EFEITO ALELOPÁTICO DO EXTRATO DE Baccharis articulata EM SEMENTES E PLÂNTULAS DE Luffa cylindrica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/holos.2021.10563

Palavras-chave:

Bucha vegetal, carqueja, alelopatia, germinação, crescimento.

Resumo

A bucha vegetal possui múltiplas aptidões industriais e sua interação com substâncias alelopáticas de outras espécies é importante para definições de estratégias de manejo e também na busca de alternativas de controle para invasoras em cultivos orgânicos. O objetivo desta pesquisa foi avaliar o efeito do extrato bruto aquoso de carqueja sobre a germinação e crescimento de plântulas de bucha vegetal.  A germinação das sementes foi testada pelo método do rolo de papel com 25 sementes devidamente distanciadas sobre cada papel de germinação. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com quatro repetições e os tratamentos foram compostos pelas concentrações de extrato de carqueja (zero; 25; 50; 75 e 100 g L-1). As avaliações foram realizadas aos quatro e aos 14 dias após a instalação do teste. Foram avaliados os percentuais de plântulas anormais, germinação e vigor, o comprimento de parte aérea e de raízes (cm), massa seca de cotilédones, hipocótilo e de raízes. Houve efeito alelopático negativo do extrato bruto aquoso da parte aérea de plantas de carqueja sobre a germinação e o vigor de sementes e no crescimento de plântulas de bucha vegetal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

André Schoffel, Universidade de Cruz Alta

Doutor em Agronomia. Pós-doutorando do Mestrado Profissional em Desenvolvimento Rural/Unicruz

Jana Koefender, Universidade de Cruz Alta

Doutora em Agronomia. Professora do Centro de Ciências da Saúde e Agrárias - Curso de Agronomia e Mestrado Profissional em Desenvolvimento Rural

Juliane Nicolodi Camera, Universidade de Cruz Alta

Doutora em Agronomia e Pós-doutora em Desenvolvimento Rural. Professora do Centro de Ciências da Saúde e Agrárias - Curso de Agronomia e Mestrado Profissional em Desenvolvimento Rural

Referências

Alarcon, J., Gonzalez, R., Ferrada, D., Campos, J., Finot, V., Werner, E. & Cespedes, C.L. (2014). Germination inhibitory activity of selected plants from Central South of Chile. Boletín Latinoamericano y del Caribe de Plantas Medicinales y Aromáticas, 13, 351-358.

Appleton, B., Berrier, R., Harris, R., Alleman, D. & Swanson L. (2009). The walnut tree: allelopathic effects and tolerant plants. Virginia: College Of Agriculture And Life Sciences, Virginia Polytechnic Institute And State University. Virginia Cooperative Extension. 4p.

Bona, C.M. (2002). Estaquia, calagem e sombreamento de carqueja. Dissertação (Mestrado em Agronomia, Produção Vegetal) – Setor Ciências Agrárias, Universidade Federal do Paraná. 80p.

BRASIL. (2009). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regras para análise de sementes. Brasília: SNAD/DNPV/CLAV. 399p.

Carvalho, J.D.V. (2007). Cultivo de bucha vegetal. Dossiê Técnico. Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico da Universidade de Brasília-CDT/UnB. 18p.

Castro, H.G. & Ferreira F.A. (2000). Contribuição ao estudo das plantas medicinais: Carqueja (Baccharis genistelloides). Viçosa: UFV. 102p.

Claudino, G. & Carvalho, R.I.N. (2004). Efeito alelopático de extratos de carqueja e confrei em sementes de soja e milho. Revista Acadêmica: ciências agrárias e ambientais, 2, 29-40.

Conceição, D.M., Lorenzetti, E.R., Luis, M.R., Sacramento, V.S. & Rodrigues, J.D. (2010). Extratos vegetais na germinação de sementes de Baccharis dracunculifolia e Plantago lanceolata. Ensaios e Ciência, 14, 83-90.

Cremonez, F.E., Cremonez, P.A. & Camargo, M.P.F.A. (2013). Principais plantas com potencial alelopático encontradas nos sistemas agrícolas brasileiros. Acta Iguazu, 2, 70-88.

Depiné, C. (2003). Efeito alelopático de carqueja sobre a germinação de plantas daninhas. Monografia (Bacharelado em Ciências Biológicas) – Núcleo de Ciências Biológicas e da Saúde. Centro Universitário Positivo. 43p.

Fachinetto, J.M. & Tedesco, S.B. (2009). Atividade antiproliferativa e mutagênica dos extratos aquosos de Baccharis trimera (Less.) A. P. de Candolle e Baccharis articulata (Lam.) Pers. (Asteraceae) sobre o sistema teste de Allium cepa. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, 11, 360-367.

