AVALIAÇÃO DA RECUPERAÇÃO DOS METAIS PRATA, CHUMBO E ZINCO PRESENTES EM REJEITO DE PROCESSAMENTO HIDROMETALÚRGICO DE ZINCO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2017.6393

Palavras-chave:

rejeito, hidrometalurgia, flotação, condicionamento em alta intensidade

Resumo

Com o desenvolvimento de tecnologias e uma crescente demanda por recursos minerais, a otimização da flotação ganhou importância como forma de aproveitar os recursos e reprocessar rejeitos que ainda contém metais de interesse. A viabilidade desta técnica depende do uso de reagentes químicos, que induzem condições de seletividade, hidrofobicidade e eficiência do processo. Esse trabalho tem por objetivo caracterizar e estudar formas de recuperação do rejeito de processamento hidrometalúrgico de zinco, da barragem de Murici da unidade da Votorantim Metais, localizada em Três Marias - MG. Por se tratar de um rejeito hidrometalúrgico sabe-se que esse tipo resíduo é complexo devido às transformações físico-químicas ao qual foi submetido e, portanto há pouca pesquisa desenvolvida nessa área. Dessa forma, esse trabalho contempla ensaios de caracterização do rejeito, como: análise granulométrica, testes de difração de raios X, análise química, de densidade e de separação magnética, e ensaios de concentração por flotação. Os ensaios de flotação foram feitos com condicionamento em alta intensidade em escala de laboratório, sendo também estudado os diferentes reagentes (dispersantes e coletores) e suas dosagens, que possam consequentemente recuperar os metais de maior interesse (Ag, Pb e Zn), desenvolvendo conhecimento científico e soluções para a empresa Votorantim. Os resultados de caracterização mostraram que 80% do material é menor que 100 µm, e que 50% está abaixo de 37 µm. Os minerais identificados na difração de raio x foram: gesso, quartzo, bassanita, hematita, muscovita, caulinita, jarosita (plumbo) e calcita. Alguns resultados da flotação mostraram esse pode ser um mecanismo de aproveitamento dos rejeitos, uma vez que neste estudo obteve-se certa recuperação de Pb e Zn com o uso dos reagentes: silicato de sódio como depressor, sulfeto de sódio como ativador, Aeroine 3418A promoter + Amil xantato como coletores, Mibcol como espumante e um pH final de 9,46

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

BULATOVIC, S.M. (2007). Handbook of Flotation Reagents: Chemistry, Theory and Practice. v. 1, Primeira Edição. Elsevier Science & Tecnology Books. Amsterdam, p. 401- 441.

SANTOS, J. F. D. (2009). Relátorio Técnico 65 – Perfil do zinco. Ministério de Minas e Energia – MME

SÃO JOSÉ, F. (2015). Flotação coletiva de sulfetos de zinco e chumbo. 2015. Dissertação (mestrado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mineral. Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto.

WILLS, B.A., TIM NAPIER-MUNN (2006). Froth Flotation In: Mineral Processing Technology: An Introduction to the Practical Aspects of Ore Treatment and Mineral. Elsevier Science & Technology Books. Sétima Edição. p. 267- 353.

Downloads

Publicado

05/12/2017

Como Citar

NOGUEIRA, F. C., OSTI, J., PEREIRA, C. A., & LOPES, M. D. M. (2017). AVALIAÇÃO DA RECUPERAÇÃO DOS METAIS PRATA, CHUMBO E ZINCO PRESENTES EM REJEITO DE PROCESSAMENTO HIDROMETALÚRGICO DE ZINCO. HOLOS, 6, 188–193. https://doi.org/10.15628/holos.2017.6393

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)