LEVANTAMENTO E ESPACIALIZAÇÃO DA CRIMINALIDADE URBANA DO MUNICÍPIO DE MOSSORÓ-RN

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2016.4187

Palavras-chave:

Planejamento Urbano, Segurança Pública, Criminalidade Urbana

Resumo

O aumento da criminalidade, sobretudo em áreas urbanas tem provocado um sentimento de medo e insegurança pública, que ao longo do tempo vêm contribuindo para deterioração da qualidade de vida do homem nas cidades. Nesse contexto, o mapeamento da criminalidade surge como uma importante ferramenta que possibilita a identificação de áreas vulneráveis, dando suporte ao desenvolvimento de ações preventivas ao aumento da criminalidade. Este artigo teve como objetivo a distribuição espaço-temporal dos casos de homicídios ocorridos na zona urbana do município de Mossoró entre os anos de 2010 a 2013. Utilizou-se de dados secundários e quantitativos do Instituto Técnico-Científico de Polícia e Sistema de Informações Geográficas para a espacialização. A partir do mapeamento foi possível concluir que os bairros com maiores incidências foram o Santo Antônio, Barrocas, Aeroporto, Santa Delmira e Dom Jaime Câmara, estes apresentando condições socioeconômicas e ambientais precárias, pouco assistidos pela infraestrutura urbana e equipamentos comunitários.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Camila Saiury Pereira Silva, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN

Possui Bacharelado em Gestão Ambiental pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (2014). Atualmente é mestranda em Ciências Naturais pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Naturais (PPGCN/UERN). Tem experiência na área de Ciências Ambientais, com ênfase em Gestão Ambiental,Geoprocessamento e Sustentabilidade.

 

Alfredo Marcelo Grigio, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN

Possui graduação em Geografia pela Universidade Federal do Paraná (2000), mestrado em Geodinâmica pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2003) e doutorado em Geodinâmica pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2008). Atualmente é professor Adjunto II da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Sistema de Informação Geografia e Sensoriamento Remoto, atuando principalmente nos seguintes temas: sistema de informação geográfica, gestão ambiental, bacia hidrográfica, sensoriamento remoto, análise multitemporal, diagnósticos ambientias, zoneamento ambiental, recursos Naturais e planejamento ambiental.

Melissa Rafaela Costa Pimenta, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN

Licenciada em Ciências Sociais pela UERN (2002). Especialista em Filosofia (2003) e Gestão Ambiental (2012) pela UERN . Mestra em Ciências Sociais pela UFRN (2014). Estudos nas áreas de Sociologia, Filosofia, Políticas Públicas, Gestão Ambiental, Educação Ambiental e Segurança Pública. Participante do Grupo de Estudos em Gestão Ambiental (GEGA/UERN) e do Grupo Interdisciplinar de Estudos e Avaliação de Políticas Públicas (GIAPP/UFRN).

 

Referências

ANDRADE, L. T. de; FIGUEIREDO, F. O. V. de. Vulnerabilidade social e criminalidade na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Observatório das Metrópoles, 2005.

BEATO, C. (Org.). Compreendendo e avaliando: projetos de segurança pública. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2008. 219 p

BEATO, C.; ASSUNÇÃO, R. Introdução ao uso de mapas para análise criminal. In: BEATO, C. (Org.). Compreendendo e avaliando: projetos de segurança pública. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2008.p. 12 – 59.

CASTELO BRANCO, M. L. G. Algumas Considerações sobre a Identificação de Cidades Médias. In: SPOSITO, Maria Encarnação Beltrão (Org.). Cidades Médias: espaços em transição. São Paulo: Expressão Popular, 2007. p. 89 – 111.

CERQUEIRA, Y. M. S. F. Criminalidade, Sensação de Insegurança e “Desvinculação” do Lugar. III Seminário Internacional Urbicentros, Salvador, 2012.

DIAS, H. G. Identificação da vulnerabilidade socioambiental na área urbana de Mossoró-RN, a partir do uso de técnicas de análises espaciais. Dissertação (Mestrado em Ciências Naturais) - Programa de Pós-Graduação em Ciências Naturais, da Faculdade de Ciências Exatas e Naturais da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Mossoró, 2013.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Demográfico 2010: Aglomerados subnormais. Rio de Janeiro, p.1-259, 2010.

