PERCEPÇÃO AMBIENTAL E MAPAS MENTAIS: UMA EXPERIÊNCIA NO ENSINO DE GEOGRAFIA COM OS ESTUDANTES DO IFRN-CAMPUS AVANÇADO DE PARELHAS

Mycarla Míria Lucena

Resumo


O mundo vive uma crise ambiental justificada pelo intenso uso de seus recursos naturais pela humanidade que, movida ao sistema capitalista consumista, vem afetando de forma degradante a relação entre o homem-natureza. Dessa forma, é necessário conhecer a importância dos elementos naturais para o planeta Terra e, consequentemente, a sua conservação. Nesse contexto, esse trabalho se trata de uma experiência realizada na disciplina de Geografia, na unidade temática sobre os Biomas, acerca da percepção ambiental dos estudantes sobre o Bioma Caatinga. A metodologia empregada foram os mapas mentais como forma de entender as percepções e, a partir disso, problematizar o conteúdo em sala de aula de forma significativa no processo de ensino-aprendizagem. Essa experiência foi realizada com estudantes do curso Técnico Médio de Mineração e o Técnico de Informática do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, do Campus Avançado de Parelhas. Os resultados mostraram pouco conhecimento sobre o Bioma local. Os mapas mentais revelam a necessidade de um ensino mais significativo, que trabalhe com a realidade dos alunos, introduzindo-os na problematização global e local.


Palavras-chave


Ensino de Geografia, Bioma Caatinga, Conservação, Homem-Natureza, Região do Seridó

Texto completo:

PDF

Referências


ALBUQUERQUE, U. P.; ARAUJO, E. L.; EL-DEIR, A. C. A. et al. Caatinga Revisited: Ecology and Conservation of na Important Seasonal Dry Forest. The Scientific World Journal, 1-18, 2012.

ALVES, Iris R. S.; NASCIMENTO, Gilson M.; MELO, Ewerton T. et al. O uso de Mapas Mentais (MMs) na análise da concepção/percepção de alunos da "Escola de Cidadania de Ibiapaba" sobre o Bioma Caatinga e RPPN “Serra das Almas” (Crateús/CE). 63ª Reunião Anual da SBPC. 2011. Disponível em: Acesso em: 10 de nov.2017.

ALVES, Maria L. B. Religiosidade, Turismo e Cultura na região do Seridó-RN. XIII Congresso Brasileiro de Sociologia. Recife, UFPE, 2007. Disponível em: Acesso em: 21 de agosto de 2018.

BOFF, Leonardo. Sustentabilidade: O que é - O que não é. 3º ed. Rio de Janeiro: Vozes, 2010.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática da educativa. 48ªed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2014.

KOSEL, Salete. Representação do espaço sob a ótica dos conceitos: mundo vivido e dialogado. In: Anais XVI Encontro Nacional dos Geógrafos. Porto Alegre, ENG 2010.

LUCENA, Mycarla M. A.; FREIRE, Eliza M. X. Environmental Perception of Rural Communities and Analysis of Landscape: subsidies for Priority area for Conservation Proposition in the Rio Grande do Norte semiarid, brazil. Revista Ra’e Ga, Curitiba, v.34, p.69-97, 2015.

LUCENA, Mycarla M. A.; FREIRE, Eliza M. X. Percepção Ambiental como instrumento de participação social na proposição de Área Prioritária no Semiárido. Revista INTERthesis, v.11, n. 1, p. 147-171, 2014.

LUCENA, Mycarla M. A.; FREIRE, Eliza M. X. Percepção Ambiental sobre uma Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN), pela Comunidade Rural do Entorno, Semiárido brasileiro. Revista Educação Ambiental em Ação, n.35, ano, IX, 2011.

MMA. Ministério do Meio Ambiente. Ética e Sustentabilidade. Caderno de debate: Agenda 21 e Sustentabilidade. Secretaria de Políticas para o Desenvolvimento Sustentável. Brasília, 2006.

NETO, Francisco O. L.; DIAS, Raimundo H. L. Mapas mentais e a construção de um ensino de Geografia significativo: algumas reflexões. Revista Eletrônica Geoaraguaia, v.1, n.1, p.1-12, 2011.

PONTUSCHKA, Nídia N. PAGANNELLI, Tamoko I.; CACETE, Núria H. Para Ensinar e Aprender Geografia. 3. ed. São Paulo: Ed Cortez, 2009.

RAMOS, A. F.; HOEFFEL, J. L. M. A população regional e a APA Fernão Dias/MG um estudo sobre Percepção Ambiental, no Município de Camanducaia/MG. OLAM-Ciência & Tecnologia, ano XI, v. 11, n. 2, p.148-177. 2011.

RICHTER, Denis. Raciocínio Geográfico e Mapas Mentais: a leitura espacial do cotidiano por alunos do Ensino Médio. Tese de Doutorado (Programa de Pós-Graduação em Geografia), Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho”- UNESP. Presidente Prudente/SP, 2010.

ROQUE, A. A.; LOIOLA, Maria I. B.; JARDIM, Jomar G. RPPN Stoessel de Britto, Seridó Region, Rio Grande do Norte, Brasil: Plants of the Caatinga of Seridó. Environmental & Conservation Programs, 2010.

STRAFORINI, Rafael. Ensinar geografia: o desafio da totalidade mundo nas séries iniciais. São Paulo: Annablume, 2004, 190p.

SANTOS, M. Técnica, Espaço, Tempo: Globalização e Meio Técnico Científico Informacional. São Paulo: Hucitec, 1994.

SOUZA, Luciana S.; SILVA, Edevaldo. Percepção Ambiental do Bioma Caatinga no Contexto Escolar. Revista Iberoamericana de Educación, v. 73, n. 1, p. 67-86, 2017.

TEIXEIRA, Salete k.; NOGUEIRA, Amélia R. B. A Geografia das representações e sua aplicação pedagógica: contribuições de uma experiência vivida. Revista do Departamento de Geografia, n. 13, p. 239-257, 1999.

TUAN, Yi-Fu. Topofilia – Um estudo de percepção, atitudes e valores do meio ambiente (Tradução de Lívia de Oliveira). São Paulo: DIFEL, 1980.




DOI: https://doi.org/10.15628/holos.2019.7651



 

HOLOS IN THE WORLD