Editorial

José Yvan Pereira Leite

Resumo


Neste quarto volume do ano de 2016 são publicados 34 artigos com contribuições das áreas de engenharia (agronomia, ambiental, alimentos, civil, mineral, produção e química) e humanidades (artes, educação, ciências sociais, ensino e história), ciências aplicadas (administração, direito e gestão). Os artigos são essencialmente advindos do Brasil, no entanto existem contribuições da Argentina, Cuba, Equador, México e Portugal.

A diversidade dos assuntos tratados reforça o caráter interdisciplinar do periódico e avança para a quebra do paradigma das revistas especializadas, tendo em vista que as buscas pelos artigos são realizadas através de palavras-chave nas bases de dados.

Com o objetivo de ampliar as citações é realizado um esforço para a elevação de artigos publicados em língua estrangeira, que neste volume representam 14,70%. Esta editoria trabalha para que neste ano se alcance valores da ordem de 20%.

O Google Scholar acaba de publicar suas métricas para o quinquênio 2011-2015, na qual o índice h5 do periódico apresentou resultado igual a 6 e mediana h5 igual a 8. Estes números mostram uma elevação em relação ao quinquênio anterior, demostrando a evolução das citações do periódico pela comunidade acadêmica. A evolução deste indicador se encontra disponível em http://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/HOLOS

A publicação deste número vai ao público em momento conturbado da jovem democracia brasileira, tendo em vista o processo de impeachment da presidente da república do Brasil, no último dia do mês de agosto.

As informações que circulam na sociedade são de que as primeiras ações do governo se associam a reduções de investimentos em várias áreas, entre elas, políticas sociais, educação, ciência e tecnologia, saúde pública, infraestrutura, entre outras. Neste sentido, são observadas mobilizações sociais, tendo em vista a manutenção das importantes politicas públicas conquistadas no período 2002-2016.

O periódico passou a integrar um novo indexador, o  RoMEO que é parte dos serviços SHERPA da University of Nottingham. É importante destacar o último resultado do Ranking Web c publicado pelo Cybermetrics Lab do Consejo Superior de Investigaciones Científicas (CSIC) da Espanha, o qual o IFRN avança 13 posições e passa a ter a 101a posição no país, e segunda posição entre os Instituto Federais. O fortalecimento do periódico reflete o avanço neste indicador. Informação disponível em http://www.webometrics.info/en/Latin_America/Brazil?page=1

Neste ambiente, as colaborações devem se ampliar para a manutenção da relação fluxo/qualidade das publicações visando um periódico estável e preparado para passar pelas turbulências.

Os novos desafios estão acompanhados pelo espírito da juventude, maturidade dos cristais e sabedoria do tempo.

Convido-os a visitarem o sumário para escolher aqueles artigos que os agradam, se gostarem dialoguem com os autores, partilhem nas redes sociais e citem em suas publicações!

Boa leitura!

 

Natal, 31 de agosto de 2016.

 

Prof. José Yvan Pereira Leite

 


Palavras-chave


Holos; Editorial; Periódico; IFRN; Ranking Web of Universities

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15628/holos.2016.5070



 

HOLOS IN THE WORLD