Editorial

José Yvan Pereira Leite

Resumo


Este é o último volume do periódico no ano de 2015, assim se faz necessário apresentar um balanço deste ano. Com esta publicação são 220 artigos, perfazendo uma média de 27,5 artigos, por volume.  De acordo com o Google Analytics, em 2015 o periódico teve 99,28 mil usuários com 429,44 mil visualizações, os quais acessaram em média 3,2 páginas, com duração de 2,41 minutos. Comparando estes resultados aos do ano de 2014, foi identificado um crescimento no número de usuários (15,64%), nas visualizações de páginas (19,76%) e na duração média (13,32%).

Neste ano, os quinze principais países que acessaram a HOLOS foram: Brasil (94,4%), Portugal (0,93%), USA (0,64%), Índia (0,54%), Espanha (0,48%), Moçambique (0,34%), França (0,31%), Reino Unido (0,16%), Rússia (0,14%), México (0,12%), Colômbia (0,12%), Quênia (0,11%), Chile (0,10%) e Alemanha (0,08%). As quinze cidades que mais acessaram a Holos foram: Natal (12,39%), São Paulo (6,12%), Belo Horizonte (4,51%), Rio de Janeiro (4,40%), Fortaleza (4,14%), Recife (3,40%), Salvador (2,61%), Brasília (2,22%), Curitiba (2,08%), Mossoró (1,99%), Goiânia (1,86%), Teresina (1,57%), Porto Alegre (1,55%), João Pessoa (1,42%) e Belém (1,20%). Estes números revelam  um periódico de âmbito nacional, associado a uma presença em vários países (Google Analytics, 2015).

Esta editoria trabalha de forma estratégica para ampliar a presença em países do BRICS (Brasil, Rússia, Índia, Chia e África do Sul). Assim, foram enviados convites a pesquisadores destes países para submeterem artigos ao periódico e comporem o grupo de avaliadores Ad Hoc. Muito em breve, teremos a presença de representantes destes países no Conselho Editorial. A inclusão do periódico em indexadores internacionais, em particular no WoS – Thomson Reuters, deve consolidar a internacionalização do periódico nos próximos anos.

É importante informar que a trajetória online do periódico foi iniciada em 2004, sob a guarda dos editores Professores André Calado de Araújo e José Yvan Pereira Leite e foram publicadas 55 edições, com 1.084 artigos. Este ambiente se caracteriza pela valoração acadêmica e estímulo às ações voltadas para consolidar políticas científicas no âmbito de publicações, seja em nível de periódicos ou livros, nos contextos nacional e internacional.

Neste último volume são publicados 33 artigos das seguintes áreas do conhecimento: agronomia (03), administração/gestão (04), educação (08), engenharia ambiental (01), engenharia de produção (01), engenharia mecânica (01), engenharia química (01), engenharia de software (01), ensino (06), geociências (02), letras (02), saúde coletiva (02) e serviço social (01). A característica interdisciplinar do periódico apresenta artigos que discutem da diversidade florística do semiárido do nordeste do Brasil, passando pela sempre presença de temas importantes da educação (jovens e adultos; políticas educacionais da cidade de São Paulo; Plano Nacional de Educação; avaliação da aprendizagem; formação de professores; ensino fundamental), pelo ensino (botânica; química; matemática; artes); pela administração (relações de poder; teoria do comportamento; gestão/empreendedorismo; políticas públicas); pela literatura (discussão sobre obra Jubiabá de Jorge Amado; resenha da obra Inventando Milhões, dos australianos Simon Torok e Paul Holper); por temas da engenharia (uso e ocupação de solos em Maxaranguape/RN; avaliação de colunas para remediação de biogás; modelo matemático para cortes em aço; implantação da lógica tambor-pulmão-corda; gerenciamento de redes usando Zabbix); pelo serviço social (cidadania participativa no sistema único de assistência social); pela saúde coletiva (formação de profissionais cuidadores; recortes espaciais utilizados nas análises de saúde) e por temas das geociências (ensino de paleontologia; revisitando a geologia do pegmatito alto da Serra Branca – Pedra Lavrada/PB).

As metas planejadas para 2015 foram atingidas em quase a totalidade, no entanto a meta de publicar 10% de artigos em língua inglesa (Leite, 2015) não obteve êxito. 7,3% dos artigos foram publicados em língua estrangeira, sendo 5% em inglês e 2,3% em espanhol. São necessários esforços para elevar este número em 2016, com vistas a elevar a visibilidade dos artigos publicados no periódico. Este ano foram publicados seis edições regulares e duas edições especiais e estuda-se uma forma de perenizar esta iniciativa em 2016.

Enfim, agradecemos a confiança dos autores, avaliadores e conselho editorial pelo caminho de sucesso trilhado pelo periódico em 2015. Continuaremos neste ritmo para elevar a HOLOS ao convívio de um ambiente global.

Boa leitura!

Natal, 31 de dezembro de 2015.

Prof. José Yvan Pereira Leite 


Palavras-chave


editorial; holos; balanço; 2015

Texto completo:

PDF

Referências


Google Analytics – relatório interno (2015, 31 dezembro). Acesso em 31 de dezembro, 2015, em https://www.google.com/analytics/web/?hl=pt-BR&pli=1#realtime/rt-overview/a9600281w21217179p19321000/

Leite, J. (2015). Editorial. HOLOS, 1, 1-2. doi:http://dx.doi.org/10.15628/holos.2015.2921




DOI: https://doi.org/10.15628/holos.2015.3954



 

HOLOS IN THE WORLD