Fenner, M. & Thompson, K. (2005). The ecology of seeds. Cambridge: Cambridge University Press. 250p.

Ferreira, D.F. (2011). Sisvar: a computer statistical analysis system. Ciência e Agrotecnologia, 35, 1039-1042.

García-Cebrián, F., Esteso-Martínez, J. & Gil-Pelegrín, E. (2003). Influence of cotyledon removal on early seedling growth in Quercus robur L. Annals of Forest Science, 60, 69-73.

Goldfarb, M., Pimentel, L.W. & Pimentel, N.W. (2009). Alelopatia: relações nos agroecossistemas. Tecnologia & Ciência Agropecuária, 3, 23-28.

Gonçalves, C.E.P. (2014). Alelopatia de carqueja (Baccharis trimera Less) e ação de fungos em capim-annoni (Eragrotis plana Ness). Dissertação (mestrado). Centro de Ciências Naturais e Exatas, Programa de Pós-Graduação em Agrobiologia. Universidade Federal de Santa Maria. 88p.

Leite, A.F., Bonini, G., Imparato, J.C., Raggio, D., Menezes, V. & Cabral, R. (2012). Avaliação da eficácia da escova ecológica e do juá no controle de biofilme dentário em crianças. Pesquisa Brasileira Odontopediatria e Clínica Integrada, 12, 337-343.

Marouelli, W.A., Silva, H.R. & Lopes, J.F. (2013). Irrigação na cultura da bucha vegetal. 1. Ed. Brasília: Embrapa Hortaliças. 12p.

Mazali, I.O. & Alves O.L. (2005). Morphosynthesis: high fidelity inorganic replica of the fibrous network of loofa sponge (Luffa cylindrica). Anais Academia Brasileira de Ciências, 77, 25-31.

Oliveira, M.F. & Brighenti, A.M. (2018). Controle de Plantas Daninhas Métodos físico, mecânico, cultural, biológico e alelopatia. Embrapa Milho e Sorgo, Brasília, DF. 196p.

Oliveira, L.G.A., Duque, F.F., Belinelo, V. J., Schmildt, E.R. & ALMEIDA, M.S. (2013). Atividade alelopática de extrato acetato-etílico de folhas de Solanum cernuum Vell. Revista Ciência Agronômica, 44, 538-543.

Oliveira, E.C. & Teodoro, E.B. (2005). Avaliação do desempenho acústico da luffa cylindrica (bucha vegetal), por meio de análises experimentais em tubo de impedância. 15º POSMEC - Simpósio do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica, Universidade Federal de Uberlândia, 7p.

Reigosa, M.J., Pedrol, N. & González, L. (2006). Allelopathy: a physiological process with ecological implications. Holanda: Springer. p. 127-139.

Silva, A.G., & Carvalho, R.I.N. (2009). Efeito alelopático de extratos de carqueja (Baccharis trimera) e confrei (Symphytum officinale) em sementes e plântulas de girassol. Revista Acadêmica: ciências agrárias e ambientais, 7, 23-32.

Souza-Filho, A. P., Guilhon, G.M.S.P. & SANTOS, L.S. (2010). Metodologias empregadas em estudos de avaliação da atividade alelopática em condições de laboratório – revisão crítica. Planta Daninha, 28, 689-697.

Souza-Filho, A.P.S. (2006). Alelopatia e as plantas. Belém: Embrapa Amazônia Oriental. 159p.

Staswick, P.E., Su, W. & Howell, S.H. (1992). Methyl jasmonate inhibition of root growth and induction of a leaf protein are decreased in an Arabidopsis thaliana mutant. Proceedings of the National Academy of Sciences, 89, 6837-6840.

Taiz, L. & Zeiger E. (2013). Fisiologia vegetal. 5. ed., Porto Alegre: Artmed. 918p.

Xavier, M.V.A., Brito, S.S.S., Oliveira, C.R.F., Matos, C.H.C. & Pinto, M.A.D.S.C. (2012). Óleo essencial de Baccharis trimera (Less.) DC. sobre o potencial fisiológico de sementes de feijão caupi. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, 14, 214-217.

Downloads

Publicado

30/09/2021

Como Citar

Schoffel, A., Koefender, J., & Camera, J. N. (2021). EFEITO ALELOPÁTICO DO EXTRATO DE Baccharis articulata EM SEMENTES E PLÂNTULAS DE Luffa cylindrica. HOLOS, 6, 1–10. https://doi.org/10.15628/holos.2021.10563

Edição

Seção

ARTIGOS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)