ANÁLISE DE PARTÍCULAS MISTAS EM REJEITOS DE CONCENTRAÇÃO MAGNÉTICA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2017.5481

Palavras-chave:

partículas mistas, associações minerais, liberação mineral.

Resumo

Partículas mistas são partículas de diferentes minerais que estão intimamente associadas. Objetivou-se por meio deste estudo: (i) utilizar o MEV EDS na detecção de partículas mistas em rejeitos de concentração magnética úmida de alta intensidade em escala laboratorial; (ii) analisar a natureza dessas associações minerais (mineral-minério – mineral de ganga; mineral-minério – mineral-minério) e (iii) avaliar a necessidade da promoção da liberação mineral nessas partículas no sentido de aumentar a recuperação metálica. Os parâmetros experimentais foram: aumento de 250x, tensão de aceleração 20 kV e uso dos elétrons retroespalhados na obtenção das imagens. Os resultados mostraram que existem partículas mistas de mineral-minério – mineral de ganga e mineral-minério – mineral-minério, e também que a liberação dessas partículas não é viável, devido ao tamanho em que se daria maior liberação. Conclui-se que esses dados podem auxiliar na definição de alternativa para aumentar a recuperação metálica nos materiais que geraram esses rejeitos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Jonathan Leandro Martins Reis, Universidade Federal de Ouro Preto

Departamento de Engenharia de Minas / Tratamento de Minérios

Carlos Alberto Pereira, Universidade Federal de Ouro Preto

Departamento de Engenharia de Minas / Tratamento de Minérios

Ney Pinheiro Sampaio, Universidade Federal de Ouro Preto

Universidade Federal de Ouro Preto / NanoLab REDEMAT

Referências

Castro, E. F. (2012). Produção de pellet feed a partir de lamas. Dissertação de mestrado, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG, Brasil.

Cavalheiro, A. A. T. (1984). Libertação de minérios por cominuição. Porto: Demin FEUP.

Guimarães, F. A. V.; Barbosa, M. G.; Araújo, A. C.; Lacoste, M. (2015, outubro). Estudo da liberação do minério magnético de Peña Colorada no México. Anais do ENTMME – Encontro Nacional de Tratamento de Minérios e Metalurgia Extrativa, Poços de Caldas, MG, Brasil, 26.

Henley, K. J. (1983). Ore dressing mineralogy – a review of techniques, applications and recent developments. Geological Society of South Africa. Special publication. 7, 175-200.

Kelly, E. G.; Spottiswood, D. J. (1982). Introduction to mineral processing. New York: John Wiley & Sons.

Nascimento, J. C.; Cordeiro, H. C.; Coral, N. F. A. F.; Corrêa, J. A. M.; Moreira, S. G. C.; Rodrigues, E. M. S. (2014, outubro). Caracterização de resíduos sólidos da barragem de rejeitos das Minas do Sossego (Canaã dos Carajás-PA). Anais do COBEQ – Congresso Brasileiro de Engenharia Química, Florianópolis, SC, Brasil, 20.

Paiva, P. R. P.; Silva, V. C.; Marques, A. R.; Ferreira, A. M. (2015, outubro). Caracterização química e mineralógica de resíduos de minério de ferro utilizando o Método Rietveld. Anais do ENTMME – Encontro Nacional de Tratamento de Minérios e Metalurgia Extrativa, Poços de Caldas, MG, Brasil, 26.

Porphírio, N. H. (in memorian); Barbosa, M. I. M.; Bertolino, L. C. (2010). Caracterização mineralógica de minérios: parte I. In: Da Luz, A. B.; Sampaio, J. A.; França, S. C. A. Tratamento de minérios (5. ed., Cap. 3., p. 55-84). Rio de Janeiro: CETEM/MCT.

Quinteros, J.; Wightman, E.; Johnson, N. W.; Bradshaw, D. (2015). Evaluation of the response of valuable and gangue minerals on a recovery, size and liberation basis for a low-grade silver ore. Minerals Engineering, 74, 150-155.

Reis, J. L. M.; Rafael, G. S.; Dias, A. C.; Pereira, C. A. (2015, outubro). Concentração magnética de materiais goethíticos do Quadrilátero Ferrífero Anais do ENTMME – Encontro Nacional de Tratamento de Minérios e Metalurgia Extrativa, Poços de Caldas, MG, Brasil, 26.

Silva, M. B.; Luz, J. A. M. (2013). Concentração magnética esgotadora de ultrafinos itabiríticos. REM: R. Esc. Minas, 66 (4), 499-505.

Tonžeti?, I.; Duncan, M.; Bramdeo, S. (2014). The autosem ore characterisation of conglomeratic and banded iron formations. Minerals Engineering, 61, 54-65.

Wolff, A. P. (2009). Caracterização de rejeitos de minério de ferro de minas da Vale, Dissertação de mestrado, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, MG, Brasil.

Downloads

Publicado

18/07/2017

Como Citar

Reis, J. L. M., Pereira, C. A., & Sampaio, N. P. (2017). ANÁLISE DE PARTÍCULAS MISTAS EM REJEITOS DE CONCENTRAÇÃO MAGNÉTICA. HOLOS, 1, 57–65. https://doi.org/10.15628/holos.2017.5481

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>