TRANSPORTE E CARACTERIZAÇÃO DE SEDIMENTOS DE FUNDO NO RIO PIRANHAS EM UMA SEÇÃO DE CONTROLE PRÓXIMO À SEDE DO MUNICÍPIO DE POMBAL-PB

Autores

  • Diêgo Lima Crispim Universidade Federal de Campina Grande - UFCG; Instituto Federal do Rio Grande do Norte.
  • Luara Lourenço Ismael Universidade Federal da Paraíba
  • Thâmara Martins Ismael de Sousa Universidade Federal da Paraíba
  • José Wagner Alves Garrido Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Manoel Moisés Ferreira de Queiroz Universidade Federal de Campina Grande

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2015.2518

Palavras-chave:

Hidrometria, Monitoramento Ambiental, Semiárido.

Resumo

O Rio Piranhas-Açu constitui um dos principais eixos de drenagem natural da bacia do Piranhas Açu, no nordeste do Brasil. Este rio de domínio federal, uma vez que nasce no município de Bonito de Santa Fé, no Estado da Paraíba, e segue seu curso natural pelo Estado do Rio Grande do Norte, desaguando no Oceano Atlântico, na costa Potiguar. A fim de caracterizar os sedimentos e mensurar seu transporte pelo Rio Piranhas, a partir de suas características geométricas e de material do leito amostrado, realizou-se análise granulométrica e calculou-se o transporte no leito através de fórmula empírica. A equação utilizada foi a de Meyer-Peter & Müller (transporte no leito). A equação de Meyer-Peter & Müller produziu resultados que aparentemente seguem a variação da granulometria dos sedimentos do leito do rio. Equações para a estimativa do transporte de sedimentos no rio podem não ter uma precisão adequada devido a problemas na sua calha fluvial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Luara Lourenço Ismael, Universidade Federal da Paraíba

Mestranda do Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil e Ambiental, UFPB, João Pessoa-PB

Thâmara Martins Ismael de Sousa, Universidade Federal da Paraíba

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil e Ambiental, UFPB, João Pessoa-PB

José Wagner Alves Garrido, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química, UFRN, Natal-RN

Manoel Moisés Ferreira de Queiroz, Universidade Federal de Campina Grande

Engenharia Hidráulica e Saneamento, Professor Doutor, Unidade Acadêmica de Ciências e Tecnologia Ambiental, UFCG, Pombal-PB

Referências

ANA. Agência Nacional de águas. Instruções de Operação – Rede Hidrometeorológica. 2011. Agência Nacional de Águas, Brasília, p. 1-17.

APITZ S.E.; WHITE S.M. A conceptual framework for river-basin-scale sediment management, Journal of Soils and Sediments, v.3, n. 3, p.132-138, 2003.

CANGANI, M. T.; POLEGATTO, J. C.; ROCHA, P. C. Análise granulométrica de sedimentos de fundo nos canais de planície fluvial do Rio Alto Paraná. In: Fórum Ambiental da Alta Paulista. v.5, p.23-28, 2008.

CARVALHO, N. de O.; FILIZOLA JÚNIOR, N. P.; SANTOS, P. M. C. dos; LIMA, J. E. F. W. Guia de Práticas Sedimetométricas. Agência Nacional de Energia Elétrica, Superintendência de Estudos e Informações Hidrológicas, ANEEL, Setembro, 2000, Brasília, DF.

CARVALHO, N. O.; SALGADO, J. C. M.; ROSS, J.; RUIZ, N. C. P.; SILVA, L. F. A., MESQUITA, J. B.; GOULART NETTO, A. A.; SILVA, L. P. Revisão dos estudos sedimentológicos do rio Madeira e Mamoré, RO. In: XVI Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, Novembro, 2005, João Pessoa, PB.

CARVALHO, N. de O. Hidrossedimentologia Prática. 2ª Ed., rev., atual. e ampliada- Rio de Janeiro: Interciência, 2008.

COBANER, M.; UNAL, B.; KISI, O. Concentration estimation of sediment suspended by an adaptive neuro-fuzzy and neural network approaches using hydro-meteorological data, J. of Hydrology, v.367, n. 1-2, p.52-61, 2009.

SOUZA, W. L. da S. Produção de sedimentos da bacia hidrográfica do rio Capibaribe para zona costeira da região metropolitana do Recife. Recife, 2011. 136f. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo). Universidade Federal Rural de Pernambuco.

VERSTRAETEN, G.; POESEN, J. Factors controlling sediment yield from small intensively cultivated catchments in a temperate humid climate. Geomorphology, n. 40, p.123-144, 2001.

Downloads

Publicado

2015-07-24

Como Citar

Crispim, D. L., Ismael, L. L., Sousa, T. M. I. de, Garrido, J. W. A., & Queiroz, M. M. F. de. (2015). TRANSPORTE E CARACTERIZAÇÃO DE SEDIMENTOS DE FUNDO NO RIO PIRANHAS EM UMA SEÇÃO DE CONTROLE PRÓXIMO À SEDE DO MUNICÍPIO DE POMBAL-PB. HOLOS, 3, 93–101. https://doi.org/10.15628/holos.2015.2518

Edição

Seção

ARTIGOS