AVALIAÇÃO DA SELEÇÃO DE FORNECEDORES DE CERÂMICA VERMELHA COMO PRÁTICA AMBIENTAL NA CADEIA DE SUPRIMENTOS VERDE DE CONSTRUTORAS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2019.9198

Palavras-chave:

cadeia de suprimentos verde, critérios de seleção de fornecedores, construção civil, cerâmica vermelha

Resumo

O presente estudo objetiva avaliar os critérios de seleção de fornecedores de cerâmica vermelha como práticas ambientais adotadas no gerenciamento da cadeia de suprimentos verde de construtoras que atuaram em meados de 2012 no setor imobiliário de Natal-RN. Para tanto, foi desenvolvido uma survey nas construtoras credenciadas ao Sindicato da Construção Civil do Rio Grande do Norte. Como metodologia, utilizou-se um questionário com um grupo de 23 variáveis, abordando os critérios de seleção de fornecedores de cerâmica vermelha. Diante dos critérios de seleção de fornecedores, 35,7% das construtoras apontaram que sempre adotam o preço do produto como critério e 21,4% preferem as licenças ambientais. De outro modo, apenas 7,1% das construtoras exigem uma postura mais proativa de seus fornecedores a partir da implementação da ISO 14001. Frente aos resultados, a pesquisa conclui que as empresas de construção civil estudadas possuem uma postura preventiva e não realizam sistematicamente práticas da CSV, comprometendo, assim, o desempenho ambiental da montante à jusante.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Fernando Henrique Fernandes De Medeiros, Instituto Federal do Rio Grande do Norte

Mestrando do Programa de Pós-graduação em Uso Sustentável de Recusos Naturais, Diretoria Acadêmica de Recursos Naturias. Consultor ambiental pela Verde Soluçoes.

Referências

Azevedo, S.; Carvalho, H. & Machado, V. C. (2011) The influence of green practices on supply chain performance: A case study approach. Transportation Research Part E: Logistics and Transportation Review, v. 47, p. 850–871, 2011.

Bozarth, C. C. & Handfield, R. B. (2008) Introduction to operations and supply chain management. New Jersey: Pearson Education Inc.

Brito, P. B. & Berardi, P. C. (2010) Vantagem competitiva na gestão sustentável da cadeia de suprimentos: um meta estudo. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 50, n. 2, p. 155-169.

Ehrlich, P. J. (1996). Modelos quantitativos de apoio às decisões. Revista de Administração de Empresas, 36(1), 33-41. doi: 10.1590/S0034-75901996000100006

Freitas, H., Oliveira, M., Saccol, A. Z., Moscarola, J. (2000) O método de pesquisa survey. Revista de Administração, São Paulo, v. 35, n. 3, p. 105-112.

Günther, H. (2003). Como elaborar um questionário. (Série: planejamento de pesquisa nas Ciências Sociais, n. 1). Brasília, DF: UnB, Laboratório de Psicologia Ambiental, p.1-15.

Günther, H. (2006). Pesquisa Qualitativa Versus Pesquisa Quantitativa: Esta É a Questão? Psicologia: Teoria e Pesquisa, v. 22, n. 2, p.201-210.

Hervani, A. A., Helms, M. M. & Sarkis, J. (2005). Performance measurement for green supply chain management. Benchmarking: An International Journal, v. 12, n. 4, p. 330-353.

Jabbour, A. B. L. S. & Jabbour, C. J. C. (2009). Are supplier selection criteria going green? Case studies of companies in Brazil. Industrial Management and Data System, v. 4, p. 477-495.

Lambert, D. M. (2008). Supply chain management: processes, partnerships, performance. Sarasota: SCM Institute.

Nawrocka, D., Brorson, T. & Lindhqvist, T. (2009). ISO 14001 in environmental supply chain practices. Journal of Cleaner Production, v. 17, p. 1435–1443.

Seuring, S. & Muller, M. (2008). From a literature review to a conceptual framework for sustainable supply chain management. Journal of Cleaner Production, v. 16, p. 1699–1710.

Souza, D. V., Klienmann Neto, F. J. & Anzanello, M. J. (2012). Avaliação de desempenho da cadeia de suprimentos balizada por critérios de competitividade empresarial. Revista Produção Online, v.12, n. 3, p. 756-778.

Zhu, Q. & Sarkis, J. (2004). Relationships between operational practices and performance among early adopters of green supply chain management practices in Chinese manufacturing enterprises. Journal of Operations Management, v. 22, p. 265–289.

Zhu, Q., Sarkis, J. & Lai, K. (2007a). Green supply chain management: pressures, practices and performance within the Chinese automobile industry. Journal of Cleaner Production, v. 15, p. 1041–1052.

______. (2007b). Initiatives and outcomes of green supply chain management implementation by Chinese manufacturers. Journal of Environmental Management, v. 85, p. 179–189.

Downloads

Publicado

2020-07-30

Como Citar

De Medeiros, F. H. F., & Pimenta, H. C. D. (2020). AVALIAÇÃO DA SELEÇÃO DE FORNECEDORES DE CERÂMICA VERMELHA COMO PRÁTICA AMBIENTAL NA CADEIA DE SUPRIMENTOS VERDE DE CONSTRUTORAS. HOLOS, 3, 1–10. https://doi.org/10.15628/holos.2019.9198

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)