Ciclo de estudos fundamentos do Ensino Médio Integrado

Instruí-vos, pois precisaremos de toda vossa inteligência

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/rbept.2023.13895

Resumo

O presente trabalho apresenta as bases teóricas e o processo de organização do projeto de ensino “Ciclo de Estudos: Fundamentos do Ensino Médio Integrado” do Instituto Federal Goiano - Ceres.  A partir da necessidade de fortalecer o currículo e a concepção de Educação Politécnica dos Institutos Federais e devido à ascensão das políticas neoliberais da educação (Reforma do Ensino Médio e BNCC), elaboramos um projeto de ensino com o intuito de garantir um espaço permanente de estudo e aprofundamento nas bases teóricas que sustentam o Ensino Médio Integrado como: O trabalho como princípio Educativo; Omnilateralidade; Educação Politécnica; Currículo Integrado. O projeto encerrou seu primeiro ciclo em fevereiro de 2022, quando foi possível constatar a importância da formação continuada dos professores e da resistência ativa no interior do campus, buscando uma unidade entre compromisso técnico e competência política.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leonardo Carlos Andrade, Instituto Federal Goiano

Mestre em Educação Física pela Universidade Federal de Goiás; Professor do Instituto Federal Goiano; Presidente do Núcleo de Ciência, Arte e Cultura do IFGoiano; Coordenador do GEPEFI-UFG.

Eneida Aparecida Machado Monteiro, Instituto Federal Goiano

Mestra em Ensino na Educação Básica pela Universidade Federal de Goiás (2020). Pedagoga/área: Orientação Educacional no Instituto Federal Goiano - Campus Ceres. Coordenadora do Núcleo de Apoio Pedagógico e Coordenadora de Apoio Pedagógico dos Cursos Técnicos (CAPPT-CE).

João Eratóstenes Doulgras Cardoso, Instituto Federal Goiano

Professor no Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia Goiano (IF Goiano), campus Ceres. Historiador, mestre pela Universidade Federal de Goiás (UFG-FH). tenho atuação em projetos de Iniciação Cientifica, Ensino e Extensão voltados para temáticas como relações étnicos-raciais, cultura afro-brasileira e indígena, memória, política e sociedade, ensino de ciências humanas e suas tecnologias e políticas de ações afirmativas.

Mirelle Amaral de São Bernardo, Instituto Federal Goiano

Doutora em Linguística pela Universidade Federal de São Carlos (2016). Professora de Inglês/Português - INSTITUTO FEDERAL GOIANO - CAMPUS CERES. Coordenadora do programa de Mestrado em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT). Temas de interesse: Português como Língua de Acolhimento (PLAc); Português como Língua Estrangeira (PLE); Ensino Crítico de Línguas Estrangeiras; Educação Profissional e Tecnológica.

Miriam Lucia Reis Macedo Pereira, Instituto Federal Goiano

Mestre em Educação Superior pela Universidade de Havana- Cuba e doutoranda pela Universidade de Rosário- Argentina. Pedagoga/área Supervisão Pedagógica no Instituto Federal Goiano - Campus Ceres. Coordenadora do Núcleo de Atendimento Educacional às Pessoas com Necessidades Específicas -NAPNE e membro do Núcleo de Apoio Pedagógico (NAP). Participo de projetos de pesquisa, extensão e ensino voltados a acessibilidade, inclusão, saúde e educação tecnológica e profissional.

Referências

ANDRADE, L. C. Educação Física e pedagogia histórico-crítica: aproximações históricas e apropriações teóricas. 2022. 188 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2021.

DUARTE, Newton. O Currículo Em Tempos De Obscurantismo Beligerante. Revista Espaço do Currículo, [S. l.], v. 2, n. 11, p. 139–145, 2018.

KUENZER, Acácia Zeneida. Exclusão includente e inclusão excludente: a nova forma de dualidade estrutural que objetiva as novas relações entre educação e trabalho. In: LOMBARDI, José Claudinei; SAVIANI, Dermeval; SANFELICE, José Luís (Orgs.). Capitalismo, trabalho e educação. Campinas, SP: Autores Associados, HISTEDBR, 2002. p. 77-95.

SANFELICE, J.L.; LOMBARDI, J.C. (Org.). Capitalismo, trabalho e educação. 3. ed. Campinas: Autores Associados, 2005. p. 77-96.

LUKÁCS, György. Para uma ontologia do ser social II. São Paulo: Boitempo.2013.

MARX, Karl. Manuscritos Econômicos-Filosóficos. São Paulo: Abril Cultural, 1978.

NETTO, José Paulo. Introdução ao estudo do método de Marx. São Paulo: Expressão Popular, 2011.

PISTRAK, Moises. Fundamentos da escola do trabalho. São Paulo: Expressão popular, 2003.

SAVIANI, Dermeval. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. 11. ed. rev. Campinas: Autores Associados, 2011.

VYGOTSKI, L. S. Obras Escogidas. Tomo II. Madrid: Visor, 2001

XIMENES, Priscilla de Andrade Silva. Das necessidades formativas aos sentidos e significados da formação continuada de professoras da educação infantil: um estudo de caso dos Centros Municipais de Educação Infantil de Goiânia (2013-2019). 2020. 328 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Uberlândia. Uberlândia. 2020.

XIMENES, P. A. S.; ANDRADE, L. C.; SILVA, J. C. Novo cenário, velhos problemas: descaracterização da identidade profissional e do trabalho docente em tempos de pandemia da covid – 19. Revista Humanidades e Inovação, 2022.

Downloads

Publicado

18/09/2023

Como Citar

ANDRADE, Leonardo Carlos; APARECIDA MACHADO MONTEIRO, Eneida; ERATÓSTENES DOULGRAS CARDOSO, João; AMARAL DE SÃO BERNARDO, Mirelle; LUCIA REIS MACEDO PEREIRA, Miriam. Ciclo de estudos fundamentos do Ensino Médio Integrado : Instruí-vos, pois precisaremos de toda vossa inteligência. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, [S. l.], v. 2, n. 23, p. e13895, 2023. DOI: 10.15628/rbept.2023.13895. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/13895. Acesso em: 20 abr. 2024.

Edição

Seção

RELATO DE EXPERIÊNCIA