IDENTIFICAÇÃO DOS MINERAIS DO GRANITO AZUL SUCURU ATRAVÉS DA TÉCNICA DA DIFRAÇÂO DE RAIOS X

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2016.4450

Palavras-chave:

difração de raios X, granito sucuru, quartzo, cordierita.

Resumo

A técnica de difração de raios X (DRX) tem sido amplamente utilizada para a determinação de fases cristalinas em rochas com finalidades ornamentais e/ou aplicação como insumos da construção civil, propiciando a investigação de pequeníssimas estruturas da matéria. Partindo desse principio, o método de DRX permite caracterizar um ou mais minerais presentes na rocha. A caracterização mineralógica descreve quais minerais estão presentes na amostra, feita por meio da comparação de seus difratogramas com padrões de referência, disponíveis em bancos de dados de DRX, observando os picos mais intensos de cada composto cristalino presente no banco de dados e comparando aos picos dos difratogramas da amostra, para então serem observados os principais minerais existentes na rocha.  Essa pesquisa busca mostrar os minerais presentes na estrutura desse material para então analisar possíveis aplicações industriais, além disso, é utilizado um método simples e confiável para a determinação de características gerais do granito Azul Sucuru através da técnica de difração de raios-X, para observar a presença de minerais ferro-magnesianos em sua estrutura, estando sujeitos à susceptibilidade a processos de oxidação, potencializados em atmosferas úmidas. A partir da DRX verificou-se a existência da Cordierita que potencializa a cor azul, bem como, identificou–se a presença de diversos minerais no pó de brita que são úteis na construção civil, as fases minerais e a presença de ferromagnesiano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Lúcio Flávio Moreira Cavalcanti, Universidade Federal de Pernambuco

Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mineral, área: Rochas Ornamentais. Mestrando

Felisbela Maria da Costa Oliveira, UFPE

Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mineral, área: Rochas Ornamentais. Mestrando

Evenildo Bezerra de Melo, UFPE

Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mineral, área: Rochas Ornamentais. Mestrando

Amanda Cristiane Gonçalves Fernades, UFPE

Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mineral, área: Rochas Ornamentais. Mestrando

Downloads

Publicado

12/11/2016

Como Citar

Moreira Cavalcanti, L. F., da Costa Oliveira, F. M., de Melo, E. B., & Gonçalves Fernades, A. C. (2016). IDENTIFICAÇÃO DOS MINERAIS DO GRANITO AZUL SUCURU ATRAVÉS DA TÉCNICA DA DIFRAÇÂO DE RAIOS X. HOLOS, 7, 32–39. https://doi.org/10.15628/holos.2016.4450

Edição

Seção

ARTIGOS