______. Censo Demográfico 2010: Características da população e dos domicílios. Rio de Janeiro, 2011. Disponível em:<http://biblioteca.ibge.gov.br>. Acesso em: 29 de set. 2013.

JACOBI, P. Cidade e meio ambiente: percepções e práticas em São Paulo. 2ª ed. São Paulo: Annablume, 2006.

MENEGAT, R; ALMEIDA, G. Sustentabilidade, Democracia e Gestão Ambiental Urbana. In: MENEGAT, R; ALMEIDA, G; SATTERTHWAITE, D (Org.). Desenvolvimento sustentável e gestão ambiental nas cidades: estratégias a partir de Porto Alegre. Porto Alegre: UFRGS, 2004.

PESSOA, Z. S. Aspectos Demográficos. In: PESSOA, Z. S. et al. (Org.). Como anda Mossoró: análise da conjuntura sócio-urbana, ambiental e político-institucional. Natal: UFRN, 2011.

PIMENTA, M. R. C. A política pública de segurança em Mossoró-RN: uma avaliação de processo da implantação da guarda civil (2009-2013). 2014. Dissertação. (Mestrado em Ciências Sociais) – Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Natal, 2014. 131 p.

PUGLISI, V. P. Meio Ambiente Urbano: Desenvolvimento Sustentável e Qualidade de Vida. 2006. Dissertação (Mestrado em Direito das Relações Sociais) – Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.

ROCHA, A. P. B. Expansão urbana de Mossoró (período de 1980 a 2004): geografia dinâmica e reestruturação do território. Natal, RN: EDUFRN Ed. Da UFRN, 2005. p. 292.

ROCHA, C. P. A; SILVA, L. F. M; Paisagem do medo: um estudo do bairro da Pituba - Salvador - BA. In: TERRA, C. G.; ANDRADE, R. (Org.). Paisagens Culturais: Interfaces entre Tempo e espaço na construção da Paisagem Sul-Americana. Rio de Janeiro: EBA, 2008.

SALLES, M. C. T. Análise das Potencialidades e Fragilidades da Política Urbana e Ambiental do Município De Mossoró (RN). Dissertação (Mestrado em Ciências Naturais) - Programa de Pós-Graduação em Ciências Naturais, da Faculdade de Ciências Exatas e Naturais da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Mossoró, 2013.

SANTOS, M. A urbanização brasileira. São Paulo. Editora da Universidade de São Paulo. 5° ed. 2009.

SILVA, C. S. P. Levantamento e espacialização da criminalidade urbana do município de Mossoró-RN. 2014. Monografia. (Graduação em Gestão Ambiental) – Faculdade de Ciências Econômicas, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Mossoró, 2014. 73 p.

SILVA, B. F. A. Criminalidade urbana violenta: uma análise espaço-temporal dos homicídios em Belo Horizonte. Fafich, UFMG, 2002.

SILVA, L. S; TRAVASSOS, L. Problemas ambientais urbanos: desafios para a elaboração de políticas públicas integradas. Cadernos metrópole, 2008. p. 27-47.

SOARES, B. R. Pequenas e Médias Cidades: Um estudo sobre as relações socioespaciais nas áreas de cerrado em Minas Gerais. In: SPOSITO, Maria Encarnação Beltrão (Org.). Cidades Médias: espaços em transição. São Paulo: Expressão Popular, 2007. p. 89 – 111.

WAISELFISZ, J. Mapa da Violência dos municípios brasileiros. Brasília: Organização dos

Estados Ibero-Americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura, 2007.

______. Mapa da Violência: anatomia dos homicídios no Brasil. São Paulo: Instituto

Sangari, 2010.

______. Mapa da Violência 2013: Homicídios e Juventude no Brasil. Rio de Janeiro: Centro Brasileiro de Estudos Latino-Americanos, 2013.

Downloads

Publicado

23/06/2016

Como Citar

Silva, C. S. P., Grigio, A. M., & Pimenta, M. R. C. (2016). LEVANTAMENTO E ESPACIALIZAÇÃO DA CRIMINALIDADE URBANA DO MUNICÍPIO DE MOSSORÓ-RN. HOLOS, 3, 352–362. https://doi.org/10.15628/holos.2016.4187

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)