. Disponível em: <http://www.ufrgs.br/eenf/ > Acesso em: 10 out 2015.

VALORE, Luciana A. Subjetividade no discurso dos recém-graduados da UFPR. Uma análise institucional. 331p. 2005. Tese (Doutorado em Psicologia). Instituto de Psicologia, Universidade de São Paulo, São Paulo.

VIANNA, Paula C. M.; BARROS, Sonia. A análise do discurso: uma revisão teórica. Rev. Min. Enf., Belo Horizonte, v. 7, n. 1, p. 56-60, 2003.

WHITEHEAD, Dean. Health promotion in nursing: a Derridean discourse analysis. Health Promot Int. Oxford, v.26, n. 1, p.117-27, 2011.

Downloads

Publicado

2017-11-14

Como Citar

Adão, I. C., Oliveira, E. C., Andrade, S. C., & Gonçalves, J. C. (2017). PRODUÇÃO CIENTÍFICA SOBRE ANÁLISE DO DISCURSO NA ENFERMAGEM E REFERENCIAIS TEÓRICOS MAIS UTILIZADOS. HOLOS, 5, 329–344. https://doi.org/10.15628/holos.2017.3940

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)