APLICAÇÃO DE FLOCULANTES EM PÓ PARA SEDIMENTAÇÃO DO RESÍDUO BAYER NA INDÚSTRIA DO ALUMÍNIO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2017.6377

Palavras-chave:

resíduo Bayer, sedimentação, floculante em pó

Resumo

A produção de alumina através do processo Bayer gera grande quantidade de resíduo conhecido como “lama vermelha”. O resíduo é separado do denominado licor verde que contém íons aluminato solubilizados, e direcionado para etapas de separação sólido/líquido realizadas em tanques (lavadores), onde ocorre a dosagem de polímeros solúveis em água que induzem a sedimentação. Utiliza-se sistema de decantação contracorrente com o objetivo de espessar a lama, recuperando o máximo possível de soda cáustica fornecendo um “overflow” contendo baixa concentração de resíduos. O uso de polímeros floculantes em pó, com alto peso molecular e carga iônica adequada, apresenta ganhos significativos relacionados à redução de dosagem, velocidade de sedimentação e compactação do “underflow” resultando em redução significativa de custos no processo produtivo. Entretanto, apesar dos benefícios relatados, muitas refinarias no Brasil ainda fazem uso de polímeros floculantes em emulsão. Nesse trabalho avaliou-se a performance do floculante em pó da Basf (linha Alclar®) com diferente peso molecular e carga iônica. Avaliou-se também de forma comparativa, a associação de poliacrilamida em pó e na forma de emulsão, ao hidroxamato para avaliar a redução do consumo de hidroxamato nas refinarias, quando se utiliza o floculante em pó da linha Alclar® associado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Daniel Armelim Bortoleto, BASF SA

BASF SA - Mining Solutions Brasil

Referências

AVOTINS, P.V., RYLES R. G. Superfloc H.X, a new technology for alumina industry. Inc. p. 1-11, 1996.

GÓIS, C.G., LIMA, R.M.F. (2003). Sedimentação de resíduo Bayer utilizando floculantes hidroxamato e poliacrilamida. REM: R.Esc. Minas Ouro Preto. P.119-122.

KILDEA, J. (2010). New developments in red mud flocculation and control of solid/liquid separation, P. 1-8.

KIM, B., HYUN, H.H. (2002). Biotechnology and Bioprocess Engineering

PATNAIK, S.K., MURTHY, P.V.R. (2000). Importance of synthetic flocculants in alumina industry. Processing of Fines. P. 249-254

PEARSE, M.J., SARTOWSKI, Z. (1984). Aplications of special chemicals (flocculants and dewatering aids) for red mud separation and hydrate filtration. Bauxite Society of Mining Engineers. P. 775-787

SENAPUTRA, A., FAWELL, P. (2012).The impact of desilication product on bauxite residue flocculation. Proceedings of the 9th International Alumina Quality Workshop. P. 186-192.

Downloads

Publicado

05/12/2017

Como Citar

Bortoleto, D. A., Davo, J. B., & Camargos, M. A. (2017). APLICAÇÃO DE FLOCULANTES EM PÓ PARA SEDIMENTAÇÃO DO RESÍDUO BAYER NA INDÚSTRIA DO ALUMÍNIO. HOLOS, 6, 217–223. https://doi.org/10.15628/holos.2017.6377

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)