POLÍTICAS PÚBLICAS EM EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TECNOLÓGICA: UM FOCO NA FORMAÇÃO DO CURSO TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO EM METEOROLOGIA DO CEFET/RJ (2000-2009).

Daniel Martins Neiva Filho, Carlos Alexandre Bastos de Vasconcellos Bastos Vasconcellos, Rodrigo Otávio Lopes de Souza Otávio Lopes

Resumo


A educação profissional tem um papel fundamental no desenvolvimento de qualquer nação. Ao longo das últimas décadas, a Educação Profissional e Tecnológica (EPT) tem contribuído para o desenvolvimento econômico do Brasil, sendo responsável pelo aprimoramento ou formação de muitos trabalhadores. Nesse sentido, este estudo tem como objetivo avaliar o papel das políticas públicas em educação, como forma de incentivar a formação profissional técnica de nível médio no Brasil, a partir da promulgação da Lei de Diretrizes e Bases (LDB/96) e normatizações subsequentes, com foco para a formação técnica em Meteorologia, em especial a realizada pelo Curso Técnico de Meteorologia do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (CEFET/RJ). A metodologia aplicada envolveu uma pesquisa documental e, posteriormente, um levantamento quantitativo dos alunos que ingressaram no curso a partir do ano 2000 e, que se formaram técnicos em Meteorologia, no período de 2000 a 2009. A pesquisa concluiu que em média, no período 2005 a 2008, houve um aumento de aproximadamente 200% na quantidade de formados, quando comparado ao teto mínimo do período 2000-2009.


Palavras-chave


Educação; Políticas Públicas; Formação Técnica; Meteorologia

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Decreto nº 2.208 de 17 de abril de 1997. Regulamenta o § 2 º do art. 36 e os arts. 39 a 42 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário oficial da união, Brasília, DF: 18 abr. 1997a, p. 7760.

______. Decreto nº 5.154 de 23 de julho de 2004. Regulamenta o § 2º do art. 36 e os arts. 39 a 41 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação. Diário oficial da união, Brasília, DF: 26 jul. 2004, p. 18.

______. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário oficial da união, Brasília, DF: 23 dez. 1996, p. 27833.

______. Lei n° 11.741, de 25 de setembro de 2008. Dispõe sobre o estágio de estudantes; altera a redação do art. 428 da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT, aprovada pelo Decreto-Lei nº 5.452, de 1º de maio de 1943, e a Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996; revoga as Leis as Leis nos 6.494, de 7 de dezembro de 1977, e 8.859, de 23 de março de 1994, o parágrafo único do art. 82 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, e o art. 6º da Medida Provisória Nº 2.164-41, de 24 de agosto de 2001; e dá outras providências. Diário oficial da união, Brasília, DF: 26 set. 2008.

______. Ministério da Educação. Educação profissional técnica de nível médio integrada ao ensino médio. Brasília, 2007. Disponível em: . Acesso em: 03 out. 2014.

______. Ministério da Educação e do Desporto. Portaria nº MEC Nº 646 de 14 de maio de 1997. Regulamenta a implantação do disposto nos artigos 39 a 42 da Lei Federal nº 9.394/96 e no Decreto Federal nº 2.208/97 e dá outras providências (trata da rede federal de educação tecnológica). Brasília, 1997b. Disponível em: Acesso em: 13 set. 2014.

CARVALHO, A. P.; PALMA, V. C. L. C. F. O destino dos recursos administrados pelo sistema “S”. In: Âmbito Jurídico, Rio Grande, XV, n. 99, abr. 2012. Disponível em: . Acesso em 15 out. 2014.

COELHO, J. E. O Decreto nº 2.208/97 e a reforma da educação profissional na unidade Florianópolis da Escola Técnica Federal de Santa Catarina. In: Holos, Rio Grande do Norte, v. 2, ano 30, p. 13-23, mar. 2014. Disponível em:. Acesso em: 10 out. 2014.

FRIGOTTO, G.; CIAVATTA, M. (Org.). A formação do cidadão produtivo: a cultura de mercado no ensino médio técnico. Brasília: Inep/MEC, 2006.

FRIGOTTO, G.; CIAVATTA, M. e RAMOS, M. Concepção e experiências de ensino integrado. A gênese do Decreto n. 5.154/2004: um debate no contexto controverso da democracia restrita. In.:Ensino médio integrado à educação profissional. p. 29-51. Brasília, 2006. Disponível em:< http://portal.mec.gov.br/setec/arquivos/pdf2/boletim_salto07.pdf>. Acesso em: 12 out. 2014.

LOPONTE, L. N. Educação profissional: um estudo do impacto da lei e implantação da reforma do ensino técnico e suas decorrências no CEFET/RS (1997-2004). 2006. 156 f. Dissertação de Mestrado (Programa de Educação: História, Política, Sociedade). Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. 2006. Disponível em: >. Acesso em: 02 out. 2014.

SILVEIRA, Z. S. Contradições entre capital e trabalho: concepções de educação tecnológica na reforma do ensino médio e técnico. 311 f. Dissertações de Mestrado (Programa de Pós-Graduação em Educação) – Universidade Federal Fluminense, Niterói/RJ, 2007. Disponível em:. Acesso em: 12 out. 2014.

SIMÕES, C. A. Juventude e educação técnica: a experiência na formação de jovens trabalhadores do Colégio Estadual Prof. Horácio Macedo/CEFET-RJ. 2007. 149 f. Dissertação de Mestrado (Programa de Pós-Graduação em Educação) – Universidade Federal Fluminense, Niterói/RJ, 2007. Disponível em: . Acesso em: 02 out. 2014.






 

HOLOS IN THE WORLD