INCLUIR É SINÔNIMO DE DIGNIDADE HUMANA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15628/rbept.2008.2868

Resumo

Este artigo propõe provocar uma reflexão a respeito da inclusão e das políticas públicas inclusivas como sinônimas de dignidade humana. Leva em conta a experiência adquirida com a minha participação no Programa do Ministério da Educação – Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica – MEC/Setec, intitulado Programa TEC NEP, o qual se apresenta com fundamento nos paradigmas conceituais da educação inclusiva que progressivamente vem sendo defendida em documentos internacionais e nacionais. É também este artigo uma síntese da minha produção acadêmica quando do desenvolvimento de meu trabalho de conclusão de mestrado, na UniversidadeFederal de Pernambuco – UFPE, no curso de Mestrado Profissional em Gestão Pública para o Desenvolvimento do Nordeste – MPANE.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gustavo Maurício Estevão Azevedo, Núcleo de Atendimento aos Alunos com Necessidades Educacionais Especiais (NAPNE) do Cefet/PE

Mestre em Gestão Pública e professor do Centro Federal de Educação Tecnológica de Pernambuco (Cefet/PE). Bacharel em Ciência
Jurídica e técnico em Segurança do Trabalho, é coordenador do Núcleo de Atendimento aos Alunos com Necessidades Educacionais
Especiais (NAPNE) do Cefet/PE.

Referências

MEC – Ministério de Educação – Secretaria de Educação Especial – Política Nacional de Educação Especial. Brasília/MEC – SEEDSP,

MJ – Ministério da Justiça – Declaração de Salamanca e Linha de Ação Sobre Necessidades Educativas Especiais – Brasília, CORDE,

Congresso Nacional – Constituição da República Federativa do Brasil – Senado Federal, Brasília, 1988.

Conselho Nacional de Educação – Câmara de Educação Básica. Resolução CNE/CNB nº 2, de 11 de setembro de 2001. Brasília, 2001.

________. Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência. 6 de dezembro de 2006.

________. Declaração de Salamanca. 10 de junho de 1994.

YUS, Rafael. Educação especial: uma educação holística para o séc. XXI. Tradução: Daisy Vaz de Moraes. Porto Alegre, Artmed, 2002.

Downloads

Publicado

29/07/2015

Como Citar

AZEVEDO, Gustavo Maurício Estevão. INCLUIR É SINÔNIMO DE DIGNIDADE HUMANA. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, [S. l.], v. 1, n. 1, p. 46–53, 2015. DOI: 10.15628/rbept.2008.2868. Disponível em: https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/2868. Acesso em: 20 abr. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS